of 63 /63
MANUAL DE ESTÁGIO DO CURSO DE PEDAGOGIA LAVRAS, MG 2017

MANUAL DE ESTÁGIO DO CURSO DE PEDAGOGIA · 4-estÁgio supervisionado no ensino fundamental e mÉdio(regular) 5-estÁgio supervisionado de orientaÇÃo escolar 6- estÁgio supervisionado

  • Author
    lequynh

  • View
    218

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of MANUAL DE ESTÁGIO DO CURSO DE PEDAGOGIA · 4-estÁgio supervisionado no ensino fundamental e...

  • MANUAL DE ESTGIO

    DO CURSO DE PEDAGOGIA

    LAVRAS, MG

    2017

  • FACULDADE ADVENTISTA DE MINAS

    GERAIS

    MANUAL DE ESTGIO

    PEDAGOGIA Matriz 2015/1

    1-ESTGIO SUPERVISIONADO NA EDUCAO INFANTIL

    2-ESTGIO SUPERVISIONADO NA EDUCAO JOVENS E ADULTOS (EJA)

    3-ESTGIO SUPERVISIONADO NA EDUCAO ESPECIAL NA APAE E CEDET

    (Centro de Desenvolvimento de Talentos)

    4-ESTGIO SUPERVISIONADO NO ENSINO FUNDAMENTAL E

    MDIO(Regular)

    5-ESTGIO SUPERVISIONADO DE ORIENTAO ESCOLAR

    6- ESTGIO SUPERVISIONADO DE SUPERVISO ESCOLAR

    FEVEREIRO / 2017

  • COORDENAO GERAL DO ESTGIO SUPERVISIONADO

    Prof. Dr. Antnio Edimir Frota Fernandes

    PROFESSORAS ORIENTADORAS DO ESTGIO

    SUPERVISIONADO

    Profa. Msc. Lisiane Strumiello

    Profa. Msc. Giuliana Sampaio

    Profa. Msc. Ozana Lacerda

    Profa. Msc. Rebeca Contreras

    Profa. Msc. Vera Lcia Piazzi

  • SUMRIO

    1- APRESENTAO ........................................................................................................................ 5

    2- DEFINIO DE ESTGIO ............................................................................................................ 5

    3- FINALIDADE DO ESTGIO .......................................................................................................... 5

    4- FUNDAMENTO LEGAL E REGULAMENTAO ........................................................................... 6

    5- COMPETNCIA DA INSTITUIO DE ENSINO ORIENTADOR DE ESTGIO .............................. 8

    6- COMPETNCIA DA INSTITUIO CONCEDENTE - SUPERVISO DE ESTGIO ............................ 9

    7- COMPETNCIA DO ESTAGIRIO .............................................................................................. 10

    8-ORGANIZAO DO ESTGIO SUPERVISIONADO ...................................................................... 10

    9- PRTICA DE ENSINO EM FORMA DE ESTGIO SUPERVISIONADO .......................................... 11

    10 ORIENTAES PARA REALIZAO DO ESTGIO E ELABORAO DE RELATRIOS ............. 14

    1) ESTGIO SUPERVISIONADO NA EDUCAO INFANTIL ...................................................... 14

    2) ESTGIO SUPERVISIONADO NA EDUCAO JOVENS E ADULTOS(EJA) ............................ 18

    3) ESTGIO SUPERVISIONADO NA EDUCAO ESPECIAL NA APAE E CEDET(Centro de

    Desenvolvimento de Talentos Prefeitura Municipal de Lavras) .......................................... 21

    4) ESTGIO SUPERVISIONADO NO ENSINO FUNDAMENTAL E MDIO(Regular) .................. 25

    5) ESTGIO SUPERVISIONADO NA ORIENTAO EDUCACIONAL .......................................... 27

    6) ESTGIO SUPERVISIONADO NA SUPERVISO EDUCACIONAL .......................................... 30

    11. MODELOS DE QUESTIONRIOS SOBRE A ATUAO DO SUPERVISOR/COORDENADOR

    EDUCACIONAL ............................................................................................................................. 33

    12. MODELOS DE QUESTIONRIO DE OBSERVAO DO CAMPO DE ESTGIO .......................... 35

    13. FICHA 01 ACORDO DE COOPERAO DE COMPROMISSO DE ESTGIO AC/TCE .............. 39

    14. FICHA 02 APRESENTAO DO(A) ESTAGIRIO(A) ............................................................... 43

    15. FICHA 03 VISITA DO ESTAGIRIO ESCOLA/INSTITUIO DE ENSINO .............................. 44

    16. FICHA 04 LEVANTAMENTO DE DADOS DA ESCOLA ............................................................. 45

    17. FICHA 05 LEVANTAMENTO DE DADOS SOBRE A ESCOLA.................................................... 47

    18. FICHA 06 QUESTIONRIO PARA OS PROFESSORES ............................................................. 49

    19. FICHA 07 ENTREVISTA COM O DIRETOR E/OU COORDENAO PEDAGGICA .................. 51

    20. FICHA 08 OBSERVAO DE AULAS ...................................................................................... 53

    21. FICHA 09 AVALIAO DE DESEMPENHO DO ESTAGIRIO .................................................. 57

    22. FICHA 10 DECLARAO DE CONCLUSO DE ESTGIO ........................................................ 61

    23. REFERNCIAS BIBLIOGRFICAS ............................................................................................. 62

  • 5

    1- APRESENTAO

    O Manual de Estgio Curricular Supervisionado do Curso de Pedagogia da

    FADMINAS est organizado de forma objetiva e prtica, buscando definir informaes

    e conceitos bsicos do conhecimento prtico pedaggico, atravs do procedimento para

    o Estgio Curricular Supervisionado. Nele, voc encontrar todos os procedimentos e

    documentos necessrios ao Estgio, devendo o aluno buscar a orientao do Professor

    Orientador, antes de seu incio e de qualquer preenchimento.

    2- DEFINIO DE ESTGIO

    Significa aprendizagem, ou seja estudos prticos para aprendizagem e

    experincia em determinado assunto ou profisso aprimoramento do desenvolvimento

    profissional. Assim, o Estgio Curricular Supervisionado consiste em trabalho

    obrigatrio de campo, no qual as atividades prticas so exercidas de forma orientada,

    sinalizando o seguinte aspecto: Ser interpretado como um ponto convergente entre a

    teoria e a prtica, percebendo-o como um elo facilitador no ajustamento natural do

    aluno, no sentido de melhor receber adequao e entendimento do mercado de trabalho

    no qual ter de amar.

    3- FINALIDADE DO ESTGIO

    A finalidade do estgio propiciar a complementao do ensino e da

    aprendizagem a serem planejados, executados, acompanhados e avaliados

    segundo os currculos, programas, calendrios escolares, a fim de se

    constiturem em instrumentos de integrao, em termos de treinamento prtico,

    aperfeioamento tcnico cultural, cientfico e relacionamento humano,

    destinado formao de professores para exercer funes de magistrio na

  • 6

    Educao Infantil e nos anos iniciais do Ensino Fundamental, nos cursos de

    Ensino Mdio(regular), na Educao de Jovens e Adultos, Ensino na APAE e

    CEDET(centro de desenvolvimento de Talentos),Orientao Educacional e

    Superviso Escolar.

