MOOC - APRESENTA‡ƒO ENPED 19o CIAED, 2013 SALVADOR,BA

  • View
    224

  • Download
    2

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Deabate sobre os MOOCs e a inovação pedagógica no ENCONTRO PRESENCIAL DO ENPED, no 19o CIAED, em Salvador, Bahia.

Text of MOOC - APRESENTA‡ƒO ENPED 19o CIAED, 2013 SALVADOR,BA

  • 1. ENPED ENCONTRO NACIONALDE PROFESSORES DA EAD Enilton Ferreira Rocha SETEMBRO de 2013 19 CIAED, SALVDOR, BA

2. MOOCs mito ou ameaa? O Brasil est preparado para a oferta de MOOCs? Agenda Consideraes do Dirio de Keith Devlin, Agosto de 2012 As 3 geraes de pedagogias da EaD 3. 3 MOOCs, mito ou realidade? De que modo voc faz parte desse avano? De que modo essa oferta afeta a estabilidade profissional na EaD? 4. As pedagogias da EaD MOOCs mito ou ameaa? O Brasil est preparado para a oferta de MOOCs? Agenda Consideraes do Dirio de Keith Devlin, Agosto de 2012 5. O Brasil est preparado para a oferta de MOOCs? A educao e o mercado de aes: investimento e retorno; O professor dono da disciplina; A EaD no Brasil, instrucional e rgida; O aluno dependente; O massivo e a evaso: como controlar essas duas variveis; A autoridade epistemolgica acadmica; A burocracia acadmica. 6. MOOCs mito ou ameaa? O Brasil est preparado para a oferta de MOOCs? Agenda Consideraes do Dirio de Keith Devlin, Agosto de 2012 As 3 geraes da pedagogias da EaD 7. Consideraes do Dirio de Keith Devlin, Agosto de 2012 A gravao de vdeos seria uma das opes, mas ainda no reduz a falta que o aluno sente da presena do humano (face to face) nas interaes virtuais. A utilizao de udio e vdeo com interaes online, como acontece na webconferncia, skype e outras interfaces desse tipo, poderiam reduzir drasticamente essa lacuna. A falta de contato humano 8. O adulto sente uma necessidade enorme de saber em detalhes o que ele vai aprender, como, e se a sua expectativa ser correspondida. Esse primeiro dia de aula muito importante para se estabelecer um dilogo esclarecedor desses aspectos da subjetividade do adulto. O primeiro dia de aula Consideraes do Dirio de Keith Devlin, Agosto de 2012 9. Embora essa iniciativa (lanamentos de cursos MOOCs) tenha comeado na dcada de 90, ainda percebe-se na fala de seus novos empreendedores e autores que os MOOCs, como todo projeto que envolve educao e o humano, so complexos, cobram um planejamento bem p no cho e os resultados no so do dia para a noite.. A expectativa de resultados aps vrios anos do lanamento Consideraes do Dirio de Keith Devlin, Agosto de 2012 10. Nada melhor do que ensinarmos o que sabemos fazer bem feito, com segurana, com sabedoria. Como dizia o saudoso Freire: ensinar exige reflexo crtica sobre a prtica. preciso que haja coerncia entre o saber fazer e o saber-ser-pedaggico. Projetos MOOCs baseados no modelo bombeiro virtual? Inventar preciso,mas com cuidado para no desanimar, para no desacreditar. O adulto percebe com muita facilidade quando nem voc sabe aonde quer chegar... Comear com um modelo de curso que funciona para no desanimar tanto os alunos quanto os professores Consideraes do Dirio de Keith Devlin, Agosto de 2012 11. No correto um professor ensinar aquilo que no sabe, que no tem destreza pedaggico-andraggica para articular o ensino-aprendizagem em parceria com os alunos. Principalmente, em um projeto com a proposta MOOC, no qual pressupe a adoo da didtica das nuvens e seus perifricos e conexes da virtualidade. Nesse contexto, a consistncia com o nosso prprio estilo e com as nossas competncias como instrutores fundamental, sob pena de comear e desistir, diante das realidades encontradas H uma tentativa de descobrir a melhor maneira que funciona para a nossa disciplina especfica e que seja consistente com nosso prprio estilo, como professores. Consideraes do Dirio de Keith Devlin, Agosto de 2012 12. Agenda Consideraes do Dirio de Keith Devlin, Agosto de 2012 As 3 geraes da pedagogias da EaD MOOCs mito ou ameaa? O Brasil est preparado para a oferta de MOOCs? 13. As geraes de pedagogia da EaD Terry Anderson e Jon Dron 1 Pedagogia cognitivo- behaviorista de educao a distncia 3 Pedagogia conectivista de educao a distncia 2 Pedagogia socioconstrutivista de educao a distncia 14. Surgiu na segunda metade do sculo XX. A teoria da aprendizagem behaviorista comea com noes de aprendizagem que so geralmente definidas como novos comportamentos ou mudanas em comportamentos que se adquirem como resposta de um indivduo a estmulos Deve-se notar nesta definio o foco no indivduo e na necessidade de medir comportamentos efetivos, e no atitudes ou capacidades ( a viso psicolgica de Edward Watson, John Thordike e B. F. Skinner.) O que mais definiu a gerao cognitivo-behaviorista de educao a distncia foi a ausncia quase total de presena social. 1 Pedagogia cognitivo- behaviorista de educao a distncia As geraes de pedagogia da EaD Terry Anderson e Jon Dron 15. As pedagogias socioconstrutivistas, desenvolveram-se em conjunto com a evoluo de tecnologias de comunicao bidirecional. Mais do que transmitir informaes, a tecnologia tornou-se amplamente utilizada para criar oportunidades para interaes sncronas e assncronas entre alunos e entre alunos e professores o educador um guia, ajudante e parceiro, em que o contedo secundrio para o processo de aprendizagem: a fonte de conhecimento encontra--se principalmente em experincias. 2 Pedagogia socioconstrutivista de educao a distncia As geraes de pedagogia da EaD Terry Anderson e Jon Dron 16. Surgiu recentemente e conhecida como conectivismo. George Siemens (2005a, 2005b, 2007) e Stephen Downes (2007). A aprendizagem o processo de construir redes de informao, contatos e recursos que so aplicados a problemas reais. A presena cognitiva conectivista comea com a suposio de que os alunos tm acesso a redes poderosas e, to importante quanto, so alfabetizados e confiantes o suficiente para explorar essas redes na realizao de tarefas de aprendizagem. A 3 Pedagogia conectivista de educao a distncia As geraes de pedagogia da EaD Terry Anderson e Jon Dron 17. Obrigado pela ateno Enilton Ferreira Rocha WR3 EaD enilton@wr3ead.com.br 31 3226-6456 www.wr3ead.com.br