RETIRO DE LÍDERES

  • View
    78

  • Download
    1

Embed Size (px)

Text of RETIRO DE LÍDERES

RETIRO DE LDERES ( Palestras )NDICE ANDANDO COM JESUS A MALDIO SOBRE OS CRTICOS AUTO-AVALIAO DA SADE EMOCIONAL A RESTAURAO DOS MUROS DONS PESSOAIS O Perfil do Lder (oficinas) Sexta 1- Sbado de manh 2- Sbado de manh 3- Sbado de manh 4 - Sbado de manh Sbado tarde

I - O TIPO DE LIDERANA NECESSRIA PARA A IGREJA II QUALIFICAES DO LDER III QUATRO QUALIDADES DE CARTER DE UM LDER IV - MATURIDADE ESPIRITUAL V - O SUCESSO DO GRUPO VI RESOLVENDO PROBLEMAS DE CRESCIMENTO DO GRUPO VII OITO EMOES MINISTERIAIS PARA SE EVITAR VIII CHAVES PARA EFETIVAMENTE LIDERAR UM GRUPO IX HABILIDADES QUE O LDER DEVER TER PARA ALCANAR OS OBJETIVOS DO GRUPO X RESPONSABILIDADE XI LIDANDO COM PROBLEMAS Dome Sua Lngua! OS DEZ "NUNCA" DO LDER Doze Conselhos Importantes Para Lderes A VISO DO DISCIPULADO 1-Sbado noite (Ungir a lngua) 2-Sbado noite 1-Domingo 2-domingo

PROGRAMAO DO RETIRO DE LIDERANA SEXTA 20:00 HRS 21:15 S 21:45 21:45 S 22:00 22:00 S 23:30 SABADO TEMA Sada da Igreja Chegada ao local e jantar Abertura ANDANDO COM JESUS TEMA PRELETOR

PRELETOR

DOMINGO

TEMA

PRELETOR

ANDANDO COM JESUS TEXTO: Joo 6 : 66-69 66 Por causa disso muitos dos seus discpulos voltaram para trs e no andaram mais com ele. 67 Perguntou ento Jesus aos doze: Quereis vs tambm retirar-vos? 68 Respondeu-lhe Simo Pedro: Senhor, para quem iremos ns? Tu tens as palavras da vida eterna. 69 E ns j temos crido e bem sabemos que tu s o Santo de Deus. INTRODUO: VOC EST ANDANDO COM JESUS? 1- A ESTREBARIA Foi ali que Deus comeou o exemplo da obedincia, pois Jos e Maria no escolheram que Jesus nascesse em Belm, muito menos na estrebaria. A questo toda consiste na palavra obedincia Ser que os grupos de crianas, juniores, juvens, jovens, vares, senhoras, E.B.Q.diaconos, louvor, trazem a marca da direo divina? Ser que Deus tem dirigido o trabalho, ou fazemos tudo por conta prpria esperando que depois Ele abenoe. O problema torna-se mais difcil na rea de assistncia social, pois h muitas pessoas carentes. s quais devemos ajudar? Como podemos realmente ser teis? Que espcie de ajuda seria mais eficaz? Deus permitiu que o filho prdigo ficasse numa situao desesperadora para que casse em si e retornasse casa paterna. Se algum lhe tivesse fornecido comida talvez ele ficasse vivendo para sempre entre os porcos. 2- A CARPINTARIA Jesus cresceu trabalhando na carpintaria com Jos, durante trinta anos ele permaneceu ali, vivendo uma vida comum, nada de especial. O nosso servio cristo precisa ter a marca da carpintaria, um crescimento estvel, nas vrias situaes da vida cotidiana. Aprender a ser fiel na rotina de participao de: Escola bblica, grupo missionrio, encontros, viglias, reunies. 3- O JORDO s margens do rio Jordo, o Esprito Santo veio sobre Jesus, Ele foi ungido com poder para exercer seu ministrio. A palavra fundamental aqui uno. Ser que os cristos em geral tem a uno para o ministrio que esto realizando ou pretendem realizar? H muitos hoje que esto desempenhando um trabalho que lhes foi designado por homens, pela tradio ou por si prprios. Ser que nesse caso, estas pessoas deveriam deixar que outras tomassem o seu lugar? Isso seria fazer de novo todas as coisas e o plano de Deus fazer novas todas as coisas.