    4- FUNDAMENTO LEGAL E REGULAMENTAO

    A Lei de Diretrizes e Bases da Educao Nacional LDB n 9.394/96, estabelece a

    importncia da prtica na formao docente, observada e regulamentada pelo Conselho

    Nacional de Educao, a Resoluo CNE/CP 1/2006 que institui as Diretrizes

    Curriculares Nacionais para o Curso de Graduao em Pedagogia, licenciatura,

    definindo princpios, condies de ensino e de aprendizagem, procedimentos a serem

    observados em seu planejamento e avaliao, pelos rgos dos sistemas de ensino e

    pelas instituies de educao superior do pas, nos termos explicitados nos Pareceres

    CNE/CP nos 5/2005 e 3/2006.

    Art. 7 O curso de Licenciatura em Pedagogia ter a carga horria mnima de 3.200

    horas de efetivo trabalho acadmico, assim distribudas:

    I - 2.800 horas dedicadas s atividades formativas como assistncia a aulas, realizao

    de seminrios, participao na realizao de pesquisas, consultas a bibliotecas e centros

    de documentao, visitas a instituies educacionais e culturais, atividades prticas de

    diferente natureza, participao em grupos cooperativos de estudos;

    II - 300 horas dedicadas ao Estgio Supervisionado prioritariamente em Educao

    Infantil e nos anos iniciais do Ensino Fundamental, contemplando tambm outras reas

    especficas, se for o caso, conforme o projeto pedaggico da instituio;

    O estgio supervisionado a ser feito na educao bsica deve ser vivenciado durante

    o curso de formao de maneira a garantir tempo suficiente para a ao-reflexo-ao

    acompanhada pela orientao e superviso de estgio na abordagem das diferentes

    dimenses da atuao profissional. As Diretrizes Gerais do Estgio Supervisionado

    estabelecem que o incio das atividades deva ocorrer a partir do 5 perodo do curso

    atravs de um termo de compromisso firmado entre as partes envolvidas: Instituio de

  • 7

    Ensino, Instituio Concedente do estgio e o Estagirio; num plano de atividades

    elaborado, com objetivos e tarefas claras que possibilite que os envolvidos assumam

    responsabilidades e se auxiliem mutuamente. Desta forma, o estagirio, como sujeito

    ativo na sua formao ter a possibilidade de ser assistido por diversos profissionais,

    no s os docentes da sua formao acadmica, mas todos os envolvidos na sua atuao

    de estgio. Essa teia de relaes (Instituio de Ensino Superior/ Instituio de Ensino

    de Educao Bsica, Docentes da Educao Superior/ Docentes da Educao Bsica)

    possibilitar uma ampliao do universo cultural e cientfico, to necessrio prtica

    docente.

    A Lei 11.788/2008, ao dispor sobre o estgio de estudantes organiza:

    Art. 2 O estgio poder ser obrigatrio ou no obrigatrio, conforme determinao das

    diretrizes curriculares da etapa, modalidade e rea de ensino e do projeto pedaggico do curso.

    1 Estgio obrigatrio aquele definido como tal no projeto do curso, cuja carga

    horria requisito para aprovao e obteno de diploma.

    Para o incio das atividades de Estgio Obrigatrio do Curso, o aluno dever

    estar regularmente matriculado e frequentando regularmente o curso e estar cursando o

    5 perodo do curso. Partindo desta premissa preencher as informaes necessrias para

    a continuidade do respectivo estgio (se faz necessrio possuir o nome da Instituio, o

    nmero de horas a ser realizada e a Etapa da Educao Bsica pretendida, ato legal da

    escola, endereo, telefone e os dados do (a) diretor(a)/ coordenador (a) da escola ). A

    partir desta definio realizada necessrio que se estabelea a Celebrao de Termo de

    Compromisso entre o Estagirio, a Instituio Concedente e a Faculdade Adventista de

    Minas Gerais(FADMINAS). Em conformidade com a Lei n 11.788/2008 e juntamente

    com o Termo de Compromisso, dever ser anexado um Plano de Atividades de Estgio

    elaborado em acordo entre o estagirio, a Instituio Concedente e o Orientador de

    Estgios da Faculdade Adventista de Minas Gerais(FADMINAS).

  • 8

    5- COMPETNCIA DA INSTITUIO DE ENSINO ORIENTADOR DE

    ESTGIO

    Em atendimento ao disposto na Lei n 11.788/2008, compete a Instituio de

    Ensino:

    Art. 7o So obrigaes das instituies de ensino, em relao aos estgios de seus

    educandos:

    I celebrar termo de compromisso com o educando ou com seu representante ou

    assistente legal, quando ele for absoluta ou relativamente incapaz, e com a parte

    concedente, indicando as condies de adequao do estgio proposta pedaggica do

    curso, etapa e modalidade da formao escolar do estudante e ao horrio e calendrio

    escolar;

    II avaliar as instalaes da parte concedente do estgio e sua adequao formao

    cultural e profissional do educando;

    III indicar professor orientador, da rea a ser desenvolvida no estgio, como

    responsvel pelo acompanhamento e avaliao das atividades do estagirio;

    IV exigir do educando a apresentao peridica, em prazo no superior a 6 (seis)

    meses, de relatrio das atividades;

    V zelar pelo cumprimento do termo de compromisso, reorientando o estagirio para

    outro local em caso de descumprimento de suas normas;

    VI elaborar normas complementares e instrumentos de avaliao dos estgios de seus

    educandos;

    VII comunicar parte concedente do estgio, no incio do perodo letivo, as datas de

    realizao de avaliaes escolares ou acadmicas.

    Pargrafo nico. O plano de atividades do estagirio, elaborado em acordo das 3 (trs)

    partes a que se refere o inciso II do caput do art. 3 desta Lei, ser incorporado ao termo

    de compromisso por meio de aditivos medida que for avaliado, progressivamente, o

    desempenho do estudante.

  • 9

    6- COMPETNCIA DA INSTITUIO CONCEDENTE - SUPERVISO DE

    ESTGIO

    Em conformidade ao disposto na Lei 11.788/ 2008, compete a Instituio

    Concedente:

    Art. 9 As pessoas jurdicas de direito privado e os rgos da administrao pblica

    direta, autrquica e fundacional de qualquer dos Poderes da Unio, dos Estados, do

    Distrito Federal e dos Municpios, bem como profissionais liberais de nvel superior

    devidamente registrados em seus respectivos conselhos de fiscalizao profissional,

    podem oferecer estgio, observadas as seguintes obrigaes:

    I celebrar termo de compromisso com a instituio de ensino e o educando, zelando

    por seu cumprimento;

    II ofertar instalaes que tenham condies de proporcionar ao educando atividades

    de aprendizagem social, profissional e cultural;

    III indicar funcionrio de seu quadro de pessoal, com formao ou experincia

    profissional na rea de conhecimento desenvolvida no curso do estagirio, para orientar

    e supervisionar at 6 (seis) estagirios simultaneamente;

    IV dialogar e acertar com a FADMINAS em favor do estagirio a respeito do seguro

    contra acidentes pessoais, cuja aplice seja compatvel com valores de mercado,

    conforme fique estabelecido no termo de compromisso;

    V por ocasio do desligamento do estagirio, entregar termo de realizao do estgio

    com indicao resumida das atividades desenvolvidas, dos perodos e da avaliao de

    desempenho;

    VI manter disposio da fiscalizao documentos que comprovem a relao de

    estgio;

    VII enviar instituio de ensino, com periodicidade mnima de 6 (seis) meses,

    relatrio de atividades, com vista obrigatria ao estagirio.

