GUIAS LINEARES

  • View
    87

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of GUIAS LINEARES

  • GUIAS LINEARESFaculdade de Tecnologia de SorocabaTecnologia de Dispositivos

  • Na indstria comenta-se que existem dois inimigos naturais: velocidade e preciso. Geralmente, quanto maior a velocidade menos preciso o equipamento. A busca pelo equilbrio dessas duas partes passa pelo ajuste de softwares, inversores e sensores, mas tambm pela escolha correta de componentes mecnicos. o caso da guia linear, pea que traz diversas pecurialidades na sua construo, formato, deslocamento e aplicao. Segundo o departamento tcnico da empresa THK, quando realizado um projeto onde so utilizadas guias lineares devem ser observadas variveis como: tipo de movimentao, direes e tipos de cargas e momentos, preciso de posicionamento, cursos envolvidos, linearidade de movimento, velocidade e acelerao, ciclo do processo, tipo de acionamento, posicionamento das guias, condies de vibrao, tipo de lubrificao, condio ambiental e temperatura de trabalho.

  • PROGRAMA DE AULAIntroduoGuias com contato deslizanteGuias sem contatoGuias com contato rolante

  • GUIAS COM CONTATO DESLIZANTEPlanasPrismticas ou VRabo de Andorinha ou Dovetail GuidesCilndricas ou Bar-Type

  • GUIAS COM CONTATO DESLIZANTEPrincipais CaractersticasPreciso de Trabalho Depende diretamente da fabricao da guiaDurabilidade a capacidade de manter a preciso ao longo do tempoRigidez - a deformao da mesma quando submetida a esforos

  • GUIAS COM CONTATO DESLIZANTEConstruoMaterial Ao fundido com superfcie endurecida por tmpera por induo ou chamaDureza - 40 a 52 HRCDesgaste Utilizar rgua de ajuste (bronze, ao ou ferro fundido de alta qualidade) para compensar desgastesLubrificao Utilizar ranhuras para lubrificao ou materiais lubrificantesAjuste Feito por retificao e rasqueteamento

  • GUIAS COM CONTATO DESLIZANTE Modelos

  • GUIAS COM CONTATO DESLIZANTEGuias PlanasPodem ser verticais ou horizontaisFceis de fabricarNecessitam dispositivos para ajuste de folgasTem tendncia de acumular cavacos e sujeirasPossuem boa reteno de lubrificantes

  • GUIAS COM CONTATO DESLIZANTEGuias em V ou PrismticasSo mais difceis de fabricar que as planasPodem ser auto ajustveisNo tem tendncia de acumular cavacos e sujeiras na verso V externoPossuem pouca capacidade de reteno de lubrificante nessa versoPodem ser fabricadas simetricamente ou assimetricamente, dependendo da ao das cargas

  • GUIAS COM CONTATO DESLIZANTEGuias tipo Rabo de AndorinhaSo distinguidas pelo pequeno espao que ocupam e pelo ajuste simples de folgas, com uma simples rguaUtilizadas em mquinas de medio, porta ferramentas, mquinas de preciso.

  • GUIAS COM CONTATO DESLIZANTEGuias CilndricasFabricao simples, porm de pouco uso em mquinas-ferramentaBaixa rigidez quando apoiada em suas extremidadesAjuste de folga requer dispositivos muito complexosUtilizadas em dispositivos manipuladores de cargas pequenas.

  • GUIAS COM CONTATO DESLIZANTEGuias CombinadasUsadas normalmente em mquinas-ferramenta, tem uma guia plana e outra prismtica.Utilizadas quando submetidas a momentos e foras em vrios sentidos

  • GUIAS COM CONTATO DESLIZANTEDispositivos para ajuste de folgas

  • GUIAS COM CONTATO DESLIZANTEDispositivos para ajuste de folgas- Montagem de parafusos pararegulagem deguias;- Inclinao das rguas 1:40 a 1:100.

  • GUIAS COM CONTATO DESLIZANTEDispositivos para ajuste de folgas

  • GUIAS SEM CONTATOGuias HidrostticasSo guias que atravs de um sistema de pressurizao de leo promovem um filete de leo entre as partes da guia eliminando o contato e conseqentemente o atrito entre as partes.A presso do leo funo da carga P, da rea da guia F e de um fator referente sada de leo na folga h.Para obter-se alta rigidez, necessrio fabrica-las com folgas h o menor possvel.Algumas guias tambm so fabricadas com outros fluidos, como o ar.

  • GUIAS SEM CONTATOGuias Hidrostticas

  • GUIAS SEM CONTATOGuias Hidrostticas

  • GUIAS DE CONTATO ROLANTEAs maiores vantagens em usar Guias de Contato Rolante esto no baixo atrito, independente da velocidade de trabalho; nos movimentos precisos e uniformes em baixas velocidades e na vida til maior que as guias deslizantes.As desvantagens esto no maior custo de implantao, que compensado pela vida til e nos maiores cuidados necessrios para a fabricao e montagem das guias.

  • HistricoIdealizada na dcada de 30, comeou a ser utilizada mais intensamente a partir dos anos 70 em substituio ao barramento convencional em mquinas CNC. A utilizao ganhou grande impulso no Japo, e atualmente amplamente utilizada na construo de novas mquinas, no retrofitting e na automao e robtica.

