Click here to load reader

Aula 13 - Quadros (SPSS)

  • View
    211

  • Download
    2

Embed Size (px)

Text of Aula 13 - Quadros (SPSS)

Ana Cristina Ferreira1 Licenciaturas em SOCIOLOGIA e em SOCIOLOGIA e PLANEAMENTO D Di is sc ci ip pl li in na a d de e E ES ST TA AT T S ST TI IC CA A I I I IN NT TR RO OD DU U O O A AO O S SP PS SS S Q Qu ua ad dr ro os s Ana Cristina Ferreira2 ALGUNS ELEMENTOS OUE SE CONSIDERA RELEVANTES NA CONSTRUO DEOUADROS Os quadros devem ter: Umtituloquepermitaidentificarcomclarezaasvariaveisqueestaoaser representadas.EssetitulopodesercolocadonoWordou,emalternativa,no prprio SPSS. A vantagem de colocar no Word a facilidade na formataao, na alteraao de titulos.;Umanumeraao: Ouadro 1, Ouadro 2, etc.; Aespecificaaodafonte,quandotalfornecessario.Estadeveraserreferida em rodap, no Word ou no prprio SPSS; Leituraemportugus(sesetratardeproduaonacional"),peloquese sugere que se traduzam as expressoes, por exemplo:oem vez de percent ficara %;oem vez de frequency ficara N; o. Ana Cristina Ferreira3 Ir-se- privilegiar a construo dos quadros no mdulo Tables o que no invalida que,paraumaprimeiraleituradosdados,sepeamas frequnciasnomdulo DescriptiveStatistics.Noobstante,nestemduloosquadrostmmenor qualidade grfica.Assim, para uma leitura prvia, faz-se: AnalyzeDescriptive StatisticsFrequencies Ana Cristina Ferreira4 Passa-sea(s)varivel(eis)paraajanelaquedizVariable(s)Paraescolheras estatsticasclica-senobotoStatistics(assinaladoemacima),escolhem-seas estatsticasdesejadas(consoanteanaturezadasvariveis)eobtm-seos quadros seguintes: Quadro 1 - EstatsticasEstado civil16401ValidMissingNMode Quadro2 - Distribuio dos inquiridos segundo o estado civil130 79,328 17,16 3,7164 100,0SolteiroCasado/Unio de factoOutra situaoTotalFrequncia % Obtm-se, um quadro1 embora em ingls e com informao que vulgarmente noseapresenta(comoporexemploapercentagemacumulada);numoutro quadro aparecem as medidas descritivas que foram pedidas. 1 Para introduzir este quadro no Word pode usar-se o seguinte procedimento: -no SPSS faz-se Copy object-no Word, faz-se Paste. Ana Cristina Ferreira5 Sugesto de algumas alteraes: traduzir para portugus as expresses em ingls; esconderascolunasquenosonecessriasparaaanlise(comopor exemploapercentagemacumuladaparaasvariveisnominaisoua percentagem vlida quando no h missing values),quando so poucas as medidas em uso bastar que as mesmas estejam referidas no texto, pelo que, nesses casos, se retira o quadro referente s estatsticas. prottuloeretirarocabealhoqueaparecepordefeito(alabelda varivelEstadocivilpoisestainformaocertamenteconstardo ttulo. PROCEDIMENTO PARA VARIVEIS QUANTITATIVAS Se a varivel fosse quantitativa, como o N de elementos do agregado familiar, asestatsticaspedidaspoderiamseramdia,amoda,amediana,odesvio-padro (o que se obteria na janela das estatsticas apresentada anteriormente). Viria, pois: Quadro 3 - EstatisticasN de elementos do agregado familiar15863,353,0041,216ValidMissingNMeanMedianModeStd. Deviation Destemodo,possvelposteriori,editaratabelanoWordeafazeralteraes(aocontrriodoque aconteceria se estivesse introduzida como Picture). Ana Cristina Ferreira6 Quadro 4 - Distribuio dos inquiridos segundo o n de elementos do agregadofamiliar11 6,7 7,0 7,020 12,2 12,7 19,654 32,9 34,2 53,857 34,8 36,1 89,912 7,3 7,6 97,52 1,2 1,3 98,71 ,6 ,6 99,41 ,6 ,6 100,0158 96,3 100,06 3,7164 100,0123456710TotalTotal MissingTotalFrequncia % % vlida%acumulada Noentanto,seavarivelquantitativativerumagrandeamplitudedevalores, podeserrelativamenteinadequado,peladificuldadedeleitura,optarporuma distribuio de frequncias. Quando a varivel pode ser tratada como contnua, opta-se, vulgarmente, por construir classes de valores e apresentar dessa forma a distribuio da varivel. CONSTRUO DE QUADROS NO MDULO TABLES Para apresentar num relatrio, existe um outro mdulo do SPSS que possibilita a construo de quadros esteticamente mais agradveis, o mdulo Tables2. Veja, por exemplo, como construir um quadro para uma varivel qualitativa: Analyze Tables Custom Tables 2 O mdulo Tables nem sempre aplicvel. Por exemplo, quando se quer que a distribuio de frequncias venha acompanhada das frequncias acumuladas, tal s possvel no mdulo das Descriptive Statistics. 