  • 10

    Pargrafo nico. No caso de estgio obrigatrio, a responsabilidade pela contratao do

    seguro de que trata o inciso IV do caput deste artigo poder, alternativamente, ser

    assumida pela instituio de ensino.

    7- COMPETNCIA DO ESTAGIRIO

    Em consonncia ao disposto na Lei 11.788/ 2008, compete ao Estagirio:

    Art. 10. A jornada de atividade em estgio ser definida de comum acordo entre a instituio de

    ensino, a parte concedente e o aluno estagirio ou seu representante legal, devendo constar do

    termo de compromisso ser compatvel com as atividades escolares e no ultrapassar:

    I 4 (quatro) horas dirias e 20 (vinte) horas semanais, no caso de estudantes de

    educao especial e dos anos finais do ensino fundamental, na modalidade profissional

    de educao de jovens e adultos;

    II 6 (seis) horas dirias e 30 (trinta) horas semanais, no caso de estudantes do ensino

    superior, da educao profissional de nvel mdio e do ensino mdio regular.

    1 O estgio relativo a cursos que alternam teoria e prtica, nos perodos em que no

    esto programadas aulas presenciais, poder ter jornada de at 40 (quarenta) horas

    semanais, desde que isso esteja previsto no projeto pedaggico do curso e da instituio

    de ensino.

    2 Se a instituio de ensino adotar verificaes de aprendizagem peridicas ou finais,

    nos perodos de avaliao, a carga horria do estgio ser reduzida pelo menos

    metade, segundo estipulado no termo de compromisso, para garantir o bom desempenho

    do estudante.

    8-ORGANIZAO DO ESTGIO SUPERVISIONADO

    O estgio supervisionado embasado por quatro segmentos bsicos:

    1) Fundamentao da parte pedaggica Conhecimentos tericos e cientficos;

    2) Instrumentao da parte pedaggica Prtica Pedaggica;

  • 11

    3) Estgio supervisionado / prtica de ensino;

    4) Habilidades e competncia extra-escolares.

    O Estgio Supervisionado / Prtica Ensino se sustentar em quatro eixos:

    1) A Educao Escolar e o Profissional Docente: discusso terica promovida pelo

    professor de Prtica Pedaggica, no mbito da sala de aula;

    2) Laboratrio de ensino: consiste na observao de prticas docentes em escolas de

    Ensino Fundamental e Mdio, com professores que atuam na rea de formao do

    aluno/estagirio e na realizao de uma aula experimental pelos alunos para os colegas e

    professor de prtica pedaggica. Esse laboratrio visa analisar as diferentes posturas

    profissionais, metodologias e sistemas de avaliao adotados em cada rea. Alm disso,

    a aula experimental proporciona a alunos e professores a possibilidades de corrigir

    posturas inadequadas e vcios que comprometem a atuao do professor.

    3) A Prtica Docente: consiste no desenvolvimento de uma unidade de contedo, em

    cada srie de ensino, devendo essa no ser inferior a trs aulas por srie. No caso do

    Estgio em Supervisionado em Superviso e Orientao Educacional, as atividades a

    serem desenvolvidas no sero especificas de uma srie, mas de um dos nveis de

    ensino (educao infantil, fundamental e mdio).

    4) Trabalhando com Projetos Pedaggicos: em grupo os alunos devero planejar e

    executar projetos pedaggicos que se originem das necessidades da escola alvo e que

    esteja relacionados sua rea de formao. Esse planejamento e execuo dever ser

    conduzido pelo professor/orientador do estgio e pelo professor de Prtica Pedaggica.

    9- PRTICA DE ENSINO EM FORMA DE ESTGIO SUPERVISIONADO

    O Estgio Supervisionado se dar em diferentes momentos e de acordo com o nvel

    de ensino a ser estagiado.

  • 12

    Durante o estgio o aluno conhece as tcnicas e metodologias referentes a cada nvel

    de ensino. Tambm a adequao da linguagem, o planejamento e sua aplicabilidade,

    bem como a elaborao de estratgias de interveno na prtica docente.

    O estgio se subdivide nos seguintes momentos, posteriormente redistribudos em

    quatro etapas:

    1) Momento Presencial: Orientaes gerais sobre o Estgio; Aprender a elaborar

    projetos pedaggicos; Aprender sobre a elaborao de estratgias de ensino de acordo

    com cada contedo e nvel de ensino; Elaborar relatrios e questionrios para pesquisas;

    Planejamento das aulas e do projeto pedaggico(de acordo com o perfil e necessidade

    da escola);

    2) Observao do Cotidiano da Escola: horrios, regime disciplinar vivenciado por

    alunos e professores, quantidade de alunos por turma, professores, tamanho das turmas,

    recursos e meios facilitadores do ensino disponveis na escola, relao com a

    comunidade, existncia de rgos colegiados e se so atuantes, evaso, repetncia,

    programas de recuperao e reforo escolar, trabalhos de voluntrios, etc.

    3) Pesquisa Documental: Projeto Poltico Pedaggico de Escola, regimento escolar,

    livros de atas do colegiado e de reunies pedaggicas, projetos pedaggicos e sociais

    desenvolvidos pela escola, livros de registros de ocorrncias da escola, conhecimento do

    pblico alvo e do funcionamento da escola, relao escola comunidade, e outros

    registros prprios do cotidiano escolar.

    4) Pesquisa de Campo: Com base nas observaes do cotidiano e na pesquisa

    documental elaborar uma pesquisa de campo com alunos, professores, especialistas e

    dirigentes da escola, sobre as condies, metodologias, necessidades, dificuldades,

    problemas e resultados apresentados pelos alunos em cada srie ou nvel de ensino.

    As questes devero abordar as metodologias de ensino adotadas pelos

    professores, os recursos disponveis e a utilizao dos mesmos, fatores que favorecem

    ou dificultam o processo de ensino aprendizagem, participao dos pais na vida

    escolar dos alunos, aplicao dos conhecimentos adquiridos em sala de aula no

    cotidiano dos alunos, condies necessrias para melhorar o rendimento dos alunos,

    condies consideradas ideais para a promoo de um ensino de qualidade e em que

    condies professores, especialistas e diretores trabalham, formao dos profissionais

  • 13

    que atuam na escola. Aps a aplicao do questionrio, o estagirio dever fazer uma

    anlise crtica dos dados coletados e fazer a tabulao dos dados das questes fechadas e

    analis-las criticamente, relacionando os resultados da pesquisa s suas observaes.

