Click here to load reader

Alvenaria Estrutural

  • View
    30

  • Download
    2

Embed Size (px)

Text of Alvenaria Estrutural

Alvenaria Estrutural

Alvenaria EstruturalEduardo Rayher SoaresThas dos Santos GrnerHenrique Arthur AchterbergPedro Lange

O que alvenaria Estrutural?Sistema construtivo utiliza as paredes como elementos resistentes compostos por blocos de concreto ou cermicos, unido por juntas de argamassa. Comparao ao Concreto ArmadoVantagensVelocidade de construoMaior controle e padronizao da construoPrevisibilidadeControle rgido de gastos, materiais e resduos

DesvantagensNo permitir alterao na configurao do imvel.Dificuldade na sincronizao dos projetos.Maior dificuldade na elaborao de projetos arquitetnicosMaior especializao da mo de obraMateriais: BlocosO bloco de concreto um componente industrializado, podendo ser fabricado com diversas composies. Para sua utilizao na alvenaria estrutural, muito importante que duas dimenses sejam precisas para que possibilite facilidade na execuo dos projetos. As dimenses dos blocos so padronizadas, e devem atender a norma NBR 15961-1: 2011 Alvenaria Estrutural: Blocos de concreto Parte 1: Projeto e a norma NBR 6136: 2007 Blocos vazados de concreto simples para alvenaria.

Bloco de concreto:Tipos e dimenses de blocos de concreto e suas respectivas famlias

Fonte: http://www.artblocos.com.br/blocos.htmlAlm das especificaes de tamanho dos blocos de concreto, eles tambm podem ser classificados conforme a NBR 6136 como:

Classe A: blocos com funo estrutural, para uso de elementos de alvenaria acima ou abaixo do nvel do solo;Classe B: blocos com funo estrutural, para uso em elementos acima do nvel do solo;Classe C: blocos com funo estrutural, para uso em elementos acima do nvel do solo (blocos M10 para edificaes de 01 pavimento, M12,5 para edificaes de 02 pavimentos, M15 e M20 para edificaes maiores);Classe D: blocos sem funo estrutural, para uso em elementos de alvenaria acima do nvel do solo.

Materiais: Blocos Os blocos cermicos so vistos como matria-prima natural abundante no pas, com capacidade de reduzir custos de obras quando utilizados em projetos racionalizados. Suas diversas peas oferecem liberdade e flexibilidade nas plantas dos ambientes, atendendo a construes de baixo, mdio e alto padro. Os mesmo so mais leves que os blocos de concreto, podem ser utilizados em alvenaria aparente e receber aplicao de tinta ou gesso em paredes internas sem a aplicao de emboo.

Bloco cermico:Materiais: Blocos Este tipo de bloco no pode ser cortado ou serrado e as paredes estruturais no podem ser removidas ou alteradas depois de prontas. Por isso, h uma diversificada famlia de blocos estruturais que tornam possvel a execuo de paredes com encaixes adequados. O sistema tambm permite a execuo de projetos racionalizados, com a reduo de perdas de materiais, a diminuio de entulho e maior agilidade na obra. Por norma, possuem de 4,5 MPa a 6 MPa, mas o mercado dispe de blocos com resistncias de at 9 MPa. Bloco cermico:

Blocos cermicos e suas funesFonte: http://www.equipedeobra.com.br/construcao-reformaMateriais: Argamassa Assim como o bloco de concreto, a argamassa deve atender as especificaes do projetista. A argamassa tem como principal funo de unir os blocos, mas tambm atua na distribuio de tenses na alvenaria e absoro de pequenas deformaes, alm de compensar pequenas imperfeies e vedar as paredes.Argamassa:Materiais: Argamassa Algumas caractersticas importantes na argamassa so a trabalhabilidade, resilincia e, a mais importante, a aderncia. importante lembrar que o fato de se ter uma argamassa com o trao muito forte pode ser prejudicial alvenaria assim como traos muito fracos, que podem comprometer a alvenaria por apresentarem resistncia compresso e aderncia muito baixas.Argamassa:Materiais: Argamassa Sendo assim, seguir s especificaes tcnicas quanto ao trao da argamassa e suas propriedades faz com que a estrutura no seja comprometida pelas tenses que estaro sendo aplicadas.

Argamassa:Materiais: Graute O graute um tipo de concreto ou uma argamassa com agregados finos e alta plasticidade, definido pela NBR-8798 como o elemento indicado ao preenchimento dos vazios dos blocos e canaletas para a solidarizao da armadura a estes componentes e para um aumento de capacidade portante.Graute:Materiais: Graute Entre as principais funes do graute, podemos citar o aumento da resistncia em pontos localizados (verga, contra verga, coxim), aumento da resistncia compresso de uma parede e a unio de eventuais armaduras s paredes. O grauteamento aumenta a resistncia da parede em torno de 30% a 40%, devendo ser usado o graute com slump entre 20 e 28 cm.

