343o Parental - Luiz ) - ão parental 03_11_2011.pdf ·

  • View
    215

  • Download
    1

Embed Size (px)

Text of 343o Parental - Luiz ) - ão parental 03_11_2011.pdf ·

  • UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA

    SETOR DE CINCIAS JURDICAS

    DEPARTAMENTO DE DIREITO DAS RELAES SOCIAIS

    LUIZ FELIPE RODRIGUES DE MORAES

    ALIENAO PARENTAL

    PONTA GROSSA

    2011

  • UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA

    SETOR DE CINCIAS JURDICAS

    DEPARTAMENTO DE DIREITO DAS RELAES SOCIAIS

    LUIZ FELIPE RODRIGUES DE MORAES

    ALIENAO PARENTAL

    Trabalho de Concluso de Curso apresentado

    para obteno do ttulo de graduao na

    Universidade Estadual de Ponta Grossa, rea

    de Direito

    Orientador: Prof. Esp. Flvio Renato Correa

    de Almeida

    PONTA GROSSA

    2011

  • LUIZ FELIPE RODRIGUES DE MORAES

    ALIENAO PARENTAL

    Trabalho de Concluso de curso apresentado para obteno do ttulo de graduao

    na Universidade Estadual de Ponta Grossa, rea de Direito.

    Ponta Grossa, ____ de _______________ de 2011.

    ______________________________________________

    Prof. Especialista Flvio Renato Correa de Almeida Orientador

    Especialista em Processo Civil pela Universidade Estadual de Ponta Grossa

    ______________________________________________

    Andra de Ftima Bernardin Almeida

    Bacharel em Direito pela Universidade Estadual de Ponta Grossa

    _______________________________________________

    Polyana da Luz Lemes

    Bacharel em Direito pela Universidade Estadual de Ponta Grossa

    Assessora do Tribunal de Justia do Estado do Paran

  • Dedico o presente trabalho ao grande amor da minha vida, Mnica Alexandre Tavares, com quem aprendi o verdadeiro significado da felicidade. Por todos os momentos que partilhamos, posso dizer que, se o cu der falta de um anjo, sei onde encontr-lo.

  • AGRADECIMENTOS

    Mnica, minha linda, companheira e amiga, pelos momentos de incentivo,

    amor, dedicao, e pela disponibilidade, no medida, em me ajudar nos momentos

    em que mais precisei. Amor reencontrado, realmente, na vida, nada por acaso.

    Aos meus queridos pais, com meu imenso orgulho e carinho, Sandra e Luiz

    Alberto, por sempre estarem presentes me apoiando e incentivando em todas as

    minhas decises, e, tambm, por me servirem de exemplos a serem seguidos por

    toda a vida.

    minha querida av Maria Marta (in memorian), Bilia (como ela preferia ser

    chamada), mulher forte e alegre, que sempre me transmitiu um inigualvel carinho

    de me e por ter feito parte dos meus sonhos. Eterna gratido.

    Ao professor orientador Dr. Flvio Renato Correia de Almeida que, desde o

    incio, indicou leituras e fez pertinentes sugestes, que ajudaram imensamente no

    encaminhar deste trabalho, e que, alm da dedicao pessoal e seriedade

    profissional, sempre auxiliou e acreditou na fundamentao do presente trabalho

    acadmico. Meus mais intensos agradecimentos.

    A todos os meus amigos do 5 ano do curso de Direito do corrente ano.

    Ficam guardados os timos momentos.

    Enfim, agradeo a todos os que fizeram parte desta importante jornada

    acadmica. Das novas e antigas amizades, entre professores, funcionrios e

    colegas de classe.

  • MORAES, Luiz Felipe Rodrigues de. 2011. Alienao Parental. Monografia (Bacharelado em Direito). Universidade Estadual de Ponta Grossa.

    RESUMO Como principal caracterstica do desenvolvimento da sociedade e de todas as organizaes familiares que a compem, h a busca da efetivao de princpios como o da afetividade, o qual visa garantir, nas relaes familiares, os sentimentos de amor, afeto e carinho entre seus membros. Ambos os genitores exercem, por meio do poder familiar, os mesmos direitos e deveres para a criao dos filhos, visando garantir o bem-estar e desenvolvimento saudvel dos mesmos. No entanto, em muitas aes que buscam como objetivo o trmino da sociedade conjugal e a dissoluo do casamento se depreende um grande desgaste entre os ex-consortes em virtude dos conflitos que ocasionaram o trmino da relao. Nesse quadro tm-se o incio da alienao parental que consiste no processo de destruio da figura de um dos genitores perante o filho menor, realizado pelo ex-companheiro. Com a finalidade de avaliar o problema referente ao tema da alienao parental de maneira particular, fora utilizado no presente trabalho o mtodo de abordagem dedutivo, tendo em conta a utilizao da Constituio Federal, do Cdigo Civil de 2002 e do Estatuto da Criana e do Adolescente, como base para o incio do referido estudo buscando elucidar os Direitos Fundamentais a eles inerentes, bem como os elementos que possibilitam a identificao da alienao parental. Tendo em vista a utilizao de legislao, doutrina, trabalhos monogrficos e artigos nacionais, foi utilizado como mtodo de investigao o bibliogrfico. Palavras-chave: Poder Familiar. Famlia. Litgio. Guarda. Parentalidade. Coparentalidade. Alienao Parental. Sndrome da Alienao Parental. Criana e Adolescente.