    Fazer uma anlise das questes abertas, analisando as respostas apresentadas nos

    questionrios e devolver escola o resultado da mesma. Se possvel, apontando aes

    que podem melhorar os problemas da escola e ressaltando os aspectos positivos

    encontrados. No preciso identificar nominalmente os entrevistados, mas as

    entrevistas devero ser anexadas ao relatrio.

    5) Observao de Regncia : o aluno dever ir s escolas observar prticas pedaggicas

    e metodologias de ensino desenvolvidas pelos professores na sala de aula e analisar o

    perfil dos alunos a serem atendidos, bem como a organizao da escola sendo no

    mnimo de 03 aulas na Educao Infantil e no mnimo 03 aulas em cada srie do Ensino

    Fundamental e no mnimo 3 aulas em cada srie do Ensino Mdio regular. Esse

    contato fundamental para a adequao da linguagem e escolha de metodologias

    adequadas a cada srie ou nvel de ensino.

    6) Regncia de aulas a ser feita : nos anos do Ensino Fundamental

    7) Projeto Pedaggico: com base na observao do cotidiano escolar, na anlise da

    documentao da escola, nos resultados da pesquisa de campo e na observao de

    regncia(aulas da disciplina), e em consonncia com a direo e especialista da escola,

    elaborar e desenvolver um Projeto Pedaggico voltado para as necessidades gerais da

    Escola(temas transversais).

    8) Relatrio de Estgio: elaborao de captulos e itens sobre cada atividades

    desenvolvida/observada na escola, reunido e organizado na forma de um Relatrio de

    Estgio. O Relatrio de Estgio dever ser elaborado de acordo com cada etapa

    desenvolvida no estgio. Dever ter um carter descritivo e crtico dos aspectos

    analisados. Dever ser elaborado na forma de texto e no de tpicos. Questionrio da

    pesquisa, resultados da pesquisa, descrio das observaes, cpia do projeto

    pedaggico e fotos de cada etapa do projeto devero ser anexados ao relatrio bem

    como toda a documentao comprobatria do Estgio Supervisionado (Controle da

    Carga Horria).

  • 14

    10 ORIENTAES PARA REALIZAO DO ESTGIO E ELABORAO DE

    RELATRIOS

    Este manual caracteriza-se por ser um passo a passo que o orientar na realizao

    do Estgio Supervisionado e de todas as etapas que o compe. Portanto, voc dever ter

    sempre em mos as orientaes descritas ao longo deste Manual. Empenhe-se ao

    mximo a fim de que seja cumprido o objetivo de interao terico prtica

    oportunizada pelo Estgio Supervisionado. Este o momento de conhecer um pouco da

    realidade profissional do professor.

    Os Estgios Supervisionados perfazem o total de 320h e resumem-se, de acordo com

    o quadro abaixo, da seguinte maneira:

    1) ESTGIO SUPERVISIONADO NA EDUCAO INFANTIL

    Etapas Pontuao(notas) Atividades Carga

    Horria

    1 10,0 Diagnstico da Escola e a caracterizao

    da Escola

    10 horas

    2 10,0 Observao de Aulas; Elaborao de

    Plano de Aula; Atividades Desenvolvidas

    no Estgio pela Regente da sala de aula.

    30 horas

    3 10,0 Atividade de prtica da docncia

    realizada pelo Estagirio(a) sob a

    coordenao da professora regente da

    turma e a professora orientadora da

    FADMINAS.

    10 horas

    4 10,0 Elaborao do Relatrio Final 30 horas

    CARGA HORRIA TOTAL 80 horas

    OBSERVAO: A PONTUAO(NOTA) FINAL DO ESTGIO

    SUPERVISIONADO NA EDUCAO INFANTIL SER OBTIDA DIVIDINDO-SE

    O TOTAL DE PONTOS DAS QUATRO ETAPAS POR 4(QUATRO).

    1.1 ELABORAO DO RELATRIO FINAL DO ESTGIO SUPERVISIONADO

    NA EDUCAO INFANTIL

    1.1.1Pginas no numeradas (Capa, folha de rosto e Sumrio).

  • 15

    1.1.2- Pginas numeradas: iniciar numerao de pginas na introduo, porm os

    nmeros devem aparecer somente a partir da segunda folha. Ou seja, conta-se a pgina

    da introduo, mas esta no deve conter o nmero. Descreve-se, a seguir, a estrutura

    geral que o Relatrio Final de Estgio Supervisionado na Educao Infantil ter.

    Para a elaborao do relatrio final, sugerimos um roteiro que poder orientar voc

    na escrita de sua vivncia no campo de estgio. Basicamente, o seu relatrio ser

    composto de 5 (cinco) partes assim intituladas e numeradas:

    I INTRODUO: Apresentar discusso acerca da importncia do estgio para a

    formao do professor na Educao Infantil e especificar as partes que compem o

    relatrio.

    II - DESENVOLVIMENTO:

    1. DIAGNSTICO E CARACTERIZAO DA ESCOLA.(Localizao da

    Cidade; Nome da Escola; Endereo, Turnos de funcionamento; Nveis de

    Ensino; Nmeros de Alunos; Documentos de Portaria de

    autorizao/reconhecimento; Caracterizao socioeconmica dos alunos;

    Apresentar o inventrio fsico da escola(salas de aula, Sala de Coordenao e

    Direo; Banheiros, Quadra, Auditrio, Laboratrio de Informtica,

    etc);Identificar o quantitativo de funcionrio e suas funes; Listar os recursos e

    equipamentos disponibilizados pela escola, etc).

    2. OBSERVAO DAS AULAS E REGNCIA E SUAS ATIVIDADES

    DESENVOLVIDAS NA SALA DE AULA: Descrever e analisar criticamente, a

    partir das aulas observadas, aspectos relacionados pratica docente,

    considerando: o domnio de contedo, domnio de classe, interao professor -

    aluno, aluno - professor e aluno-aluno, metodologias empregadas, gesto de sala

    de aula, planejamento de aulas, formas de avaliao. Na regncia de aulas, fazer

    relato da experincia vivenciada, pelo estagirio(a), destacando aspectos

    positivos e negativos(aprendizagem, dificuldades enfrentadas, indisciplina,

    acessibilidade escola, direo, professores, disponibilidade de materiais

    didticos, nvel de aprendizagem dos alunos, etc).

  • 16

    OBSERVAO IMPORTANTE: A preparao do estagirio para a regncia de

    aulas requer a elaborao do Plano de Aula, que, por sua vez, envolve: pesquisa

    de material didtico, resumo do contedo a ser ministrado, formalizao do

    Plano de Aula e elaborao e correo de avaliaes. Quanto a escolha do tema

    das aulas de regncia, o estagirio necessita entrar em acordo com professor

    titular. Este poder determinar o contedo a ser ministrado pelo estagirio. Antes

    de executar o Plano de Aula, o estagirio dever apresent-lo ao professor(a)

    titular de escola.

