Aula 01- Resumão PODERES Direito Administrativo - Fabiano Pereira

  • View
    8

  • Download
    0

Embed Size (px)

DESCRIPTION

direito administrativo

Text of Aula 01- Resumão PODERES Direito Administrativo - Fabiano Pereira

  • Resumo de Direito Administrativo para o concurso do MPU Cargos Tcnicos e de Analistas (rea administrativa) Professor Fabiano Pereira

    ---

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    -------

    Ol, futuro (a) servidor (a) do Ministrio Pblico da Unio!

    Eis o nosso segundo resumo de Direito Administrativo, que tem por objetivo abordar os principais tpicos que devem ser assimilados para a prova que ser aplicada pelo CESPE.

    Primeiramente, lembre-se de que o nosso propsito no abordar todos os tpicos exigidos no edital, mas sim aqueles que tm maiores chances de cair na prova. Ademais, deve ficar claro que geralmente sero includos dois itens do edital em cada aula, o que pode deix-las um pouco extensas.

    No mais, bons estudos!

    Fabiano Pereira

    fabianopereira@pontodosconcursos.com.br

    O xito na vida no se mede pelo que voc conquistou, mas sim pelas dificuldades que superou no caminho.

    (Abraham Lincoln)

  • Resumo de Direito Administrativo para o concurso do MPU Cargos Tcnicos e de Analistas (rea administrativa) Professor Fabiano Pereira

    ---

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    ----

    -------

    2

    PODERES ADMINISTRATIVOS

    1. Consideraes iniciais . 03

    1.1. Abuso de poder .03

    2. Poder vinculado .04

    3. Poder discricionrio . 05

    4. Poder hierrquico . 07

    4.1. Prerrogativas decorrentes da hierarquia .07

    4.1.1. Poder de ordenar .07

    4.1.2. Poder de fiscalizao .08

    4.1.3. Poder de delegar e avocar competncias .08

    4.1.4. Poder de dirimir controvrsias de competncia ......... 08

    5. Poder disciplinar . 09

    6. Poder regulamentar ou normativo . 11

    7. Poder de polcia . 13

    7.1. Polcia Administrativa, judiciria e de manuteno da ordem pblica ................................................................................. 13

    7.2. Conceito . 14

    7.3. Caractersticas e limites . 14

    7.4. Competncia e possibilidade de delegao . 15

    7.5. Atributos . 16

  • Resumo de Direito Administrativo para o concurso do MPU Cargos Tcnicos e de Analistas (rea administrativa) Professor Fabiano Pereira

    ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

    3

    1. Consideraes iniciais

    O Professor Jos dos Santos Carvalho Filho conceitua os poderes administrativos como o conjunto de prerrogativas de Direito Pblico que a ordem jurdica confere aos agentes administrativos para o fim de permitir que o Estado alcance seus fins.

    Essas prerrogativas decorrem do denominado regime jurdico-administrativo e asseguram aos agentes pblicos uma posio de superioridade nas relaes jurdicas com os particulares, condio necessria para que possam ser superados os obstculos encontrados no exerccio das atividades finalsticas exercidas pela Administrao.

    Os poderes assegurados aos agentes pblicos no podem ser considerados privilgios, mas, sim, deveres. No devem ser encarados como mera faculdade, mas, sim, como uma obrigao legal de atuao sempre que o interesse coletivo exigir, por isso so chamados de poderes-deveres (fique atento para esta expresso, pois muito comum em provas).

    1.1. Abuso de poder

    Nas palavras do professor Hely Lopes Meirelles, o abuso de poder ocorre quando a autoridade, embora competente para agir, ultrapassa os limites de suas atribuies ou se desvia das finalidades administrativas.

    O abuso de poder configura-se por uma conduta praticada pelo agente pblico em desconformidade com a lei e pode se apresentar sob trs formas diferentes:

    1) quando o agente pblico ultrapassa os limites da competncia que lhe foi outorgada pela lei (excesso de poder), atuando fora de sua competncia;

    2) quando o agente pblico exerce a competncia nos estritos limites legais, mas para atingir finalidade diferente daquela prevista em lei (desvio de poder ou desvio de finalidade);

    3) pela omisso (ocorre quando um agente pblico est obrigado a agir diante de um caso em concreto, porm, omite-se).