Graute:Materiais: Armadura Na alvenaria estrutural, a utilizao de armaduras restrita ao uso em vergas, contra vergas, canaletas (cintas) e em pontos de graute. As armaduras devem ser colocadas de forma que se mantenham na posio especificada e a altura mxima de lanamento do graute dever ser de 1,60 metros. Armadura:Projeto O projeto define a forma da edificao, nmero e distribuio de peas. Para o caso de alvenaria estrutural, alguns detalhes devem ser observados, como a impossibilidade de remoo de paredes estruturais, tamanho dos vos livres e as dimenses internas das peas, que devem ser mltiplas do mdulo bsico.Projeto Em projetos de alvenaria estrutural, comum o uso de escadas pr-fabricadas, pois reduz o custo com formas e o tempo de execuo. Para que possa ser realizado o projeto de alvenaria estrutural, todos os demais projetos da edificao devem ser compatibilizados para que a modulao possa ser realizada de forma correta.

Projeto A modulao o acerto das dimenses em planta e p direito da edificao, em funo das dimenses dos blocos. Esta tcnica permite evitar o trabalho de ajuste no canteiro de obras, uma vez que, o projeto de elevao deve ser seguido, o que evita perda de tempo, material e mo de obra.

Modulao :Projeto Em grande parte, a construo civil um dos setores econmicos que mais produzem resduos. E um dos pontos mais considerados na importncia da modulao a diminuio significativa com perdas de materiais no canteiro de obra, ou seja, diminui a quantidade de resduos. Outro fator importante na alvenaria estrutural a reduo de custos, gerado pela eliminao na quantidade de formas para concretagem de vigas e pilares, aumento da produtividade e qualidade das edificaes, atravs da qualificao de mo de obra e qualidade dos materiais utilizados.

A importncia da modulao :Projeto As plantas de 1 e 2 fiada correspondem planta baixa utilizada nos projetos convencionais. Nestas plantas, possvel observar os tipos e o posicionamento dos blocos, os tipos e quantidades de blocos utilizados, a numerao das paredes e indicao das vistas de cada parede.

Etapas do projeto de modulao:Plantas de 1 e 2 fiada:Projeto Nas plantas de 1 e 2 fiada realizada a distribuio dos blocos, comeando por uma das extremidades seguindo desenho sucessivamente dos mdulos at o fechamento total da edificao. Para os projetos de alvenaria estrutural, comum o projeto de apartamentos simtricos, o que facilita o trabalho de modulao das plantas de 1 e 2 fiadas.

Etapas do projeto de modulao:Plantas de 1 e 2 fiada:ProjetoEtapas do projeto de modulao:Plantas de 1 e 2 fiada:

Planta 1 fiadaFonte: http://www.selectablocos.com.br/alvenaria_estrutural_detalhes_construtivos_09.html

ProjetoEtapas do projeto de modulao:Plantas de 1 e 2 fiada:Planta 2 fiadaFonte: http://www.selectablocos.com.br/alvenaria_estrutural_detalhes_construtivos_09.html

Projeto Nas plantas de 1 e 2, onde acontecem os encontros de paredes, podem ser observados os tipos de amarrao que devero ser executados. Na amarrao ainda podem ser utilizados grampos, estribos ou tela metlica, que garantem o intertravamento das unidades de forma simples e lgica.

Etapas do projeto de modulao:Amarrao:ProjetoEtapas do projeto de modulao:Amarrao:Tipos de amarraoFonte: http://www.pauluzzi.com.br/alvenaria.php?PHPSESSID=b33e8455726b2ffd00d57065dcac71f7

Projeto As plantas de elevao (vistas frontais) so realizadas pelo fato de no serem visualizados todos os detalhes da alvenaria nas plantas de 1 e 2 fiada. As plantas apresentam o nmero das paredes ou um tipo de identificao que a caracterize, apresenta a existncia de armaduras (grauteamento, vergas, contra vergas, cintas), legenda de blocos e detalhes referentes a particularidades em questo.

Etapas do projeto de modulao:Elevaes:

ProjetoEtapas do projeto de modulao:Elevaes :ElevaoFonte: Planta elaborada pelas acadmicas Jaqueline do Couto; Jssica Silveira; Marilia Sndermann; Thas Grner

ConclusoA alvenaria estrutural um sistema construtivo excelente para o mercado da construo civil. Torna as obras mais rpidas, limpas e eficazes, com um projeto de modulao bem detalhado, podemos prever todo o empreendimento, pois se conhecem as quantidades exatas de material e mo de obra que est sendo usado na obra, assim evitando desperdcios e erros de projeto e antevendo os erros na execuo da edificao.

RefernciasAGNES, Clarice; HELFER, Incio. Normas para apresentao de trabalhos acadmicos / Universidade de Santa Cruz do Sul.- 9. ed./ Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2011. RAMALHO, Marcio A.; CORRA, Mrcio Roberto Silva. Projeto de edifcios de alvenaria estrutural. So Paulo: Pini, 2003. MANZIONE, Leonardo. Projeto e execuo de alvenaria estrutural. 2. Ed. So Paulo: O Nome da Rosa, 2007. (Primeiros passos da qualidade no canteiro de obras).ASSOCIAO BRASILEIRA DE NORMAS TCNICAS. Alvenaria estrutural: blocos de concreto: parte 1: projeto. 1. Ed. Rio de Janeiro: ABNT, 2011.DOS SANTOS, Marcus D. Disciplina de alvenaria estrutural: Componentes e Elementos. DOS SANTOS, Marcus D. Princpios de modulao e racionalizao de projetos de alvenaria estrutural.COMUNIDADE DA CONSTRUO. Comunidade da construo, sistemas a base de cimento. Alvenaria Estrutural. Disponvel em . Acesso em: 31 de maio de 2013. EQUIPE DE OBRA. Bl