    3. ROTEIRO DO PLANO DE AULA QUE SER ESTRUTURADO PARA

    TODO O ESTGIO SUPERVISIONADO DA SEGUINTE MANEIRA:

    IDENTIFICAO

    Estagirio(a):

    Curso: Perodo:

    Escola estagiada:

    Disciplina e Tema da aula/Atividade/Eixo:

    Srie: Turma: Turno:

    Professor(a) regente: Data:

    Assinatura do professor(a) regente:

    ____________________________________

    3.1 TEMA DA AULA: Trata-se do assunto a ser abordado durante as aulas.

    Apresent-lo objetivamente, em poucas palavras.

    3.2 OBJETIVOS (GERAIS E ESPECFICOS): Especificar o que se pretende

    com o assunto/tema abordado.

    3.3 ASPECTOS METODOLGICOS: Como sero operacionalizadas as

    aulas. Quais sero os recursos didticos empregados (mapas,lousa,vdeo

    projetor, vdeo, livros, artigos, etc).

  • 17

    3.4 CONTEDO: Apresentao, em linhas gerais, das informaes e

    conceitos que faro parte da aula. Em outras palavras, o estagirio deve

    elaborar um resumo do texto terico que embasar a abordagem do tema

    proposto.

    3.5 FORMA DE AVALIAO: Especificar que tipo de avaliao ser

    utilizado para a verificao da aprendizagem do alunado da turma

    estagiada.(debates, produo de texto, questionrio, etc).

    3.6 REFERNCIAS BIBLIOGRFICAS: Citar as obras pesquisadas para a

    elaborao do Plano de Aula.

    III - ATIVIDADE DA PRTICA DOCENTE REALIZADA PELO ESTAGIRIO(A):

    como parte do processo de formao do estagirio(a) deve fazer um relato de sua

    atividade realizada e os seus resultados alcanados.

    IV CONSIDERAES FINAIS: Expor sua percepo, de forma crtica, acerca da

    realizao do Estgio Supervisionado e das experincias vividas.

    V REFERNCIAS BIBLIOGRFICAS: Listar as fontes consultadas para a

    elaborao de todas as etapas do estgio e do relatrio final (livros, artigos de revistas

    cientficas, PCNs, DCNs, jornais, sites de internet, etc).

    OBSERVAO IMPORTANTE: Os anexos devem ser includos aps os demais itens

    dos relatrios. Tratam-se do cronograma, Projeto Poltico Pedaggico da escola

    Regimento Escolar, Plano de Aula, as fichas de avaliao do estagirio(a), preenchidas

    pelo professor regente da escola fotografias, questionrios das entrevistas com

    professores, diretores, coordenadores, orientadores, pais, funcionrios, etc.

  • 18

    2) ESTGIO SUPERVISIONADO NA EDUCAO JOVENS E ADULTOS(EJA)

    Etapas Pontuao(nota) Atividades Carga

    Horria

    1 10,0 Diagnstico da Escola e a

    caracterizao da Escola

    4 Horas

    2 10,0 Sondagem de campo de estgio 2 Horas

    3 10,0 Observao de Aulas;

    Elaborao de Plano de Aula;

    Observao e registros das

    prticas pedaggicas

    desenvolvidas pela Regente da

    sala de aula.

    10Horas

    4 10,0 Atividade de prtica da docncia

    realizada pelo(a) estagirio(a)

    conforme os planos de aulas

    elaborados, sob a coordenao

    dos professores regentes das

    turmas e coordenao de estgio

    da FADMINAS.

    10 Horas

    5 10,0 Anlise e avaliao dos

    resultados obtidos aps

    desenvolvimento das aulas

    realizadas do professor regente

    da turma e a professora

    orientadora da FADMINAS.

    4 Horas

    6 10,0 Elaborao de relatrio Final do

    Estgio Supervisionado na EJA.

    10 Horas

    CARGA HORRIA TOTAL 40 Horas

    OBS: A PONTUAO(NOTA) FINAL DO ESTGIO SUPERVISIONADO NA

    EDUCAO JOVENS E ADULTOS SER OBTIDA DIVIDINDO-SE O TOTAL DE

    PONTOS DAS SEIS ETAPAS POR 6(SEIS).

    1 ELABORAO DO RELATRIO FINAL DO ESTGIO SUPERVISIONADO NA

    EDUCAO DE JOVENS E ADULTOS(EJA).

    1.1Pginas no numeradas (Capa, folha de rosto e Sumrio).

    1.2- Pginas numeradas: iniciar numerao de pginas na introduo, porm os nmeros

    devem aparecer somente a partir da segunda folha. Ou seja, conta-se a pgina da

    introduo, mas esta no deve conter o nmero. Descreve-se, a seguir, a estrutura geral

    que o Relatrio Final de Estgio Supervisionado na Educao Infantil que ter para a

    elaborao do relatrio final, um roteiro que poder orientar voc na escrita de sua

  • 19

    vivncia no campo de estgio. Basicamente, o seu relatrio ser composto de 6(seis)

    partes assim intituladas e numeradas:

    I INTRODUO: A introduo abre o texto, cumprindo a funo de apresenta-lo ao

    leitor. Antes de comear a escrever o relatrio, tente colocar-se no lugar de um leitor

    que no conhece as condies em que seu estgio se realizou. Escreva para este leitor:

    permita-lhe situar no tempo e espao o trabalho que voc est apresentando, informe

    qual o contedo do texto e como ele est organizado. Apresentar discusso acerca da

    importncia do estgio para a formao do professor na Educao de Jovens e Adultos e

    especificar as partes que compem o relatrio.

    II DESENVOLVIMENTO

    a ) Diagnstico e Caracterizao da Escola.(Localizao da Cidade; Nome da Escola;

    Endereo, Turnos de funcionamento; Nveis de Ensino; Nmeros de Alunos;

    Caracterizao socioeconmica dos alunos; Documentos de Portaria de

    autorizao/reconhecimento; Apresentar o inventrio fsico da escola(salas de aula, Sala

    de Coordenao e Direo; Banheiros, Quadra, Auditrio, Laboratrio de Informtica,

    etc);Identificar o quantitativo de funcionrio e suas funes; Listar os recursos e

    equipamentos disponibilizados pela escola, etc).Inclua no relatrio ( a finalidade do

    relatrio; o perodo de realizao do estgio; informaes gerais sobre a escola; esfera

    administrativa que est vinculada e segmentos atendidos; nmeros de alunos e de

    turmas. Apresentar discusso acerca da importncia do estgio para a formao do

    professor na Educao de Jovens e Adultos e especificar as partes que compem o

    relatrio.

    b ) Observao das aulas e Regncia e suas atividades desenvolvidas pela regente da

    sala de aula. Descrever e analisar criticamente, a partir das aulas observadas, atividades

    de sondagem no campo do estgio, aspectos relacionados pratica docente,

    considerando: o domnio de contedo, domnio de classe, interao professor - aluno,

    aluno - professor e aluno-aluno, metodologias empregadas, gesto de sala de aula,

    planejamento de aulas, formas de avaliao. Na regncia de aulas, fazer relato da

    experincia vivenciada, pelo estagirio(a), destacando aspectos positivos e

    negativos(aprendizagem, dificuldades enfrentadas, indisciplina, acessibilidade escola,

  • 20

    direo, professores, disponibilidade de materiais didticos, nvel de aprendizagem dos

    alunos, etc.