4- O DESERTO Logo aps haver recebido a uno de poder, Jesus foi levado pelo esprito ao deserto, para ser tentado pelo diabo, uma batalha necessria. Satans foi derrotado por Jesus e pode ser derrotado por ns. preciso ter a palavra e a uno. 5- A SINAGOGA. Os Evangelhos revelam que Jesus costumava ir Sinagoga. A palavra sinagoga quer dizer um lugar de reunio. Congreguemo-nos a mensagem central. Quando um crente, ou grupo de crentes experimentavam a operao de Deus em sua vida, eles tm o dever de estar com seus irmos nas reunies normais da igreja e nas oportunidades de trabalho em conjunto. A obra do Senhor abrange toda a Igreja. Os cristos que experimentam um despertamento na vida espiritual, s vezes demonstram para com a Igreja duas atitudes negativas que prejudicam o trabalho de Deus. Uma delas o isolamento. Permaneam na mesma igreja. se forem expulsos pela porta principal, entrem pela dos fundos, dem a volta e tornem a entrar pela porta da frente. Na sinagoga de Nazar o povo tentou lanar Jesus de cima do pinculo. No sbado seguinte Ele estava l novamente, para o culto. Ele no se isolava. No fujamos das situaes difceis e desagradveis que tivermos que enfrentar na nossa congregao. 6- A CRUZ preciso distinguir nesse movimento restaurador o sinal da cruz. Ser que aquele crente ou aquele grupo sabe o que significa morrer para o eu? Eles j crucificaram os prprios interesses, a ambio, o orgulho e o ego? O ponto central o problema do ego. A cruz o remdio para o egocentrismo do homem e para a sua obstinada teimosia em seguir seus prprios caminhos, fazer sua vontade e dirigir a prpria vida. No devemos nos surpreender se ele nos fizer passar por circunstancias que destruam as idias, os planos e os hbitos de vida que procedem da nossa vontade e alimentam o nosso ego. 7- O TUMULO VAZIO. Jesus ressuscitou de entre os mortos. Deus ergueu do tmulo uma nova vida que possua vida em si mesmo. ... o Pai... concedeu ao filho ter vida em si mesmo.(Jo 5:26) Assim como no encontraram Jesus no tmulo, quando procurarem na nossa velha vida vo encontrar o lugar vazio, no estamos mais l.

