Reformador 04 abril_2006

Embed Size (px)

DESCRIPTION

 

Text of Reformador 04 abril_2006

  • 1. reformador abril 2006 - A.qxp 12/4/2006 14:56 Page 3 Expediente Sumrio 4 Editorial Compromisso com o Consolador 12 Presena de Chico Xavier Doutrina Esprita Emmanuel Fundada em 21 de janeiro de 1883 15 Entrevista: Rbia da Costa Guimares Fundador: Augusto Elias da Silva 50 anos de dedicao ao livro esprita 21 Esflorando o Evangelho Revista de Espiritismo Cristo Educa Emmanuel Ano 124 / Abril, 2006 / N o 2.125 28 A FEB e o Esperanto ISSN 1413-1749 Comovente depoimento, da Hungria, sobre Propriedade e orientao da Memrias de um Suicida Affonso Soares FEDERAO ESPRITA BRASILEIRA Diretor: NESTOR JOO MASOTTI 36 Pginas da Revue Spirite Diretor-Substituto e Editor: ALTIVO FERREIRA A Escola Esprita Americana Allan Kardec Redatores: AFFONSO BORGES GALLEGO SOARES, ANTONIO CESAR PERRI DE CARVALHO, EVANDRO 42 Seara Esprita NOLETO BEZERRA e LAURO DE OLIVEIRA SO THIAGO Secretria: SNIA REGINA FERREIRA ZAGHETTO Gerente: AMAURY ALVES DA SILVA Gerente de Produo: GILBERTO ANDRADE Equipe de Diagramao: SARA AYRES TORRES, AGADYR 5 O desenvolvimento progressivo Juvanir Borges de Souza TORRES E CLAUDIO CARVALHO Equipe de Reviso: MNICA DOS SANTOS E WAGNA 9 O Dia D Richard Simonetti CARVALHO 13 O poder da f para resistir ao estresse REFORMADOR: Registro de publicao o Aylton Paiva n 121.P.209/73 (DCDP do Departamento de Pol- cia Federal do Ministrio da Justia), 17 Homenagem aos 50 anos de Rbia na FEB CNPJ 33.644.857/0002-84 I. E. 81.600.503 18 Allan Kardec, discpulo fiel de Jesus Direo e Redao: Adilton Pugliese Av. L-2 Norte Q. 603 Conj. F (SGAN) 70830-030 Braslia (DF) 20 Prtica Esprita Tel.: (61) 2101-6150 22 Mandamento aos Dirigentes Espritas FAX: (61) 3322-0523 Departamento Editorial e Grfico: Waldehir Bezerra de Almeida Rua Souza Valente, 17 20941-040 Rio de Janeiro (RJ) Brasil 24 Retorno Ptria Espiritual Tel.: (21) 2187-8282 FAX: (21) 2187-8298 Altivo Carissimi Pamphiro E-mail: redacao.reformador@febrasil.org.br 25 Espiritismo: as causas de sua rpida propagao Home page: http://www.febnet.org.br E-mail: feb@febrasil.org.br e Washington Luiz Fernandes webmaster@febnet.org.br 27 Fato histrico sobre divulgao da Doutrina PARA O BRASIL Oceano Vieira de Melo Assinatura anual R$ 39,00 30 O Exorcismo na viso esprita Carlos Abranches Nmero avulso R$ 5,00 32 Em dia com o Espiritismo Intuio PARA O EXTERIOR Assinatura anual US$ 35,00 Marta Antunes Moura Assinatura de Reformador: 35 Comemoraes do Sesquicentenrio do Espiritismo Tel.: (21) 2187-8264 2187-8274 E-mail: 38 Desafios na Casa Esprita Mrio H. de Luna assinaturas.reformador@febrasil.org.br 39 Retificando... 40 A hora avanada P.-G. Leymarie Projeto grfico da revista: JULIO MOREIRA Capa: LUIS HU RIVAS 41 A FEB na Bienal do Livro de So Paulo
  • 2. reformador abril 2006 - A.qxp 12/4/2006 14:56 Page 4 Editorial Compromisso com o Consolador A nalisando o texto do Evangelho de Joo, onde Jesus promete outro Consolador para a Humanidade (cap. 14, vv. 15 a 17 e 26), Allan Kardec fez os seguintes comentrios em O Evangelho segundo o Espiritismo (cap. VI, item 4): Jesus promete outro Consolador: o Esprito de Verdade, que o mundo ainda no conhece, por no estar maduro para o compreender, consolador que o Pai enviar para ensinar todas as coisas e para relembrar o que o Cristo h dito. Se, por- tanto, o Esprito de Verdade tinha de vir mais tarde ensinar todas as coisas, que o Cristo no dissera tudo; se ele vem relembrar o que o Cristo disse, que o que este disse foi esquecido ou mal compreendido. O Espiritismo vem, na poca predita, cumprir a promessa do Cristo: preside ao seu advento o Esprito de Verdade. Ele chama os homens observncia da lei; ensi- na todas as coisas fazendo compreender o que Jesus s disse por parbolas. O Espiritismo vem abrir os olhos e os ouvidos, porquanto fala sem figuras, nem alegorias; levanta o vu intencionalmente lanado sobre certos mistrios. Vem, finalmente, trazer a consolao suprema aos deserdados da Terra e a todos os que sofrem, atribuindo causa justa e fim til a todas as dores. Assim, o Espiritismo realiza o que Jesus disse do Consolador prometido: conhe- cimento das coisas, fazendo que o homem saiba donde vem, para onde vai e por que est na Terra; atrai para os verdadeiros princpios da lei de Deus e consola pela f e pela esperana. As observaes de Allan Kardec evidenciam o compromisso do Espiritismo para com a Humanidade, na condio de Consolador Prometido, no sentido de ensinar todas as coisas e recordar tudo o que Jesus nos disse. Tornam evidente, tambm, o compromisso que os espritas tm para com o Espiritismo, de trabalhar intensa- mente com o objetivo de coloc-lo ao alcance e a servio de todos os homens, pro- movendo e realizando o seu estudo, a sua divulgao e a sua prtica, que estaro sempre calcados na plena vivncia da caridade crist. 4 122 Reformador Abril 2006
  • 3. reformador abril 2006 - A.qxp 12/4/2006 14:56 Page 5 O desenvolvimento progressivo J U VA N I R B O R G E S DE SOUZA T odos os povos, em todas as Criao Divina, a alma humana, dade e a realidade eis que o ho- pocas, tm recebido o ba- nunca deixou de se voltar, de algu- mem, levado por sua ignorncia, s fejo da bondade e da assis- ma forma, mesmo quando encar- vezes pelas intuies inferiores, nem tncia da Divina Providncia. nada, para o Grande Foco criador. sempre abraou o melhor, o verda- Quando dizemos, com Kardec, Esse fato pode ser constatado deiro; pelo contrrio, muitas vezes que o Espiritismo de todos os no s nos perodos histricos. se transviou nos desvos da igno- tempos, queremos significar que Mesmo na pr-histria, pode- rncia, da superstio e do erro. apenas a Doutrina Esprita codifi- mos afirmar, baseados nos pesqui- Entretanto, nem por isso aban- cada recente, com cerca de um sadores, que a idia de Deus, ou se- donou a indagao da natureza de sculo e meio, pois, na realidade, o ja o sentimento religioso, nasceu seu prprio ser e do seu destino. intercmbio entre o mundo espiri- com o primitivo homem. No h criatura, por mais