METODOLOGIA PARA IDENTIFICAÇÃO DE PONTOS ?· O conhecimento dos pontos críticos do sistema de drenagem…

Embed Size (px)

Text of METODOLOGIA PARA IDENTIFICAÇÃO DE PONTOS ?· O conhecimento dos pontos críticos do sistema de...

  • METODOLOGIA PARA IDENTIFICAO DE PONTOS CRTICOS DE DREANAGEM.

    ARNALDO PINHEIRO SILVA

  • Tornar-se um instrumento auxiliar dagesto das guas urbanas, focado nasguas pluviais, aplicvel na fase dediagnstico para elaborao de planosou nas aes de preveno queantecedem o perodo chuvoso.

    OBJETIVO

  • O conhecimento dos pontos crticos dosistema de drenagem permite planejare priorizar as aes para a reduo oueliminao dos efeitos.

  • Alguns pontos, considerados crticos, esto a desafiar o tempo

    e administraes municipais.

    Os pontos de ocorrncia de acmulo de escoamento soapontados com freqncia nos perodos de chuva

    No tm sido listados sistematicamente os pontos de acmulodo escoamento na bacia

    Pontos crticos do sistema de drenagem passam a constarbasicamente na memria dos que so atingidos e pelosresponsveis na poca dos acontecimentos.

    Tempo de resposta demorado, provoca o descrdito eesquecimento.

    PROBLEMA

  • No existem estudos para identificar e caracterizar os pontos

    crticos de drenagem urbana, principalmente na bacia

    PROBLEMA

  • Recursos para investimentos, operao e manuteno dosistema de drenagem urbana (tarifas)

    A drenagem, em geral, s lembrada quando afeta a vida daspessoas

    Perodo de chuvas dura poucos meses, projetos so iniciados eacabam esquecidos e s retomados no ano seguinte

    DIFICULDADES

  • A metodologia dividida em 3 (trs) fases principais:

    A primeira fase busca o conhecimento e anlise dadocumentao existente em poder das entidades responsveispela drenagem urbana da cidade.

    A segunda fase consiste na identificao dos pontos.

    A terceira fase visa analisar os pontos identificados,classific-losquanto s causas e, finalmente, concluir e recomendar.

    METODOLOGIA

  • Primeira Fase Conhecimento e Anlise dos DocumentosExistentes

    1 Etapa - Coleta e levantamento documental nas entidadesresponsveis pela drenagem urbana (mapas, legislao, plano

    diretor, etc)

    2 Etapa - Anlise da documentao existente

    3 Etapa - Delimitao da rea

    METODOLOGIA

  • Segunda Fase Identificao dos Pontos Crticos

    1 Etapa - Processos de Identificao de Pontos crticos por meio

    de Consulta a Documentos e Entidades (Atendimento de solicitao deservios, Controle de trfego de veculos, Meios de comunicao,Limpeza Urbana)

    2 Etapa Processos de Identificao de Pontos Crticos em Campo

    (Consulta a pessoas, Colaboradores, indicadores, Registro comimagens).

    3 Etapa Identificao ou Confirmao do Sistema de DrenagemExistente em Campo

    4 Etapa Compatibilizao das informaes

    5 Etapa Clculos

    METODOLOGIA

  • Terceira Fase Anlise, Classificao e Concluso

    1 Etapa - Anlise .

    2 Etapa - Classificao.

    3 Etapa - Concluso.

    METODOLOGIA

  • APLICAO

    BACIA DO RIACHO PAJE

    METODOLOGIA

  • Primeira Fase Conhecimento e Anlise dos Documentos Existentes

    1 Etapa - Coleta de dados nas entidades responsveis peladrenagem urbana

    SER II, SEINF da PMF Mapa da cidade em meio magntico, (1995), uma cpia do

    Mapa da cidade de Fortaleza de 1978, Mapa da DrenagemUrbana de 1978 e o Plano Diretor de Drenagem Urbana de1978.

  • Primeira Fase Conhecimento e Anlise dos Documentos Existentes

    1 Etapa - Coleta de dados nas entidades responsveis peladrenagem urbana

    Topografia da rea - No mapa da cidade em meio magntico(1995)

    Dados Geolgicos - PDD / RMF, 1978 Sedimentos do Grupo Barreiras litologicamente muito

    heterogneos, sedimentos predominantemente areno-argilosos,considervel variao horizontal e vertical de fcies, de coresvariadas com maior incidncia do vermelho e granulao fina emdia.

    Quanto natureza do solo, segundo o mapa exploratrio doEstado do Cear, a maior parte da Regio Metropolitana deFortaleza constituda por associao de solos com horizonteB textural, solos arenosos podzolizados, solos hidromrficos.

  • Primeira Fase Conhecimento e Anlise dos Documentos Existentes

    1 Etapa - Coleta de dados nas entidades responsveis peladrenagem urbana

    . Dados Hidrolgicos - Equao das chuvas intensas para a

    RMF, conforme PDD / RMF (1978), e dados de precipitao doposto da FUNCEME, Fortaleza, do perodo de 1974 a 2004.

    Cobertura Vegetal - A cobertura vegetal, nesta regio jbastante urbanizada, possui concentrao de vegetao degrande porte, basicamente nos canteiros centrais das avenidas,nas praas e parques.