A MALDIO SOBRE OS CRTICOS Pra. Ftima Silveira (Adaptao Pr. Osmar Vieira) Todos os que criticam, zombam e escarnecem do louvor, da orao e da pregao do evangelho podero atrair sobre si violentas maldies. MICAL CRITICA O LOUVOR DE DAVI. Davi danava com todas as suas foras diante do Senhor.. E Mical, filha de Saul, olhando pela janela e vendo o rei que ia saltando e danando diante do Senhor, o desprezou no seu corao, chamando-o de um vadio qualquer. Por causa disso, ela atraiu sobre si a maldio da esterilidade. 14 E Davi danava com todas as suas foras diante do Senhor; e estava Davi cingido dum fode de linho. 15 Assim Davi e toda a casa de Israel subiam, trazendo a arca do Senhor com jbilo e ao som de trombetas. 16 Quando entrava a arca do Senhor na cidade de Davi, Mical, filha de Saul, estava olhando pela janela; e, vendo ao rei Davi saltando e danando diante do senhor, o desprezou no seu corao. 20 Ento Davi voltou para abenoar a sua casa; e Mical, filha de Saul, saiu a encontrar-se com Davi, e disse: Quo honrado foi o rei de Israel, descobrindo-se hoje aos olhos das servas de seus servos, como sem pejo se descobre um indivduo qualquer. (vagabundo) 21 Disse, porm, Davi a Mical: Perante o Senhor, que me escolheu a mim de preferncia a teu pai e a toda a sua casa, estabelecendo-me por chefe sobre o povo do Senhor, sobre Israel, sim, foi perante Senhor que dancei; e perante ele ainda hei de danar 22 Tambm ainda mais do que isso me envilecerei, e me humilharei aos meus olhos; mas das servas, de quem falaste, delas serei honrado. 23 E Mical, filha de Saul no teve filhos, at o dia de sua morte. (II Samuel 6:14-23) EL CRITICA A ORAO DE ANA Eli repreende Ana na hora da orao, chamando-a de bbada, criticando uma serva de Deus que orava... Mais tarde, Eli cai de uma cadeira, quebra o pescoo e morre. Porquanto Ana falava no seu corao; s se moviam os seus lbios, e no se ouvia a sua voz; pelo que Eli a teve por embriagada. I Samuel 1:12 Quando ele fez meno da arca de Deus, Eli caiu da cadeira para trs, junto porta, e quebrou-se-lhe o pescoo, e morreu, porquanto era homem velho e pesado. I Samuel 4:18 JUDAS CRITICA A ADORAO DE MARIA. Quando Maria tomou um jarro de blsamo de nardo puro, que valia 300 denrios, e o derramou sobre a cabea de Jesus, Judas Iscariotes criticou-a dizendo isto um desperdcio. Mas tarde Judas morre enforcado. 3 Ento Maria, tomando uma libra de blsamo de nardo puro, de grande preo, ungiu os ps de Jesus, e os enxugou com os seus cabelos; e encheu-se a casa do cheiro do blsamo. 4 Mas Judas Iscariotes, um dos seus discpulos, aquele que o havia de trair disse: 5 Por que no se vendeu este blsamo por trezentos denrios e no se deu aos pobres? 6 Ora, ele disse isto, no porque tivesse cuidado dos pobres, mas porque era ladro e, tendo a bolsa, subtraa o que nela se lanava. Joo 12:3-6 O JOVEM EUTICO DESPREZA A PREGAO DO EVANGELHO

O jovem utico estava sentado em cima de uma janela ouvindo o apstolo Paulo pregar, a sua indiferena era to grande que dormiu na hora da pregao, caiu da janela e morreu. 9 E certo jovem, por nome utico, que estava sentado na janela, tomado de um sono profundo enquanto Paulo prolongava ainda mais o seu sermo, vencido pelo sono caiu do terceiro andar abaixo, e foi levantado morto. Atos 20:9 1- O Louvor, a Orao, a Adorao e a pregao da palavra de Deus so sagrados. Por isso devem ser respeitados; 2- Nunca fique nos Cultos da igreja na posio de observador, porque os que observam sempre criticam; 3- Quando voc vir algum louvando, orando, adorando ou pregando o evangelho respeite, no critique, caso contrrio, voc poder atrair sobre si maldies. A BNO SOBRE QUEM CONSOLA 7 Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcanaro misericrdia. 8 Bemaventurados os limpos de corao, porque eles vero a Deus. 9 Bem-aventurados os pacificadores, porque eles sero chamados filhos de Deus. Mateus 5:7-9 O EXEMPLO DE JOS 21 Agora, pois, no temais; eu vos sustentarei, a vs e a vossos filhinhos. Assim ele os consolou, e lhes falou ao corao. Gnesis 50:21 MALDIO PROIBIDA 20 Nem ainda no teu pensamento amaldies o rei; nem tampouco na tua recamara amaldioes o rico; porque as aves dos cus levaro a voz, e uma criatura alada dar notcia da palavra. Eclesiastes 10 :20 28 bendizei aos que vos maldizem, e orai pelos que vos caluniam. 29 Ao que te ferir numa face, oferece-lhe tambm a outra; e ao que te houver tirado a capa, no lhe negues tambm a tnica. 30 D a todo o que te pedir; e ao que tomar o que teu, no lhe reclames. 31 Assim como quereis que os homens vos faam, do mesmo modo lhes fazei vs tambm. Lucas 6:2831 14 abenoai aos que vos perseguem; aben