Revitaliza§£o de rios e recupera§£o de reas degradadas .Recuperar os rios, ou recuperar as

  • View
    214

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Revitaliza§£o de rios e recupera§£o de reas degradadas .Recuperar os rios, ou...

  • 05/06/2018

    1

    REVITALIZAO DE RIOS E RECUPERAO DE REAS DEGRADADAS

    Prof. Me. rico Pagotto

    Objetivos da disciplina

    compreender os princpios e

    tcnicas de bioengenharia e da engenharia naturalstica;

    aplicar as principais tcnicas de recuperao de reas

    degradadas, revitalizao e renaturalizao de rios.

    Ementa da disciplina

    Atividades degradadoras dos recursos naturais.

    Bioengenharia e Engenharia naturalstica: definies e aplicaes.

    Projetos de Recuperao de reas Degradadas: objetivos, diagnstico, matrias e mtodos, monitoramento.

    PRAD.

    Revitalizao e renaturalizao de rios.

  • 05/06/2018

    2

    Critrios de avaliao

    1. Bimestre: Seminrios discentes [individuais] (70%) + Participao (30%)

    2. Bimestre: Elaborao de projeto [em duplas ou trios](60%) + Apresentao (20%) + Participao (20%)

    OBS: a participao dos alunos compreende frequncia s aulas, s atividades extra-classe e realizao das leituras indicadas

    Bibliografia disponvel na biblioteca

    ARAJO, G. H. S.; ALMEIDA, J. R.; GUERRA, A. J. T. Gesto Ambiental de reas Degradadas. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2007.

    GORSKI, M. C. B. Rios e cidades: ruptura e reconciliao. So Paulo: SENAC, 2010.

    CALIJURI, M. C.; CUNHA, D. G. F. Engenharia Ambiental: Conceitos, Tecnologia e Gesto. So Paulo: Elsevier-Campus, 2012. 832 p.

    Bibliografia disponvel online

    COUTO, Larcio. Tcnicas de bioengenharia para revegetao de

    taludes no Brasil. Viosa, MG: CBCN- Centro Brasileiro para

    Conservao da Natureza, 2010. [digital]

    CORREA, Rodrigo S. Recuperao de reas degradadas pela

    minerao no Cerrado - Manual para revegetao. 2007. [digital]

    DURLO, Miguel Anto; SUTILI, Fabrcio Jaques. Bioengenharia: Manejo

    Biotcnico de Cursos de gua. Santa Maria: Edio do Autor, 2012.

    [digital]

  • 05/06/2018

    3

    Webgrafia de Centros de Restaurao de Rios

    Inglaterra: http://www.therrc.co.uk/

    Europa: http://www.ecrr.org/

    EUA: https://www.americanrivers.org/conservation-

    resources/river-restoration/

    Austrlia: https://arrc.com.au/

    Segurana hdrica

    Conceito de Segurana hdrica segundo Declarao Ministerial do 2o Frum Mundial da gua, 2001:

    Acesso fsico e econmico gua em quantidade e qualidade suficiente para atender a:

    demandas humanas (higiene, sade e alimentao),

    econmicas (acesso gua para as atividades econmicas locais), e

    ecolgicas e da biodiversidade (proteo aos ecossistemas).

    possvel a revitalizao das bacias hidrogrficas brasileiras?

    Porque este rios so degradados?

    Quais as fontes da poluio?

    Recuperar os rios, ou recuperar as bacias

    hidrogrficas?

    Temos muita ou pouca gua?

    O que queremos para esse rio? O que

    podemos querer para esse rio?

    Como estabelecer estratgias de

    melhoria?

    http://www.therrc.co.uk/

  • 05/06/2018

    4

    O que a revitalizao de uma bacia hidrogrfica?

    Controlar reas de risco;

    Avanar na universalizao da coleta de esgotos;

    Minimizar os conflitos que impedem o uso mltiplo das guas;

    Buscar segurana hdrica com a proteo de mananciais;

    Minimizar enchentes e inundaes reduzindo o escoamento superficial das guas das chuvas, ampliando as reas de infiltrao e a reteno a montante;

    O que a revitalizao de uma bacia hidrogrfica?

    Tratamento do esgoto e da gua de chuva antes que alcance os corpos dgua;

    Ampliar a cobertura vegetal para melhoria da qualidade do ar, das guas e do solo;

    Contribuir para a captura de carbono e a amenizao das temperaturas locais;

    Fornecer habitat para a biodiversidade;

    Melhorar a paisagem,

    Criar reas de lazer

    etc...

  • 05/06/2018

    5

    O que preciso para a revitalizao de uma bacia urbana?

    Aes abrangentes, multisetoriais, integradas e permanentes, para

    ampliao da disponibilidade hdrica em quantidade e qualidade;

    Recuperao da relao territrio, chuvas, drenagem;

    Mitigao de passivos;

    Recuperao da paisagem;

    Foco na qualidade de vida da populao;

    Prevenir, preservar e conservar a bacia hidrogrfica como um todo.

  • 05/06/2018

    6

    possvel integrarmos os

    rios paisagem urbana?

  • 05/06/2018

    7

    At aqui...

    Dvidas?

  • 05/06/2018

    8

    Como viabilizar a recuperao de reas degradas?

