Click here to load reader

DEFININDO AS REGRAS:

  • View
    22

  • Download
    3

Embed Size (px)

DESCRIPTION

DEFININDO AS REGRAS:. Um vocabulário para a interpretação. SIGNIFICADO. Aquele padrão que o autor desejou transmitir através de palavras O significado do texto: -depende do desejo específico do autor - determina a nossa compreensão -não pode ser mudado - PowerPoint PPT Presentation

Text of DEFININDO AS REGRAS:

  • DEFININDO AS REGRAS:Um vocabulrio para a interpretao

  • SIGNIFICADOAquele padro que o autor desejou transmitir atravs de palavrasO significado do texto:-depende do desejo especfico do autor-determina a nossa compreenso-no pode ser mudado-tem implicaes das quais ele no estava ciente

  • IMPLICAESAqueles significados dos quais o autor no estava cienteO padro de significaes: significados que se enquadram o significado pretendido - o que o texto queria dizerO intrprete tem que descobr-lasCOMO FAZER ISSO?

  • E no vos embriagueis com vinho, no qual h dissoluo, mas enchei-vos do Esprito f.5.18

  • SIGNIFICAOA maneira como um leitor responde ao significado de um textoO que o texto quer dizerO significado pertence ao autor; a significao, ao leitorTem muitas facetas e podem variar de pessoa a pessoaCorresponde resposta do intrprete e envolve a vontade.

  • A MATRIA DO ASSUNTOA rea de conhecimento relacionada ao tpico no texto - os assuntos de que um autor tratou no livroDifere da significao - trata de questes histricas, culturais, literrias, etc.

  • LUCAS 5.1-6Aconteceu que, ao apert-lo a multido para ouvir a palavra de Deus, estava ele junto ao lago de Genesar; 2 e viu dois barcos junto praia do lago; mas os pescadores, havendo desembarcado, lavavam as redes. 3 Entrando em um dos barcos, que era o de Simo, pediu-lhe que o afastasse um pouco da praia; e, assentando-se, ensinava do barco as multides. 4 Quando acabou de falar, disse a Simo: Faze-te ao largo, e lanai as vossas redes para pescar. 5 Respondeu-lhe Simo: Mestre, havendo trabalhado toda a noite, nada apanhamos, mas sob a tua palavra lanarei as redes. 6 Isto fazendo, apanharam grande quantidade de peixes; e rompiam-se-lhes as redes.

  • COMPREENSOO entendimento correto do significado do autor - um ato mentalExiste um significado e uma compreenso que a mesma do autorO crculo de compreenso - cada compreenso estar dentro do das implicaes do autor

  • CRCULO DE COMPREENSO

  • INTERPRETRAOA expresso verbal ou escrita da compreensoExiste uma multiplicidade de interpretaes (expresses) corretasA compreenso precede a interpretao que o fruto da compreenso

  • CCLO HERMENUTICO

  • ATOS MENTAISAs experincias que o autor viveu quando escreveu o texto possvel compreender o que escreveu sem considerar os seus atos mentaisO texto comunica o significado, no os seus atos mentais

  • NORMAS DE LINGUAGEMA extenso de significado permitidos pelas palavrasUma palavra pode ter uma variedade de significadosEstas normas permitem que frases tenham uma extenso de significados

  • QUAL DEFINIO CORRETA??

    Janela

  • O USO DA PALAVRA MUNDOO Verbo estava no mundo, o mundo foi feito por intermdio dele, mas o mundo no o conheceu. Jo.1.10Porquanto Deus enviou o seu Filho ao mundo, no para que julgasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele. Jo. 3.17E dizia-lhes: Vs sois de baixo, eu sou de cima; vs sois deste mundo, eu no sou deste mundo. Jo. 5.23

  • NORMAS DE EXPRESSOO significado especfico que o autor deu a uma palavra ou fraseO uso de uma palavra numa frase tem um s significado

  • SARX (sa,rx) = carnePASSAGENSRom. 1.3

    Rom. 3.20

    Rom. 6.19

    Rom. 9.3

    1Cor.1.29INTERPRETAES POSSVEISNatureza pecaminosa

    Descendncia humana

    Ser humano

    Raa, etnia

    Limitaes humanas

  • GNERO LITERRIOAs formas literrias que esto sendo usadas pelo autor e as regras que as governamAlgumas formas:NarrativasPoesiasProfeciasEpstolas

  • NARRATIVAEnto, ele lhe disse: D-me, peo-te, de beber um pouco de gua, porque tenho sede. Ela abriu um odre de leite, e deu-lhe de beber, e o cobriu. 20 E ele lhe disse mais: Pe-te porta da tenda; e h de ser que, se vier algum e te perguntar: H aqui algum?, responde: No. 21 Ento, Jael, mulher de Hber, tomou uma estaca da tenda, e lanou mo de um martelo, e foi-se mansamente a ele, e lhe cravou a estaca na fonte, de sorte que penetrou na terra, estando ele em profundo sono e mui exausto; e, assim, morreu. Juizes 4.19-21

  • POESIABendita seja sobre as mulheres Jael, mulher de Hber, o queneu; bendita seja sobre as mulheres que vivem em tendas. gua pediu ele, leite lhe deu ela; em taa de prncipes lhe ofereceu nata. 26 estaca estendeu a mo e, ao mao dos trabalhadores, a direita; e deu o golpe em Ssera, rachou-lhe a cabea, furou e traspassou-lhe as fontes. 27 Aos ps dela se encurvou, caiu e ficou estirado; a seus ps se encurvou e caiu; onde se encurvou, ali caiu morto. Juizes 5.24-27

  • CONTEXTOO contexto literrio - O significado que o autor deu aos materiais literrios encontrados em seu texto. Inclui o vem antes e depois do textoO contexto histrico A situao especfico que para o qual o escritor dirigiu suas palavrasA falta de considerar o contexto o erro mais comum da hermenutica

  • ALGUNS EXEMPLOS:Ef. 1.15; 4.25

    Rom. 8.1

    Fil. 4.13

    ***