Ano XXXIII - Nº 153 - Setembro de .A campanha do Dia do Médico Veterinário deste ano contempla

  • View
    214

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Ano XXXIII - Nº 153 - Setembro de .A campanha do Dia do Médico Veterinário deste ano contempla

Ano XXXIII - N 153 - Setembro de 2016

Busdoor para comemorar Dia do Mdico Veterinrio

BOVCON acontece em outubro

Editorial2 ANO XXXIII n 153 Setembro de 2016

A campanha do Dia do Mdico Veterinrio deste ano contempla cinco reas de atuao deste profissional: segurana dos alimentos, apicultura, animais silvestres, aquicultura e biotrio. So apenas alguns dos inmeros segmentos de responsabilidade do Mdico Veterinrio, cujo dia especial comemorado em 9 de setembro. O mote da cam-panha demonstra a dimenso da Medicina Veterinria com uma abor-dagem do micro ao macro, para ressaltar o conceito de que o Mdico Veterinrio est presente at no detalhe que a sociedade no v.

Seu trabalho na sade pblica, na fiscalizao sanitria, no controle de zoonoses, na produo de alimentos e no manejo sustentvel essencial para a garantia do bem-estar dos animais e da sociedade. Um profissional preocupado com a Sade nica, que integra animal, ser humano e meio ambiente. Veja as peas da campanha 2016 no site www.crmvgo.org.br e tambm no site www.cfmv.gov.br. O CRMV-GO reservou 12 linhas de nibus em Goinia com a mdia busdoor para divulgao da campanha, muito bem elaborada pelo Sistema CFMV/CRMVs. Confira nas pginas 6 e 7 mais informaes sobre as linhas, datas de veiculao do material e peas apresentadas. As informaes tambm esto disponveis no site do CRMV-GO.

Quero, mais uma vez, parabenizar os Mdicos Veterinrios inscritos no CRMV-GO pelo tra-balho mpar na vida das pessoas, especialmente num Estado cuja economia gira basicamente em torno do agronegcio. Somos peas importantes nessa cadeia produtiva to bem articu-lada. Esperamos agora, com a sinalizao dada pelo mercado da retomada do crescimento da economia, que possamos produzir mais e melhor. Que os empregos perdidos no agroneg-cio, por causa da crise econmica, sejam recuperados e que o pas cresa e se consolide como um grande produtor de alimentos, como sempre foi, e como uma grande potncia econmi-ca, com gerao de empregos e renda.

preciso que os governos invistam em sade pblica j que ao longo das ltimas dca-das, o controle de zoonoses no pas tem passado por mudanas sintetizadas em 2006 pela Organizao Mundial de Sade (OMS) com um novo paradigma: a necessidade de coopera-o entre as Medicina Humana e Veterinria, levando em considerao que, atualmente, mais de 60% das enfermidades infecciosas humanas so de origem animal. Por isso nos ltimos anos estamos batendo na tecla da Sade nica, conceito que valoriza a participao efetiva do profissional da Medicina Veterinria nas atividades de ateno e promoo da sade ani-mal, ambiental e tambm do homem. Teremos eleies este ano e precisamos estar atentos quanto a esses preceitos que dependem tambm de fora poltica. Portanto, cobrem de seus candidatos aes viveis que tragam benefcios populao nesse sentido, pois existem, at agora, mais de 200 zoonoses identificadas no mundo todo, doenas que so geralmente pro-vocadas por vrus, bactrias, fungos e parasitas que acometem os animais.

Atualmente, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatstica (IBGE/2013), 44,3% dos lares brasileiros tm pelo menos um cachorro. A quantidade de ces e gatos de compa-nhia j soma 74,3 milhes, nmero superior ao de crianas. H que se entender essa relao de forma harmnica e realmente pensar a Sade nica e no conceitos separadamente de medicina humana, animal ou meio ambiente sustentvel. No possvel separ-los. Estamos todos dentro do mesmo macro ambiente.

Enfim, quero deixar aqui o meu agradecimento pelas inmeras sugestes, elogios e crti-cas que recebemos, principalmente nos Seminrios de Responsabilidade Tcnica e tambm pelas redes sociais sobre a atuao do CRMV-GO, o que nos faz crescer e melhorar cada vez mais. Planejamos algumas novidades para 2017, uma delas ser a qualificao no campo da responsabilidade tcnica nos biotrios. Vamos trazer a 1 edio de um curso de cuidados e manejo de animais de experimentao, evento organizado pela Comisso de Bem-estar Ani-mal do CRMV-GO. At o fim do ano teremos mais informaes sobre esse projeto. No se esqueam: esta casa de vocs!

Parabns, Mdicos e Mdicas Veterinrias por acreditarem na nossa profisso e apostarem nesta nao, esperando um Brasil mais justo, com dirigentes mais honestos e menos corruptos!

Todos os temas apresentados foram de grande valia para mim. So temas que vivenciamos em nossa rotina de trabalho na indstria. Gostei muito da

programao. Parabns a todos!.

Md Vet. Maysa de Souza Pereira sobre o Seminrio Avanado de RT com o tema Indstria Lctea, no dia 19 de agosto, no auditrio do CRMV-GO.

Conselho Regional de Medicina Veterinria de Gois

Goinia: Avenida Universitria, n 2169 Setor Leste Universitrio. Cep: 74610-100. Goinia-GO. Fone/Fax: (62) 3269-6500.

E-mail: crmvgo@crmvgo.org.br

Rio Verde Rua Goinia, Qd 47 Lote 1-A n 2329, Jd. Gois, Rio Verde-GO.

