Amandio Vasco Guimaraes (PDF)

  • View
    261

  • Download
    1

Embed Size (px)

Text of Amandio Vasco Guimaraes (PDF)

UNIVERSIDADE EDUARDO MONDLANEFaculdade de Letras e Cincias Sociais Departamento de Cincia Poltica e Administrao Pblica

DESCENTRALIZAO E FINANAS AUTRQUICAS: ANLISE DA EFICCIA DO SISTEMA TRIBUTRIO AUTRQUICO COMO FONTE DE FINANCIAMENTO DO ORAMENTO AUTRQUICO O CASO DO MUNICPIO DE MAPUTO (2006 - 2008)

Licenciando: Am ndio Vasco Guimares Supervisor: Antnio Bila Maputo 2010

Descentralizao e Finanas Autrquicas: Anlise da Eficcia do Sistema Tributrio Autrquico como Fonte de Financiamento do Oramento Autrquico - o Caso do Municpio de Maputo (2006 2008)

DESCENTRALIZAO E FINANAS AUTRQUICAS: ANLISE DA EFICCIA DO SISTEMA TRIBUTRIO AUTRQUICO COMO FONTE DE FINANCIAMENTO DO ORAMENTO AUTRQUICO O CASO DO MUNICPIO DE MAPUTO (2006 - 2008)

Amndio Vasco Guimares

2

Descentralizao e Finanas Autrquicas: Anlise da Eficcia do Sistema Tributrio Autrquico como Fonte de Financiamento do Oramento Autrquico - o Caso do Municpio de Maputo (2006 2008)

Amndio Vasco Guimares

DESCENTRALIZAO E FINANAS AUTRQUICAS: ANLISE DA EFICCIA DO SISTEMA TRIBUTRIO AUTRQUICO COMO FONTE DE FINANCIAMENTO DO ORAMENTO AUTRQUICO O CASO DO MUNICPIO DE MAPUTO (2006 - 2008)

Dissertao apresentada Universidade Eduardo Mondlane como requisito parcial para obteno do grau de licenciatura em Administrao Pblica. Supervisor: Antnio Bila

Maputo 2010Amndio Vasco Guimares

3

Descentralizao e Finanas Autrquicas: Anlise da Eficcia do Sistema Tributrio Autrquico como Fonte de Financiamento do Oramento Autrquico - o Caso do Municpio de Maputo (2006 2008)

FOLHA DE APROVAO Dissertao de autoria de Amndio Vasco Guimares, intitulada

Descentralizao e Finanas Autrquicas: Anlise da Eficcia do Sistema Tributrio Autrquico como Fonte de Financiamento do Oramento Autrquico - o Caso do Municpio de Maputo (2006 2008), requisito parcial para obteno do grau de licenciado em Administrao Pblica pela Universidade Eduardo Mondlane, defendida e aprovada pelo jri composto por:

Supervisor

Presidente

Oponente

Antnio Bila

Zefanias MatsimbeData: 16 de Abril de 2010

Eduardo Nguenha

Amndio Vasco Guimares

4

Descentralizao e Finanas Autrquicas: Anlise da Eficcia do Sistema Tributrio Autrquico como Fonte de Financiamento do Oramento Autrquico - o Caso do Municpio de Maputo (2006 2008)

DECLARAO DE HONRA Eu, Amndio Vasco Guimares declaro em minha honra que este Trabalho de Fim de Curso nunca foi apresentado na sua essncia para a obteno de qualquer grau e que ele constitui o resultado da minha investigao pessoal, estando indicadas no texto e nas referncias bibliogrficas as fontes utilizadas. Maputo, Fevereiro de 2010

Amndio Vasco Guimares

Amndio Vasco Guimares

5

Descentralizao e Finanas Autrquicas: Anlise da Eficcia do Sistema Tributrio Autrquico como Fonte de Financiamento do Oramento Autrquico - o Caso do Municpio de Maputo (2006 2008)

DEDICATRIA Dedico este trabalho e todos os benefcios que provenham do meu esforo a minha famlia e, in memorian, ao meu irmo Andr Vasco Guimares (1973 - 2008) por todo carinho, ensinamento e pacincia que teve na minha educao, a minha prima Natrcia de Borja Manuel (1972 - 2006) e a minha av Isabel Antnio (1929 - 2009) pelo carinho dado. Obrigado e Descansem em paz.

Amndio Vasco Guimares

6

Descentralizao e Finanas Autrquicas: Anlise da Eficcia do Sistema Tributrio Autrquico como Fonte de Financiamento do Oramento Autrquico - o Caso do Municpio de Maputo (2006 2008)

