7 diagnostico-objectivos-estrategias de intervencao

  • View
    432

  • Download
    0

Embed Size (px)

DESCRIPTION

SINTESE

Text of 7 diagnostico-objectivos-estrategias de intervencao

  • 1. 7 PLANEAMENTO E GESTO DE PROJECTOSHNA Coimbra,Maio de 2009

2. O DIAGNSTICOO DIAGNSTICO TEM UM CARCTER SISTMICO-INTERPRETATIVO E PROSPECTIVOCompreenso do carcter sistmico da realidade, envolvendo uma relao de causalidade linearInterpretao do contexto social , econmico e cultural onde se insere o problema, potencialidades e mecanismos de mudanaConhecimento global e integrado das dinmicas sociais locais 3. Constitui um instrumento de participao e de conscientizao dosactores interveninetesFaz parte do Processo de Interveno, na medida em que uminstrumento de interaco e de comunicao entre os actoresImplica a mobilizao de um conjunto amplo de saber por parte doinvestigador: conhecimentos processuais, tecnicos, cientficos,competncias de dilogo, gesto de conflitosAssociados metodologia de Investigao-Aco e de DinamizaoComunitriaArticulao entre metodologias quantitativas e qualitativas 4. OBJECTIVOS DOCUMENTAR O CONTEXTO DETERMINAR A GRANDEZA E IMPORTANCIA DOS PROBLEMAS E POTENCIAIS FACTORES CAUSAIS IDENTIFICAR AS QUESTES-CHAVE SUBJACENTES INTERVENO 5. CONTEDOS TERICOS QUADRO TERICO REFERENCIAL E HIPTESES DE TRABALHO CARACTERIZAO DETALHADA DO PROBLEMA (QUANTITATIVA E QUALITATIVA): Evoluo, Actores intervenientes, Expectativas face resoluo, experincias concretas, recursos potenciadores e limitaes da aco ESTABELECIMENTO DE PRIORIDADES 6. QUESTIONAMENTOQue Problema(s), suas manifestaes egrupos-alvo?Que informao foi recolhida e como atrabalhar?Que explicaes existem para oproblema? (Anlise causal)Que necessidades, que causalidades?Como analisar, articular e interpretar asinformaes? 7. DEFINI DEFINIO DE PRIORIDADESPressuposto:Necessidade de hierarquizar as prioridades para a interveno, tendo porbase :A Dimenso e a Natureza do ProblemaO Carcter Reprodutivo (pressupe uma relao de causa-efeito entreas variveis explicativas)Responsvel:Grupo que promove o planeamento, mas sempre que possvel de forma participada. 8. Dimenses: Horizonte temporal Nivel a que se vai desenvolver o plano (regional, local) Recursos disponveis Comparao entre as diferentes estratgias possveis (Modos de Agir) 9. DIAGNO DIAGNSTICO 10. Critrios de Seleco:Pontuao dos critrios em funo da importncia do problemapara a intervenoA questo da subjectividade na apresentao e anlise dasquestesCritrios:o Dimenso (Populao atingida);o Transcendncia (Gravidade) eo Vulnerabilidade (Relao Resultados Tempo Custos) 11. Objectivos: Estabelecer prioridades de interveno, Estabelecer estratgias para satisfazer necessidades (critrios e solues alternativas), Preparar relatrios e documentos difusores do diagnstico 12. Exemplo:Numa dada comunidade foram diagnosticados 3 factores causais daviolncia escolar:Familiares: Falta de relao com a escola, dfices de comunicao,desinvestimento dos pais na educao dos filhosMeio Social: falta de apoios e estmulos ocupao de tempos livres,Intervenes pblicas parcelares, falta de articulaointerinstitucional; falta de profissionais com perfil adequado aodiagnstico e intervenoIndividuais: Falta de normas, Dfice de valores, revolta, consumo de drogas e de lcool, 13. DEFINIO DE OBJECTIVOSFINALIDADESOBJECTIVOSOBJECTIVOS GERAISESPECIFICOSRazo de serGrandes orientaes /Resultados a atingir eContribuio para a explicitao dasque detalham ostransformao dosintenes (coernciaobjectivos geraisproblemascom as finalidades) (clareza, preciso, Grandes linhas dequantificao(?), Trabalhosusceptveis de avaliao)Exemplo: Exemplo:Exemplo:Desenvolver aDotar a Comunidade de Criar X postos decapacidade local deInstrumentos de GestoTrabalhoCentros de Emprego e Anlise dos Problemas Desenvolver aces de de Desenvolvimentoformao 14. OS OBJECTIVOS DEVEM DECORRERDAS PROBLEMTICASIDENTIFICADAS NO DIAGNSTICOSER REALISTAS, ANCORADOS EMRECURSOS IDENTIFICADOS OUPOTENCIAIS 15. ESTRATESTRATGIAS DE INTERVENO INTERVENQUESTES DE PARTIDA:COMO ATINGIR OS OBJECTIVOS?QUAL A FORMA MAIS RENTVEL, MOBILIZADORA E INOVADORAPARA CONCRETIZAR OS OBJECTIVOS?ESTRATGIASGRANDES ORIENTAES METODOLGICAS DE INTERVENO DOPROJECTO EM TERMOS DE RELAO ENTRE RECURSOS EOBJECTIVOSGRANDES OPES QUE O PROJECTO FAZ, FACE S POSSVEISLINHAS DE ORIENTAO 16. ASPECTOS A CONSIDERAR NA DEFINIO DE ESTRATGIASModificaes necessriasEstratgias potenciaisEstratgias mais realizveisDescrio das estratgias escolhidasCustos das estratgiasAvaliao da adequao de recursos futurosReviso das Estratgias e dos Objectivos 17. ACPLANO DE ACO O QUE SE PRETENDE FAZER?PORQU?O QU?ONDE?QUANDO?COMO?COM QUEM?COM QUE RECURSOS?DURANTE QUANTO TEMPO? 18. CARACTERIZA-CARACTERIZA-SE POR SER EXPLORAO DE POSSIBILIDADES INVENTRIO DE MEIOS DE ACO DEFINIO DE PRIORIDADES E SEQUNCIA DE ACO ESCOLHA DE MTODOS E MEIOS RESPONSABILIDADES DE CADA ACTOR NO EXISTEM SOLUES-TIPO INTEGRA SOLUES INOVADORAS O DIAGNSTICO FLEXVEL E EVOLUTIVO CONDIES NEM SEMPRE FCEIS DE OBTER, MAS NECESSRIAS: MOBILIZAO E CONSENSO 19. ACPLANO DE ACOPROGRAMAACTIVIDADESTAREFASRESPONSVEISRECURSOSCALENDARIZAO