  • Primeira Fase Conhecimento e Anlise dos Documentos Existentes

    1 Etapa - Coleta de dados nas entidades responsveis peladrenagem urbana

    Ocupao Urbana - A bacia abrange parte da rea central dacidade, onde h uma concentrao de edificaes. s avenidasDuque de Caxias, Herclito Graa e Jlio Ventura sedesenvolvem atividades comerciais com adensamento medianoe com menor quantidade de edificaes verticais. Nas demaisreas, predominam zonas residenciais j adensadas, mas comedificaes verticais concentradas em poucos pontos.

    Sistema Virio - O Sistema virio da bacia do Paje esttotalmente concludo e pavimentado. (~ 25 km).

    cobertura asfltica / pavimentao em paraleleppedo

  • Primeira Fase Conhecimento e Anlise dos Documentos Existentes

    2 Etapa - Anlise da documentao existente O PPD / RMF traz informaes sobre a denominao (A-3, bacia de

    vertente martima), a descrio dos limites, o diagnstico sobre asituao, recomendaes para amenizar os problemas e a descriode trechos do sistema de drenagem existente.

    O PPD / RMF apresenta dados importantes com relao hidrologia,geologia, cobertura vegetal, ocupao urbana e relaciona, inclusive,pontos crticos existentes na poca, sem maiores detalhes.

    Delimitao da rea A rea da bacia em relao rea do municpio de Fortaleza

    apresentada no mapa Bacia do Riacho Paje - Localizao

  • Primeira Fase Conhecimento e Anlise dos Documentos Existentes

    3 Etapa - Delimitao da rea A rea da bacia em relao rea do municpio de Fortaleza

    apresentada no mapa Bacia do Riacho Paje - Localizao

  • Segunda Fase Identificao dos Pontos Crticos

    1 Etapa Processos de Identificao de Pontos por meio deConsulta a Documentos e Entidades

    Consulta a documentos Pontos crticos apontados no PDU / RMF (previso de

    drenagem no mapa de 1978)

  • Segunda Fase Identificao dos Pontos Crticos

    1 Etapa Processos de Identificao de Pontos por meio deConsulta a Documentos e Entidades

    Atendimento de solicitao de servios Al Fortaleza Poucas solicitaes de problemas de escoamento.

  • Segunda Fase Identificao dos Pontos Crticos

    1 Etapa Processos de Identificao de Pontos por meio deConsulta a Documentos e Entidades

    Controle de Trfego em rea de Fortaleza CTAFOR, cmaras de longo alcance e visualizao em tempo real. mantm informaes a respeito permitem no s a identificao dos pontos crticos como o

    comportamento do escoamento das guas.

  • Segunda Fase Identificao dos Pontos Crticos

    1 Etapa Processos de Identificao de Pontos por meio deConsulta a Documentos e Entidades

    Meios de comunicao Pouco eficiente com relao ao riacho Paje. Pontos crticos da drenagem foram relacionados pelos jornais

    em outras reas da cidade.

    Limpeza Urbana A Empresa Municipal de Limpeza Urbana, EMLURB Pontos de lixo visitados em campo.

  • Pontos de Lixo

  • Segunda Fase Identificao dos Pontos Crticos

    2 Etapa Processos de Identificao de Pontos Crticos emCampo

    Consulta a pessoas Consulta a pessoas que moram na regio e a comerciantes que

    possuem pontos fixos na regio em duas ocasies diferentes. Alguns pontos no foram reconhecidos pelas pessoas da

    regio, apesar da indicao topogrfica.

  • Segunda Fase Identificao dos Pontos Crticos

    2 Etapa Processos de Identificao de Pontos Crticos emCampo

    Inspeo Visual 10 pontos foram inspecionados visualmente durante eventos,

    alguns durante e outros aps a precipitao. Indicadores Caso da rua Carlos Vasconcelos com Joo Carvalho. Caso av. Santos Dummont com Rodrigues Junior. Caso da rua Senador Pompeu com a av. Duque de Caxias.

  • Segunda Fase Identificao dos Pontos Crticos

    2 Etapa Processos de Identificao de Pontos Crticos emCampo

    Colaboradores Pessoas voluntrias que foram listadas com os respectivos

    telefones e se dispuseram a prestar informaes quandosolicitadas.

    Registro de imagens Cmara fotogrfica digital Imagens cedidas pelo CTAFOR.

  • Segunda Fase Identificao dos Pontos Crticos

    3 Etapa Identificao ou Confirmao do Sistema deDrenagem Existente em Campo.

    Baseada na documentao existente Indicao de drenagem (bocas-de-lobo, tampas, deformaes) Confirmando e cadastrando Condies de funcionamento. Dificuldade de visualizao.

    Escoamento nas bocas-de-lobo em perodo seco e odores.

  • Segunda Fase Identificao dos Pontos Crticos

    4 Etapa Compatibilizao das informaes

    Mapa bsico (AutoCad) Superposio das informaes. Lista prvia constando de 25 pontos

    5 Etapa Clculos Delimitao da rea de contribuio de cada ponto crtico delimitao da rea de contribuio de cada quarteiro para delimitar o

    contorno da rea de cada ponto. Traado o trajeto mais longo do escoamento Cotas mximas e mnimas dentro da rea de contribuio. Vazo afluente, Capacidade de escoamento da infraestrutura

  • Segunda Fase Identificao dos Pontos Crticos

    1 Etapa - Anlise .

    2 Etapa - Classificao.

    3 Etapa - Concluso.

  • Anlise dos Resultados Classificao dos Pontos Crticos

    0%

    10%

    20%

    30%

    40%

    50%

    60%

    70%

    80%

    79%

    33%

    46%

    21%

    Categorias de problemas