    OBSERVAO IMPORTANTE: A preparao do estagirio para a regncia de

    aulas requer a elaborao do Plano de Aula, que, por sua vez, envolve: pesquisa

    de material didtico, resumo do contedo a ser ministrado, formalizao do

    Plano de Aula e elaborao e correo de avaliaes. Quanto a escolha do tema

    das aulas de regncia, o estagirio necessita entrar em acordo com professor

    titular. Este poder determinar o contedo a ser ministrado pelo estagirio. Antes

    de executar o Plano de Aula, o estagirio dever apresent-lo ao professor(a)

    titular de escola.

    III -ATIVIDADE DA PRTICA DOCENTE REALIZADA PELO ESTAGIRIO(A):

    como parte do processo de formao do estagirio(a) deve fazer um relato de sua

    atividade realizada e os seus resultados alcanados.

    IV AVALIAO: o espao do aprofundamento de sua reflexo crtica. Destaque as

    atividades mais interessantes e relevantes para voc. Apresentando justificativas para

    estas escolhas. Enfatize os principais conhecimentos que voc adquiriu e as principais

    habilidades que desenvolveu durante o trabalho no Estgio Supervisionado na Educao

    de Jovens e Adultos(EJA). Avalie a sua atuao no campo de estgio e a importncia

    deste perodo para a sua formao profissional, como professor desta modalidade do

    Ensino.

    V CONSIDERAES FINAIS: apresente o seu relatrio sobre esse perodo em que

    voc esteve inserido no campo de estgio, tecendo consideraes sobre a EJA, tendo em

    vista que hoje em dia h um movimento de migrao de adolescentes para esta

    modalidade. Este fenmeno faz com que, atualmente, um novo pblico esteja presente

    em muitas escolas que oferecem esta modalidade de ensino. Destaque ainda,

    brevemente, o cenrio encontrado durante a realizao de seu Estgio Supervisionado

    na EJA e os aspectos que mais chamaram a sua ateno na escola campo de estgio.

    VI REFERNCIAS BIBLIOGRFICAS: Listar as fontes consultadas para a

    elaborao de todas as etapas do estgio e do relatrio final (livros, artigos de revistas

    cientficas, PCNs, DCNs, jornais, sites de internet, etc).

  • 21

    OBSERVAO IMPORTANTE: Os anexos devem ser includos aps os demais itens

    dos relatrios. Tratam-se do cronograma, Projeto Poltico Pedaggico da escola,

    Regimento Escolar, Plano de Aula, fotografias, questionrios das entrevistas com

    professores, diretores, coordenadores, orientadores, pais, funcionrios, etc.

    3) ESTGIO SUPERVISIONADO NA EDUCAO ESPECIAL NA APAE E

    CEDET(Centro de Desenvolvimento de Talentos Prefeitura Municipal de

    Lavras) Etapas Pontuao(notas) Atividades Carga

    Horria

    1 10,0 Diagnstico da Escola e a caracterizao

    da Escola

    5 horas

    2 10,0 Observao de Aulas; Elaborao de

    Plano de Aula; Atividades Desenvolvidas

    no Estgio pela Regente da sala de aula.

    10horas

    3

    10,0 Atividade de prtica da docncia

    realizada pelo(a) Estagirio(a) sob a

    coordenao da professora regente da

    turma e a professora orientadora da

    FADMINAS.

    10 horas

    4 10,0 Observao da contextualizao da sala

    de aula e do aluno; Organizao do

    Espao Escolar e suas rotinas e atividades

    escolares; Relao entre alunos,

    professores, famlias.

    5horas

    5 10,0 Elaborao do Relatrio Final 10horas

    CARGA HORRIO TOTAL 40 horas

    OBSERVAO: A PONTUAO(NOTA) FINAL DO ESTGIO

    SUPERVISIONADO NA APAE E CEDET SER OBTIDA DIVIDINDO-SE O

    TOTAL DE PONTOS DAS CINCO ETAPAS POR 5(CINCO).

    1 ELABORAO DO RELATRIO FINAL DO ESTGIO SUPERVISIONADO NA

    EDUCAO ESPECIAL NA APAE E CEDET.

    1.1Pginas no numeradas (Capa, folha de rosto e Sumrio).

    1.2- Pginas numeradas: iniciar numerao de pginas na introduo, porm os nmeros

    devem aparecer somente a partir da segunda folha. Ou seja, conta-se a pgina da

    introduo, mas esta no deve conter o nmero. Descreve-se, a seguir, a estrutura geral

    que o Relatrio Final de Estgio Supervisionado na Apae e Cedet ter:

  • 22

    I INTRODUO: Apresentar discusso acerca da importncia do estgio para a

    formao do professor na Educao Especial da APAE e CEDET e especificar as partes

    que compem o relatrio. . Escreva para este leitor: permita-lhe situar no tempo e

    espao o trabalho que voc est apresentando, informe qual o contedo do texto e

    como ele est organizado. Apresentar discusso acerca da importncia do estgio para a

    formao do professor na Educao da APAE e CEDET e especificar as partes que

    compem o relatrio.

    II DESENVOLVIMENTO:

    a ) DIAGNSTICO E CARACTERIZAO DA ESCOLA :(Localizao da Cidade;

    Nome da Escola; Endereo, Turnos de funcionamento; Nveis de Ensino; Nmeros de

    Alunos; Caracterizao socioeconmica dos alunos; Documentos de Portaria de

    autorizao/reconhecimento; Apresentar o inventrio fsico da escola(salas de aula,

    Sala de Coordenao e Direo; Banheiros, Quadra, Auditrio, Laboratrio de

    Informtica, etc);Identificar o quantitativo de funcionrio e suas funes; Listar os

    recursos e equipamentos disponibilizados pela escola, etc).Inclua no relatrio ( a

    finalidade do relatrio; o perodo de realizao do estgio; informaes gerais sobre a

    escola; esfera administrativa que esta vinculada e segmentos atendidos; nmeros de

    alunos e de turmas. Apresentar discusso acerca da importncia do estgio para a

    formao do professor na Educao de Jovens e Adultos e especificar as partes que

    compem o relatrio.

    b ) OBSERVAO DAS AULAS E REGNCIA : suas atividades desenvolvidas pela

    regente da sala de aula. Descrever e analisar criticamente, a partir das aulas observadas,

    atividades de sondagem no campo do estgio, aspectos relacionados pratica docente,

    considerando: o domnio de contedo, domnio de classe, interao professor - aluno,

    aluno - professor e aluno-aluno, metodologias empregadas, gesto de sala de aula,

    planejamento de aulas, formas de avaliao. Na regncia de aulas, fazer relato da

    experincia vivenciada, pelo estagirio(a), destacando aspectos positivos e negativos

    (aprendizagem, dificuldades enfrentadas, indisciplina, acessibilidade escola, direo,

    professores, disponibilidade de materiais didticos, nvel de aprendizagem dos alunos,

    etc.