  • Requisitos das Guias LinearesAs guias devem satisfazer os seguintes requisitos:Dar alinhamento exato das partes guiadas em todas as posies e sob efeito das foras operacionais;Possibilitar compensao em caso de desgaste;Ser de fcil montagem e de fabricao econmica;Evitar travamentos;No deve permitir o acumulo de cavacos e detritos;Deve possibilitar uma lubrificao efetiva;

  • Respostas das Guias LinearesMaior preciso de posicionamento (6 m/m);Menor consumo de energia (at 90% de economia);Flexibilidade para mover altas cargas e em diversas direes (1500 kg com patins de rolos);Maior velocidade de avano (at 3 m/s);Facilidade de instalao;Baixo coeficiente de atrito (0,003 a 0,005);Maior vida til.

  • Resumo das VantagensMovimento suave e silencioso;Preciso de posicionamento;Alta rigidez;Baixo coeficiente de atrito;Montagem rpida e fcil;Longa vida til;Reduo dos motores;Reduo dos fusos de esferas;Capacidade de trabalhar em altas velocidades e aceleraes;Alta capacidade de carga;Estrutura modular;Pouca e fcil manuteno;Reformas geis;Custo final menor que barramentos convencionais.

  • AplicaoMquinas CNC;Equipamentos de Informtica;Robs e Manipuladores;Retrofitting;Automaes Industriais;Mquinas Txteis;Equipamentos de Medio;Equipamentos pticos.

  • Guia Linear de RoldanasAplicaes:Onde necessitam de altas velocidades e cargas mdias.Exemplos:Manipuladores, Dispositivos Automticos de Alimentao, Dispositivos de Solda, Mquinas de Injeo de Plsticos, Lavadoras Automticas de Carros, Guias de Portas, Aparelhos de Medio e Fotografia.

  • Exemplo

  • Buchas LinearesAplicaes:A carga permissvel pequena, porm pode se obter movimento de rolamento com resistencia mnima de atrito, ou seja, movimento suave e uniforme.Exemplos:Perifricos para computadores (impressoras, plotters), Equipamentos de Medio, Prensas de Estampar.

  • Exemplo

  • Eixo Estriado com Esferas RecirculantesAplicaes:Este sistema oferece grande desempenho em situaes de grande carga e ao de vibraes e impacto, alm de preciso de posicionamento e altas velocidades.Exemplos:Colunas e Braos de Robs Industriais, Equipamentos Automticos de Transporte, Eixos-guia de Mquinas de Pintura, Cabeote de Mquinas de Eletroeroso, Engrenagens de Mudana de Marcha.

  • Exemplo

  • Guia de Roletes RecirculantesMesmo com aplicao de carga elevada o movimento suave e leve. O coeficiente de atrito gira em torno de 0,005 a 0,010 pois o movimento de rolamento e no h deslizamento ou travamento. A dureza superficial dever ser de ~ 58HRC, com profundidade de 2 mm e timo acabamento de superfcie.Aplicaes:Mquinas que exigem grande preciso de posicionamento, repetibilidade e rigidez.

  • Guia de roletes recirculantesExemplo

  • Guia de Roletes Transversais e Guia de EsferasAs guias de Roletes Transversais e de Esferas so sistemas de movimento linear limitado, de alta preciso, desenho compacto, com baixo atrito.Devido a sua construo um produto de longa vida til e resistente aos impactos. A aplicao da pr-carga fcil e rpida e com isso consegue-se uma movimentao linear de alta rigidez, suave e com folga zero.Exemplos:Perifricos de Computadores, Tornos Automticos, Eletroeroso.

  • Exemplo

  • Guia de Roletes Transversais RecirculantesEste sistema bastante resistente a deformao elstica do corpo de rolamento (bloco) quando submetido a altas cargas, cargas flutuantes, vibraes e impactos, as cargas podem ser superiores, inferiores, laterais ou momentos em qualquer direo.As classes de preciso esto relacionadas com a pr-carga utilizada, quanto maior for a preciso maior a pr-carga e menor a vida til.

  • Guia de Esferas Recirculantes o sistema mais desenvolvido e mais utilizado. Suporta cargas verticais, ascendentes, descendentes, cargas horizontais, da direita ou da esquerda. Seu nvel de rudo baixssimo. Os blocos possuem alta rigidez e baixa altura em conjunto com o trilho, permitindo montagens muito compactas.Vida til longa, devido ao baixo desgaste, movimentos suaves, regulares e precisos e montagem simples so outras vantagens dessas guias.Comprimentos de trilhos podem ir at 3 metros (padronizados) ou at 14 metros sob encomenda, so oferecidos com capacidade de operar em velocidade linear acima de 200 m/min e aceleraes acima de 70 m/s2.Exemplos: Eles so utilizados em aplicaes com avanos ilimitados, cargas elevadas e rigidez numa escala alta at muito alta. amplamente utilizada em Mquinas Operatrizes, Eletroeroso, Mesas de Medio entre outras inmeras aplicaes.

  • Exemplos

  • Funcionamentovelocidades at 300 m/min e temperaturas de 10 C at +100

  • Exemplos Gerais

  • Outros TpicosPr-carga e folga radial;Lubrificao;Consumo de energia;Aplicao em retrofitting;Perspectivas e tendncias;Montagem.