Cep: 75903-380 Fone: (64) 3613-2417. E-mail: rioverde@crmvgo.org.br

Funcionamento: das 09h s 12h e das 13h s 17h.

www.crmvgo.org.brwww.facebook.com/crmvgo

www.twitter.com/crmvgo

Presidente Md. Vet. Benedito Dias de Oliveira Filho CRMV-GO 0438

Vice-presidente Md. Vet. Wanderson Alves Ferreira CRMV-GO 0524

Secretria-geral Md. Vet. Rosngela de O. Alves Carvalho CRMV-GO 2316

Tesoureiro Md. Vet. Rafael Costa Vieira CRMV-GO 5255

Conselheiros EfetivosMd. Vet. Edward Robinson Lacerda CRMV-GO 1232

Zoot. Elis Aparecido Bento CRMV-GO 0254/ZMd. Vet. Marcius Ribeiro de Freiras CRMV-GO 0973

Md. Vet. Mrcia de Oliveira Silva CRMV-GO 1136Md. Vet. Olzio Claudino da Silva CRMV-GO 0547

Md. Vet. Ronaldo Medeiros de Azevedo CRMV-GO 1193

Conselheiros SuplentesMd. Vet. Arthur Francisco Jnior CRMV-GO 1751

Md. Vet. Cidervane Rabelo da Pascoa CRMV-GO 2004Md. Vet. Ingrid Bueno Atayde CRMV-GO 2738

Md. Vet. Luciano Schneider da Silva CRMV-GO 2765Md. Vet. Stiwens Roberto T. Orpinelli CRMV-GO 4308

Md. Vet. Valdir Cardoso Martins CRMV-GO 0949

Jornalista Responsvel: Denise DuarteReg. Prof. GO 917-JPFotos: Denise Duarte

Contato com a RedaoAssessoria de Comunicao do CRMV-GO

(62) 3269-6531/8102-5680ascom@crmvgo.org.br

Programao VisualDarts Comunio & Marketing

(62) 3932-2249 | 3646-5028Tiragem: 10 mil exemplares

Periodicidade: bimestralImpresso:Cir Grfica

(62) 3202-1150Mensagens

Do micro ao macro

Quiro A mitologia grega relata que a medicina dos animais

teria sido descoberta pelo Centauro Quiro (Chiron),

figura metade homem, metade animal, filho de Saturno

e da ninfa Flira. Em sua mo direita conduz a serpente e

o basto, atributos de Esculpio, seu discpulo, smbolo

da arte de curar.

Md. Vet. Benedito Dias de Oliveira Filho

Presidente do CRMV-GO

Vet Giro 3ANO XXXIII n 153 Setembro de 2016

O Sindicato dos Fiscais Estaduais Agropecurios de Gois (Sinfeago) lanou a publicao Sinfeago em Revista, cuja primeira edio foi veiculada em junho. O primeiro nmero trouxe importantes contedos, entre eles o uso inconsequente de agrotxicos, um material amplo sobre raiva dos herbvoros e outro sobre direi-tos trabalhistas. De acordo com o Md. Vet. Leonardo Aparecido Guimares To-maz, presidente da entidade, a ideia que a revista seja colaborativa com intensa participao dos fiscais agropecurios do Estado de Gois. A publicao tem pe-riodicidade trimestral. O contato : revistasinfeago@yahoo.com.br. O material est disponvel no site www.sinfeago.org.br.

A importncia do mdico veterinrio na Sade Pblica e seu trabalho na liga-o entre a sade ambiental, humana e animal, a Sade nica, foram temas esco-lhidos para a oitava edio do Seminrio Nacional de Sade Pblica Veterinria. O evento, organizado pelo Conselho Fede-ral de Medicina Veterinria (CFMV), com o apoio do CRMV-MS, acontece nos dias 18 e 19 de outubro, em Campo Grande-MS. As inscries so gratuitas e podem ser feitas no site www.cfmv.gov.br. Podem se inscre-ver estudantes e profissionais de Medicina Veterinria.

O Manual de Vigilncia, Preven-

o e Controle de Zoonoses: Normas

Tcnicas e Operacionais (1 edio

de 2016) foi publicado no ms de ju-

lho pelo Ministrio da Sade apenas

na verso digital. O manual define

as normas tcnicas que norteiam as

aes e os servios pblicos de sade

desenvolvidos e executados no Brasil

para preveno, proteo e promoo

da sade humana, quando do envol-

vimento de riscos de transmisso de

zoonoses e de ocorrncia de acidentes

causados por animais peonhentos e

venenosos, de relevncia para a sade

pblica. O documento est disponvel

no site www.crmvgo.org.br, na opo

Notcias e tambm em Links teis (Edi-

tora do Ministrio da Sade). A coleo

institucional do Ministrio da Sade

pode ser acessada, na ntegra, na Biblio-

teca em Sade do Ministrio da Sade:

www.saude.gov.br/bvs. O contedo do

manual e de outras obras da Editora do

Ministrio da Sade pode ser acessado

na pgina editora.saude.gov.br.

Revista do Sinfeago

Sade Pblica Veterinria

Manual de Vigilncia

Est disponvel no site do CRMV-GO (www.crmvgo.org.br) o Portal da Trans-parncia da autarquia federal, em cum-primento Lei n 12.527/2011, denomi-nada Lei de Acesso Informao (LAI) que regulamenta o direito constitucio-nal de acesso s informaes pblicas. Essa norma entrou em vigor em 16 de maio de 2012 e criou mecanismos que possibilitam, a qualquer pessoa, fsica ou jurdica, sem necessidade de

apresentar motivo, o recebimento de informaes pblicas dos rgos e en-tidades. Clique no banner especfico do Portal da Transparncia no alto da pgina do CRMV-GO e confira as inf