  • MORAES, Luiz Felipe Rodrigues de. 2011. Parental Alienation. 2011. Monograph

    (Bachelor of law). State University of Ponta Grossa.

    ABSTRACT As the main feature of the development of society and all familys organizations that comprise it, is the search for the realization of principles such as affection, which aims to ensure, in family relationships, feelings of love, affection and care among its members. Both parents carry out, through the familys power, the same rights and duties of raising children in order to ensure the well-being and healthy development of the same. However in many actions aimed at seeking the end of the conjugal partnership and the dissolution of marriage can be seen from a high wear between former spouses because of the conflicts that caused the end of the relationship. Within this framework has been the beginning of parental alienation that consists in the process of destruction of a parent figure to the younger son, held by former teammate. In order to assess the problem concerning the issue of parental alienation in a particular way, was used in this study the deductive method approach, taking into account the use of the Federal Constitution, the Civil Code of 2002 and the Statute of Children and Adolescents as a basis for the beginning of the study trying to elucidate the fundamental rights inherent to them, as well as the elements that enable the identification of parental alienation. Given the use of legislation, doctrine, national monographs and articles, was used the bibliographic method for the research. Keywords: Power Family. Family. Litigation. Guard. Parenting. Co-parenting. Parental Alienation. Parental Alienation Syndrome. Children and Adolescents.

  • SUMRIO

    INTRODUO ..................................................................................... 8 1 PODER FAMILIAR E EVOLUO HISTRICA DA FAMLIA ........... 11 1.1 Definio de Poder Familiar ................................................................. 11 1.2 Origem e Desenvolvimento do Poder Familiar ..................................... 12 1.3 Origem e Desenvolvimento da Famlia ................................................. 14 2 SEPARAO E DIVRCIO ................................................................. 19 2.1 Antecedentes Histricos Acerca da Dissoluo da Sociedade

    Conjugal ................................................................................................ 19

    2.2 Separao e Divrcio ........................................................................... 20 2.2.1 Conceito e Distino ............................................................................. 20 2.2.2 Separao Judicial Consensual e Litigiosa .......................................... 21 2.2.3 Divrcio Direto e Indireto ...................................................................... 23 2.3 Consideraes Sobre a Lei n 11.441/2007 e Sua Influncia Sobre os

    Institutos da Separao e Divrcio........................................................ 24

    2.4 Emenda n 66/2010 e Suas Consequncias Sobre os Institutos da Separao e Divrcio ...........................................................................

    26

    2.5 Breves Apontamentos Sobre a Guarda ................................................ 30 3 ALIENAO PARENTAL .................................................................... 37 3.1 Parentalidade e Coparentalidade ......................................................... 37 3.2 Alienao Parental ................................................................................ 38 3.3 Extenso da Alienao Parental e Seus Elementos de Identificao .. 43 3.4 Consequncias da Alienao Parental ................................................. 47 3.5 A Represso e Preveno da Alienao Parental ................................ 48 3.6 A Celeridade Processual e a Alienao Parental ................................. 51 CONSIDERAES FINAIS ................................................................. 54 REFERNCIAS .................................................................................... 58

  • 8

    INTRODUO

    A organizao familiar, em seu longo processo de evoluo teve, entre suas

    transformaes mais significativas, aquela concernente igualdade de condies

    entre os casais para o exerccio legtimo do poder familiar. Esse poder, tambm

    entendido como autoridade parental, assim como a prpria entidade familiar, passou

    por uma srie de mudanas para que, enfim, pudesse ser desempenhado visando a,

    realmente, proteger e garantir os interesses e direitos dos filhos menores.

    No ordenamento jurdico ptrio, o instituto do poder familiar considerado

    como o conjunto de obrigaes e deveres inerentes aos genitores para com seus

    filhos comuns, assegurando o bem-estar dos mesmos. Como a criana e o

    adol