4 Como aparecia um n de elementos do agregado familiar igual a 0, este passou-se a missing. Ana Cristina Ferreira7 e acede-se a esta janela: Comeaporsearrastaravarivel (paraaqualsequerconstruiro quadro)paraabarraqueindica Columns,comoseexemplificana janela seguinte. Pordefeito,paraumavarivel qualitativa,aparecesomenteo efectivodecadacategoriasobo ttuloCount.Noentanto,talpode alterar-seindoopoSummary Statistics como se assinala. Paraapareceradesignaoda varivelnotopodoquadroa varivel tem de ser colocada em Column,comosefez anteriormenteenaCategory Positionsubstituiraopo defaultporColumnLabelsin Ana Cristina Ferreira8 Row, como est assinalado NointeriordasSummaryStatistics mudou-sealabeldoCountnaopoLabel que ficou N, seleccionou-se a % em coluna (que se designou somente por %) e mudou-se o formato desta percentagem clicando em Format de molde a que o smbolo%noaparecesseparatodososvalores(janelaseguinte).Poderia ainda alterar-se o nmero de casas decimais (o que no se fez). Ana Cristina Ferreira9 Fechando esta janela (pelo que tem de clicar-se em Apply to Selection) tem-se ainda de seleccionar-se a opo Categories and Totals de forma a introduzir o total na quadro (como se mostra abaixo), podendo tambm retirar-se categorias.Ana Cristina Ferreira10 Na opo Titles, pode inserir-se um ttulo e uma nota de rodap (se se justificar, oquenoocaso).Dequalquerforma,recorde-sequeanumeraodos quadros, assim como o registo dos seus ttulos, pode fazer-se em Word. Ana Cristina Ferreira11 Ana Cristina Ferreira12 Deste procedimento obtm-se o quadro: Quadro 5 - Distribuio dos inquiridos segundo o estado civil130 79.328 17.16 3.7164 100.0SolteiroCasado/Unio de factoOutra situaoTotalN %Estado civil Construo de quadros para as variveis quantitativas no mdulo Tables Ana Cristina Ferreira13 Nestemduloeparaasvariveisqueestointroduzidascomoquantitativas (scale),otratamentodisponvelpordefeitoincidenoclculodemedidas descritivasenodequadrosdefrequncias,comoacontececomasvariveis categoriais (leia-se qualitativas). assim possvel escolher as medidas descritivas desejadas, pondo o seu nome em portugus, atravs de um processo idntico ao que se viu anteriormente. ParaavarivelNmerodeelementosdoagregadofamiliar4,enointeriordo mdulo Tables, arrasta-se a varivel para a barra que indica Columns, como se exemplifica na janela seguinte. Pordefeito,paraumavarivelquantitativa,aparecesomenteamdiada varivel. Tal pode alterar-seno Summary Statistics, como se mostra abaixo. Ana Cristina Ferreira14 Escolheram-seasmedidasdesejadas(aindasepoderiamescolhermuitas outras medidas) e traduziu-se o label para portugus, como se mostra na janela abaixo. Pode ainda alterar-se o nmero de casas decimais pois, por defeito, no Fomat Auto as estatsticas so apresentadas com o nmero de casas decimais davarivel.ComoseestaexemplificarcomoNdeelementosdoagregado familiar, que s assume valores naturais, o Fomat Auto vir sem casas decimais. Ana Cristina Ferreira15 Mais uma vez, na opo Titles, se insere um ttulo, obtendo-se um quadro como o que se segue: Quadro 6 - Medidas descritivas referentes ao N deelementos do agregado familiar3.35 3.00 4 1.22Mdia Mediana Moda Desvio-padroN de elementos do agregado familiar Podeserpertinente,contudo,apresentaradistribuiodefrequnciasdeuma variveldestanatureza.Paratal,ter-se-detemporariamentesubstituira indicao dada quanto ao nvel de medida dessa varivel no prpriomdulo das Tables. Assim, e antes de seleccionar a varivel, basta carregar na orelha direita do rato e seleccionar a opo que aparece designada por Categorial5 (como se mostraabaixo).Depoisdeefectuadaestaoperaoavariveltratadacomo categoriale,comotal,possvelpediradistribuiodefrequncias,domodo feito anteriormente para a varivel Estado civil. 5 As variveis definidas como quantitativas tm associadas uma rgua e as outras um outro smbolo. Ana Cristina Ferreira16 Ser disponibilizado um quadro como o que se segue6: 6 O mdulo Tables omite os system missings, pelo que se se pretende que eles apaream (e que o total seja, portanto, o total da amostra ou populao) necessrio recodific-los, tranformando-os num valor superior ao mximo admitido pela varivel (um valor habitual o 99), de molde a que surjam no fim do quadro. Por outro lado, tinha-seumn de elementos do agregado familiar igual a 0, o que obviamenteum valormal introduzido; assim, passou-se este valor a missing, o qual estava previamente definido como 99.Ana Cristina Ferreira17 Quadro 7 - Distribuio dos inquiridos segundoo n de elementos do agregado familiar11 6.720 12.254 32.957 34.812 7.32 1.21 .61 .66 3.7164 100.0123456710NRTotalN%N de elementos doagregado familiar