    Gesto integrada das guas e do territrio

    Desenvolver instrumentos polticos e projetos tcnicos

    Agir por meio da intersetorialidade:

    Concessionarias de saneamento

    Prefeituras e secretarias municipais

    Moradores, sociedade civil, associaes de bairro

    Setor acadmico

    Investidores

    Histrico e conceito de rea degradada

    1972: Conferncia Mundial das Naes Unidas sobre o Meio Ambiente

    1981: Poltica Nacional do Meio Ambiente (Lei 6.938/81)

    1982: Conferencia de Nairobi: prioridade: criao de UCs e recuperao de reas degradadas pela ao humana

    1986: Resoluo 01 do Conama + 1988 Constituio Federal estabeleceram que:

    Toda atividade que produza danos ambientais dever arcar no s com as medidas mitigadoras dos impactos como tambm da recuperao ambiental

    O que uma rea degradada?

    rea degradada aquela que, aps distrbio, teve eliminados seus meios de regenerao natural, apresentando baixo poder de recuperao (KAGEYAMA et al., 1992)

    rea que, aps ao antrpica, teve suprimida a vegetao e modificado o ecossistema de tal maneira que os mecanismo naturais so perdidos, portanto apresentam capacidade reduzida de voltar ao seu estado original (UFRJ, 1991)

  • 05/06/2018

    9

    Degradao da Minerao

    Poluio do ar

    Poluio da gua

    Poluio sonora

    Ruptura de corredores ecolgicos

    Alterao da paisagem com

    remoo e degradao do solo e subsolo

    Degradao por queimadas e desmatamento

    Assoreamento de corpos hdricos

    Compactao dos solos

    Desertificao

    Perda da biodiversidade

    Impacto sobre a capacidade de resilincia

    de um ecossistema

    Mudanas climticas

    Degradao por favelizao

    Deslizamentos das encostas

    Assoreamento e poluio de cursos de

    gua e dos lenis freticos

    Impermeabilizao do solo e

    inundaes

    Ocupao de reas de proteo

    ambiental

    Problemas sociais: desemprego,

    violncia, mobilidade urbana, etc..

  • 05/06/2018

    10

    Degradao por reservatrios de gua

    Inundao da rea do reservatrio:

    mudanas climticas locais, aumento de

    GEE

    Sedimentao e assoreamento

    Deslocamento da biota

    Reativao de falhas geolgicas

    Desequilbrio epidemiolgico e pesqueiro

    Perda de paisagens: cnicas,

    agriculturveis, etc.

    Degradao de rea litorneas

    Ocupao desordenada da faixa litornea

    Poluio por esgoto e contaminantes urbanos

    Danos s comunidades ribeirinhas

    Maricultura e sobrepesca

    Derrames: petrleo e derivados, gua de lastro

    Mudanas globais: acidificao dos oceanos,

    extino dos recifes de corais

    At aqui...

    Dvidas?

  • 05/06/2018

    11

    Recuperao de reas degradadas

    Por que devemos nos preocupar com a recuperao de reas degradadas?

    Perdas econmicas

    Perdas de vidas humanas

    Desequilbrio ecossistmico

    Causas da degradao:

    Uso e ocupao do solo inadequados

    Acidentes

    Falta ou inadequao de medidas preventivas

    A recuperao ambiental passa por:

    Conter as causas dos impactos;

    Estabilizar as condies atuais;

    Recuperar as condies para um nvel de controle ambiental de acordo com a resilincia de cada local;

    Restaurar a rea;

    Restabelecer os fluxos e processos existentes antes da degradao;

    Manter ou aumentar a biodiversidade;

    Melhorar as condies sanitrias e visuais.

    Degradao ambiental

    Segundo Decreto Federal 97.632/1989:

    Degradao ambiental o conjunto

    de processos resultantes de danos

    ao meio ambiente pelos quais se

    perdem ou se reduzem algumas de

    suas propriedades, tais como a

    qualidade ou a capacidade

    produtiva dos recursos ambientais.

  • 05/06/2018

    12

    Na Bolvia e no Equador, a Pachamama (2012)

    Segundo a filosofia indgena, a Me Terra ou

    Pachamama, considerada a me de todos, da

    qual dependemos para viver.

    Ela sagrada, frtil e a fonte de vida que

    alimenta e cuida de todos os seres que vivem

    em seu ventre.

    Ela est em permanente equilbrio, harmonia e

    comunicao com o cosmos. Ela abrange todos

    os ecossistemas, os seres vivos e sua auto-

    organizao.

    Na Bolvia e no Equador, a Pachamama Primeira lei no mundo que concede 11 direitos

    Me Natureza que incluem:

    direito vida,

    direito da continuao de ciclos e processos vitais livres de alterao humana,

    direito a gua e ar limpos,

    direito ao equilbrio,

    o direito de no ter estruturas celulares modificadas ou alteradas geneticamente.

    direito de o pas no ser afetado por megaestruturas e projetos de desenvolvimento que afetem o equilbrio de ecossistemas e as comunidades locais.

    Implicaes jurdicas

    No Brasil aceitam-se 3 possibilidades reparatrias:

    Restaurao in natura

    Compensao ecolgica

    Indenizao (mais fcil)

    No Equador e Bolvia, apenas 2:

    Restaurao in situ

    Restaurao ex situ

    Ou seja, efetivado o dano, algo ser feito para que o mesmo volte o mais prximo possvel ao seu estado anterior

  • 05/06/2018

    13

    Degra