AGRADECIMENTOS Em primeiro lugar gostaria de agradecer ao meu supervisor, o Dr. Antnio Bila por ter aceitado este desafio, o meu mais sincero obrigado. Agradecer o Dr. Eduardo Nguenha e o Dr. Omar Saide pelos contributos dados para a elaborao deste trabalho, foram decisivos para a escolha e desenvolvimento do tema. O agradecimento extensivo aos docentes da Faculdade de Letras e Cincias Sociais em especial aos afectos ao Departamento de Cincia Politica e Administrao Pblica pelos valiosos ensinamentos dados durante a formao acadmica. Agradecer aos funcionrios do Conselho Municipal de Maputo, mais concretamente os funcionrios da secretria, da Repartio de Contas, do Departamento de Receitas e o director municipal de finanas pela disponibilidade em ceder o material e em conceder entrevistas sem nenhuma reserva. Gostaria de mostrar a minha mais sincera gratido aos meus colegas que durante quatro anos foram como irmos, ao Leopoldo Romo Faustino Gune e especialmente a Ctia Emlia Samucidine pelos momentos que passamos juntos, pelas acesas discusses na preparao das aulas, dos testes e realizao dos trabalhos em grupo que sempre acabavam com sorrisos e abraos e acima de tudo com bons resultados, muito obrigado esta dissertao vossa. Agradecer aos meus amigos que incansavelmente estiveram ao meu lado nos momentos bons e nos momentos maus. Embora no tenha seus nomes nesta simples folha, esto gravados na memria como co-participes desta realizao acadmica. Um agradecimento muito especial a famlia Culhe pelo carinho e amizade, em especial a av Maria e ao vov Jeremias, muito obrigado. Por ltimo, agradecer as pessoas mais importantes na minha vida, a minha me Rosalina Vasco minha herona, a minha segunda me Rita Culhe Guimares obrigado por tudo, aos meus irmos Toms Guimares e Alson Culhe, a minha sobrinha que a luz que nos ilumina, Cynthia Ins Manuel (Nyeleti) e minha prima Vnia Gisela Viola e todos aqueles que no foram mencionados que directa ou indirectamente estiveram presentes na minha vida contribuindo com um suporte moral para que a formao chega-se ao fim sem sobressaltos.

Amndio Vasco Guimares

7

Descentralizao e Finanas Autrquicas: Anlise da Eficcia do Sistema Tributrio Autrquico como Fonte de Financiamento do Oramento Autrquico - o Caso do Municpio de Maputo (2006 2008)

Talvez no tenhamos conseguido fazer o melhor, mas lutamos para que o melhor fosse feito. No somos o que deveramos ser, no somos o que iremos ser, mas Graas a Deus, no somos o que ramos. Martin Luther King

Amndio Vasco Guimares

8

Descentralizao e Finanas Autrquicas: Anlise da Eficcia do Sistema Tributrio Autrquico como Fonte de Financiamento do Oramento Autrquico - o Caso do Municpio de Maputo (2006 2008)

LISTA DE SIGLAS E ABREVIATURAS AM APIE ATM CECM CM CMM CRM DNDA DSMF EDM EGRSP FCA FIIL FMI FRELIMO IBW INE IPA IPRA IRT MAE MDP MF NGP OLE PARPA PDM PRE TA TAE UTRESP WB Assembleia Municipal Administrao do Parque Imobilirio do Estado Autoridade Tributria de Moambique Conselho Executivo da Cidade de Maputo Conselho Municipal Conselho Municipal de Maputo Constituio da Repblica de Moambique (em vigor) Direco Nacional para o Desenvolvimento Autrquico Direco de Servio Municipal de Finanas Electricidade de Moambique Estratgia Global da Reforma do Sector Pblico Fundo de Compensao Autrquica Fundo de Investimento de Iniciativa Local Fundo Monetrio Internacional Frente de Libertao de Moambique Instituies de Bretton Woods Instituto Nacional de Estatstica Imposto Pessoal Autrquico Imposto Predial Autrquico Imposto sobre rendimento de Trabalho Ministrio de Administrao Estatal Ministrio da Planificao e Desenvolvimento Ministrio das Finanas Nova Gesto Pblica rgos Locais do Estado Plano de Aco para Reduo da Pobreza Absoluta Programa de Desenvolvimento Municipal Programa de Reabilitao Econmica Tribunal Administrativo Taxa de Actividade Econmica Unidade Tcnica da Reforma do Sector Pblico Banco Mundial

Amndio Vasco Guimares

9

Descentralizao e Finanas Autrquicas: Anlise da Eficcia do Sistema Tributrio Autrquico como Fonte de Financiamento do Oramento Autrquico - o Caso do Municpio de Maputo (2006 2008)

RESUMO No estudo da descentralizao, as finanas autrquicas adquire relevncia devido ao aumento da complexidade de funcionamento das organizaes administrativas descentralizadas e a ampliao das formas de financiamento das autarquias locais. Esta dissertao analisa a eficcia do Sistema Tributrio Autrquico no financiamento do oramento das autarquias locais, considerando-o uma das principais formas de compatibilizao dos interesses antagnicos entre o governo central que procura exercer um maior controlo sobre as unidades subnacionais e os governos municipais que buscam maior autonomia de modo a reduzir a influncia do Estado e agncias internacionais de cooperao na gesto dos interesses locais. O sistema tributrio deve constituir a principal fonte de receita das autarquias locais em contraposio as transferncias oramentais, pois, os governos locais devem ter autonomia de deciso relativa ao volume de oferta de bens e servios pblicos a serem prestados ao cidado. No entanto, limitaes do sistema tributrio tais como: i) a falta de base de dados sobre os potenciais contribuintes; ii) a ambiguidade da legislao; iii) os deficientes mecanismos de cobrana e fiscalizao das impostos a serem cobrados; e iv) a transferncia de responsabilidade do governo central para as governos locais sem o correspondente aumento da base tributria; condicionam a captao de receitas prprias e, consequentemente, o fortalecimento do Sistema Tributrio Autrquico, tendo como contrapartida a dependncia financeira dos governos municipais em relao as transferncias oramentais realizadas pelo Estado e parceiros de cooperao. Palavras-chave: descentralizao, finanas autrquicas, fontes de financiamento, Sistema Tributrio Autrquico e transferncias oramentais.

Amndio Vasco Guimares

10

Descentralizao e Finanas Autrquicas: Anlise da Eficcia do Sistema Tributrio Autrquico como Fonte de Financiamento do Oramento Autrquico - o Caso do Municpio de Maputo (2006 2008)

SUMRIO 1. INTRODUO ................................................................................................................................ 12 1.1. Estrutura do trabalho........