  • 23

    OBSERVAO IMPORTANTE: A preparao do estagirio para a regncia de

    aulas requer a elaborao do Plano de Aula, que, por sua vez, envolve: pesquisa

    de material didtico, resumo do contedo a ser ministrado, formalizao do

    Plano de Aula e elaborao e correo de avaliaes. Quanta a escolha do tema

    das aulas de regncia, o estagirio necessita entrar em acordo com professor

    titular. Este poder determinar o contedo a ser ministrado pelo estagirio. Antes

    de executar o Plano de Aula, o estagirio dever apresent-lo ao professor(a)

    titular de escola.

    c ) NA CONTEXTUALIZAO DA SALA DE AULA: observe como composta os

    nmeros de alunos, moblia, brinquedos, as paredes possuem materiais visuais, blocos

    de montar, colchonetes, estantes com livros, rotina diria, atividades livres e

    intermediadas, etc.

    d ) NA CONTEXTUALIZAO DO ALUNO : observar as suas necessidades

    especiais no que diz respeito suas interaes com seus colegas de turma, divide

    brinquedo, se a coordenao de motora fina esta sendo bem estimulada blocos de

    montar no incio das aulas, participao das atividades propostas pela professora

    regente, e quando distrai-se a professora regente chama seu nome e ento a ateno

    retomada. Como so feitas as atividades de Educao Fsica e quais recursos utilizados,

    momentos livres dos alunos, atividade de desenho livre e dirigido, pintura, brincadeiras,

    alimentao, comportamento, socializao estimulada, etc.

    e) ORGANIZAO DO ESPAO ESCOLAR E SUAS ROTINAS E ATIVIDADES

    ESCOLARES: Observar se o espao bem utilizado e aproveitado, e se os materiais

    ficam encostados na parede para evitar que as crianas tropecem e caiam. O ambiente j

    esta organizado de maneira a estimular a criatividade e explorar das crianas, que

    podem utilizar os livros, brinquedos de montar, outros brinquedos e os materiais

    utilizados e suas atividades, reconhecimento das letras, contagem de nmeros, as

    atividades realizadas pelos alunos eram arquivadas em pastas respectivas a cada aluno

    com sequencialidade de data, as pastas eram transparentes para oportunizar a seus

    alunos reconhecerem suas pastas pelos desenhos ou pelo nome escrito, que trabalhado

    diariamente com os alunos, os materiais utilizados para realizao das atividades variou

    como lpis, papel de dobradura, se as atividades eram feito de modo bem diretivo, o

  • 24

    desenho como meio de comunicao e representao, e sendo manipulados pela

    professora regente, atividade planejada com uma linha de raciocnio do

    desenvolvimento do contedo programado, filme educativo, brincar no parque como

    socializao, a professora regente trabalha a independncia e autonomia dos alunos pelo

    Referencial Curricular Nacional para a Educao Infantil(1998) que visa a capacidade

    de guiar e considerar decises sozinho, com regras, valores pessoais e ao prximo, etc

    f)RELAO ENTRE ALUNOS,PROFESSORES E FAMLIA: observar o

    relacionamento aluno-aluno se acontece naturalmente. A relao professor(a) aluno(a)

    se tambm reciproca, a relao entre professor(a) e os pais de alunos acontece

    naturalmente, a professor(a) regente busca entender o cotidiano e o meio em que os

    alunos esto inseridos. Os pais dialogam nos horrios de entrada e sada dos alunos. A

    relao entre pais e a direo tambm aberta, sempre que a direo acredita ter a

    necessidade de qualquer conversa direta com os pais ela ento solicita a eles o

    comparecimento direo ou secretaria da escola, etc.

    III CONSIDERAES FINAIS: o Estgio Supervisionado na Educao Especial na

    APAE E CEDET proporciona um contato intimo e direto com o que at ento estava

    apenas no terico. Expor sua percepo, de forma crtica, acerca da realizao do

    Estgio Supervisionado na Educao Especial e das experincias vividas.

    IV REFERNCIAS BIBLIOGRFICAS: Listar as fontes consultadas para a

    elaborao de todas as etapas do estgio e do relatrio final (livros, artigos de revistas

    cientficas, PCNs, DCNs, jornais, sites de internet, etc).

    OBSERVAO IMPORTANTE: Os anexos devem ser includos aps os demais itens

    dos relatrios. Tratam-se do cronograma, Projeto Poltico Pedaggico da escola,

    Regimento Escolar, Plano de Aula, fotografias, questionrios das entrevistas com

    professores, diretores, coordenadores, orientadores, pais, funcionrios, etc.

  • 25

    4) ESTGIO SUPERVISIONADO NO ENSINO FUNDAMENTAL E

    MDIO(Regular) Etapas Pontuao(notas) Atividades Carga

    Horria

    1 10,0 Diagnstico da Escola e a caracterizao

    da Escola

    10 horas

    2 10,0 Observao de Aulas; Elaborao de

    Plano de Aula; Atividades Desenvolvidas

    no Estgio pela Regente da sala de aula.

    30 horas

    3 10,0 Atividade de prtica da docncia

    realizada pela Estagirio(a) sob a

    coordenao da professora regente da

    turma e a professora orientadora da

    FADMINAS.

    10 horas

    4 10,0 Elaborao do Relatrio Final 30 horas

    CARGA HORRIA TOTAL 80 horas

    OBSERVAO: A PONTUAO(NOTA) FINAL DO ESTGIO

    SUPERVISIONADO NO ENSINO FUNDAMENTAL E MDIO SER OBTIDA

    DIVIDINDO-SE O TOTAL DE PONTOS DAS QUATRO ETAPAS POR

    4(QUATRO).

    Para a elaborao do relatrio final, sugerimos um roteiro que poder orientar voc na

    escrita de sua vivncia no campo de estgio. Basicamente, o seu relatrio ser composto

    de 5(cinco) partes assim intituladas e numeradas.

    I INTRODUO: Apresentar discusso acerca da importncia do estgio para a

    formao do professor na Educao Fundamental e Mdio e especificar as partes que

    compem o relatrio.

    II - DESENVOLVIMENTO:

    a) DIAGNSTICO E CARACTERIZAO DA ESCOLA(Localizao da

    Cidade; Nome da Escola; Endereo, Turnos de funcionamento; Nveis de

    Ensino; Nmeros de Alunos; Documentos de Portaria de

  • 26

    autorizao/reconhecimento; Caracterizao socioeconmica dos alunos;

    Apresentar o inventrio fsico da escola(salas de aula, Sala de Coordenao e

    Direo; Banheiros, Quadra, Auditrio, Laboratrio de Informtica,

    etc);Identificar o quantitativo de funcionrio e suas funes; Listar os recursos e

    equipamentos disponibilizados pela escola, etc).

    b) OBSERVAO DAS AULAS E REGNCIA E SUAS ATIVIDADES

    DESENVOLVIDAS PELA REGENTE DA SALA DE AULA. Descrever e

    analisar criticamente, a partir das aulas observadas, aspectos relacionados

    pratica docente, considerando: o domnio de contedo, domnio de classe,

    interao professor - aluno, aluno - professor e aluno-aluno, metodologias

    empregadas, gesto de sala de aula, planejamento de aulas, formas de avaliao.