  • Resumo de Direito Administrativo para o concurso do MPU Cargos Tcnicos e de Analistas (rea administrativa) Professor Fabiano Pereira

    ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

    4

    Sendo assim, deve ficar bem claro que a expresso abuso de poder corresponde a um gnero do qual se extraem duas espcies bsicas: excesso de poder ou desvio de finalidade (tambm chamado de desvio de poder).

    ABUSO DE PODER

    EXCESSO DE PODER DESVIO DE PODER OU FINALIDADE

    Acontece, por exemplo, quando um agente pblico possui competncia legal para aplicar uma multa de R$ 10.000,00, mas decide aplicar multa de R$ 50.000,00.

    Acontece, por exemplo, quando uma autoridade pblica remove um servidor para outra localidade com o objetivo de puni-lo, o que contraria a finalidade da remoo.

    Ser que cai em prova esse tema?

    (Delegado da PF/ Regional 2004/CESPE) Em relao aos poderes administrativos, julgue o item subseqente.

    I. O abuso de poder, na modalidade de desvio de poder, caracteriza-se pela prtica de ato fora dos limites da competncia administrativa do agente. Falso

    2. Poder vinculado

    Poder vinculado (tambm denominado de poder regrado) aquele conferido aos agentes pblicos para a edio de atos administrativos em estrita conformidade com o texto legal, sendo mnima ou inexistente a sua liberdade de atuao ou escolha.

    Para que um ato administrativo seja editado validamente, em conformidade com a lei, necessrio que atenda a cinco requisitos bsicos: competncia, forma, finalidade, motivo e objeto. Quando os cinco requisitos forem apresentados e detalhados na prpria lei, ter-se- um ato vinculado, pois o agente pblico restringir-se- ao preenchimento do ato nos termos que foram definidos legalmente.

  • Resumo de Direito Administrativo para o concurso do MPU Cargos Tcnicos e de Analistas (rea administrativa) Professor Fabiano Pereira

    ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

    5

    No poder vinculado, o agente pblico no se utiliza dos critrios de convenincia e oportunidade, que lhes so reservados no poder discricionrio, pois a prpria lei estabelece de que forma o ato deve ser editado, especificando a autoridade responsvel pela edio do ato (competncia), a forma, a finalidade, o motivo que ensejou a edio e o objeto sobre o qual recai o ato.

    Ateno: a doutrina majoritria tem afirmado que o poder vinculado no seria um poder autnomo, mas simplesmente uma obrigao imposta diretamente pela lei. Isso porque no se outorga ao agente pblico qualquer prerrogativa, mas simplesmente se exige que a lei seja cumprida.

    Como no poderia ser diferente, as bancas examinadoras j esto exigindo tal entendimento em prova, inclusive o CESPE, conforme possvel constatar na assertiva abaixo, que foi considerada correta.

    (Assessor / Prefeitura de Natal 2008 / CESPE - adaptada) Com relao aos poderes da administrao pblica, julgue os itens a seguir:

    [...] II. O poder vinculado no existe como poder autnomo; em realidade, ele configura atributo de outros poderes ou competncias da administrao pblica.

    3. Poder discricionrio

    Nas sbias palavras do professor Hely Lopes Meirelles, discricionariedade a liberdade de ao administrativa dentro dos limites permitidos em lei. aquele no qual a lei reserva ao agente pblico certa margem de liberdade ou escolha dentre vrias solues possveis, sempre visando satisfao do interesse pblico.

    Trata-se de poder que a prpria lei concede ao agente pblico, de modo explcito ou implcito, para a prtica de atos administrativos, autorizando-lhe a escolher, entre vrias alternativas possveis, aquela que melhor atende ao interesse coletivo.

  • Resumo de Direito Administrativo para o concurso do MPU Cargos Tcnicos e de Analistas (rea administrativa) Professor Fabiano Pereira

    ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

    6

    No ato discricionrio, a lei somente se limitar a detalhar a competncia, a forma e a finalidade, deixando a critrio do agente pblico, que dever decidir com base na convenincia e oportunidade da Administrao, os requisitos denominados motivo e objeto.

    Para fins de concurso pblico, lembre-se sempre de que, no ato discricionrio o agente pblico possui vrias possibilid