    Na regncia de aulas, fazer relato da experincia vivenciada, pelo estagirio(a),

    destacando aspectos positivos e negativos(aprendizagem, dificuldades

    enfrentadas, indisciplina, acessibilidade escola, direo, professores,

    disponibilidade de materiais didticos, nvel de aprendizagem dos alunos, etc.

    OBSERVAO IMPORTANTE: A preparao do estagirio para a regncia de

    aulas requer a elaborao do Plano de Aula, que, por sua vez, envolve: pesquisa

    de material didtico, resumo do contedo a ser ministrado, formalizao do

    Plano de Aula e elaborao e correo de avaliaes. Quanta a escolha do tema

    das aulas de regncia, o estagirio necessita entrar em acordo com professor

    titular. Este poder determinar o contedo a ser ministrado pelo estagirio. Antes

    de executar o Plano de Aula, o estagirio dever apresent-lo ao professor(a)

    titular de escola.

    III - ATIVIDADE DA PRTICA DOCENTE REALIZADA PELO ESTAGIRIO(A):

    como parte do processo de formao do estagirio(a) deve fazer um relato de sua

    atividade realizada e os seus resultados alcanados.

    IV CONSIDERAES FINAIS: Expor sua percepo, de forma crtica, acerca da

    realizao do Estgio Supervisionado e das experincias vividas.

  • 27

    V REFERNCIAS BIBLIOGRFICAS: Listar as fontes consultadas para a

    elaborao de todas as etapas do estgio e do relatrio final (livros, artigos de revistas

    cientficas, PCNs, DCNs, jornais, sites de internet, etc).

    OBSERVAO IMPORTANTE: Os anexos devem ser includos aps os demais itens

    dos relatrios. Tratam-se do cronograma, Projeto Poltico Pedaggico da escola

    Regimento Escolar, Plano de Aula, as fichas de avaliao do estagirio(a), preenchidas

    pelo professor regente da escola fotografias, questionrios das entrevistas com

    professores, diretores, coordenadores, orientadores, pais, funcionrios, etc.

    5) ESTGIO SUPERVISIONADO NA ORIENTAO EDUCACIONAL

    Etapas Pontuao(nota) Atividades Carga

    Horria

    1 10,0 Diagnstico da Escola e a

    caracterizao da Escola

    4 Horas

    2 10,0 Observao, coleta de dados,

    entrevistas, demais atividades,

    anlise de documentos.

    2 Horas

    3 10,0 Acompanhamento do cotidiano

    do Pedagogo na orientao

    educacional.

    10Horas

    4 10,0 Participao em Conselho de

    Classe; Reunio Pedaggica;

    Reunio de Grmio Estudantil,

    Reunio ou Associao de Pais e

    Mestres; Analisar de modo geral

    a utilizao e o funcionamento

    da biblioteca, (se houver) ou o

    acervo bibliogrfico da escola.

    10 Horas

    5 10,0 Observar se o Projeto

    Pedaggico de escola se est

    abordando temas transversais.

    4 Horas

    6 10,0 Elaborao de Relatrio Final do

    Estgio Supervisionado na

    Orientao Educacional

    10 Horas

    CARGA HORRIA TOTAL 40 Horas

    OBSERVAO: A PONTUAO(NOTA) FINAL DO ESTGIO

    SUPERVISIONADO NO ENSINO FUNDAMENTAL E MDIO SER OBTIDA

    DIVIDINDO-SE O TOTAL DE PONTOS DE 6(SEIS) ETAPAS POR 6(SEIS).

  • 28

    Para a elaborao do relatrio final, sugerimos um roteiro que poder orientar voc na

    escrita de sua vivncia no campo de estgio. Basicamente, o seu relatrio ser composto

    de 4(quatro) partes assim intituladas e numeradas.

    I INTRODUO: Apresentar discusso acerca da importncia do estgio para a

    formao do professor na Educao Fundamental e Mdio e especificar as partes que

    compem o relatrio.

    II - DESENVOLVIMENTO:

    a)DIAGNSTICO E CARACTERIZAO DA ESCOLA.(Localizao da Cidade;

    Nome da Escola; Endereo, Documentos de Portaria de autorizao/reconhecimento;

    Turnos de funcionamento; Nveis de Ensino; Nmeros de Alunos; Caracterizao

    socioeconmica dos alunos; Apresentar o inventrio fsico da escola(salas de aula, Sala

    de Coordenao e Direo; Banheiros, Quadra, Auditrio, Laboratrio de Informtica,

    etc);Identificar o quantitativo de funcionrio e suas funes; Listar os recursos e

    equipamentos disponibilizados pela escola, etc).

    b) OBSERVAO, COLETA DE DADOS, ENTREVISTAS, DEMAIS

    ATIVIDADES, ANLISE DE DOCUMENTOS : Observao sistematizada da escola

    como um todo; Anlises individuais em relatrios; Elaborao e execuo de projetos

    de assessoramento ao professor pedagogo; Coleta de dados com o professor pedagogo

    da escola em sua funo de Orientao; Articulao entre teoria e prtica na

    cotidianidade da escola; Compromisso com uma tica de atuao profissional e com a

    organizao do trabalho escolar; Entrevista com orientador(a); a orientao educacional

    e a legislao.

    c) ACOMPANHAMENTO DO COTIDIANO DO PEDAGOGO(A) NA

    ORIENTAO EDUCACIONAL: a orientao educacional como mediador da escola;

    o convvio e a parceria com os estudantes; a orientao educacional como a ponte entre

    a turma e os professores; os pais como aliados no ensino dos filhos; acompanhamento

    disciplinar; mobilizar a escola, famlia e o aluno, etc.

    d) PARTICIPAO EM CONSELHO DE CLASSE; REUNIO PEDAGGICA;

    REUNIO DE GRMIO ESTUDANTIL. REUNIO DE ASSOCIAO DE PAIS E

  • 29

    MESTRES; ANALISAR DE MODO GERAL A UTILIZAO E O

    FUNCIONAMENTO DA BIBLIOTECA (SE HOUVER) OU ACERVO

    BIBLLIOGRFICO DA ESCOLA.

    e) OBSERVAR SE O PROJETO PEDAGGICO DA ESCOLA EST ABORDANDO

    TEMAS TRANSVERSAIS : tica (Respeito Mtuo, Justia, Dilogo, Solidariedade),

    Orientao Sexual (Corpo: Matriz da sexualidade, relaes de gnero, prevenes das

    doenas sexualmente Transmissveis) , Meio Ambiente (Os ciclos da natureza,

    sociedade e meio ambiente, manejo e conservao ambiental) , Sade (autocuidado,

    vida coletiva), Pluralidade Cultural (Pluralidade Cultural e a Vida das Crianas no

    Brasil, constituio da pluralidade cultural no Brasil, o Ser Humano como agente social

    e produtor de cultura, Pluralidade Cultural e Cidadania) e Trabalho e Consumo

    (Relaes de Trabalho; Trabalho, Consumo, Meio Ambiente e Sade; Consumo, Meios

    de Comunicao de Massas, Publicidade e Vendas; Direitos Humanos, Cidadania).

    Podemos tambm trabalhar temas locais como: Trabalho, Orientao para o Trnsito,

    etc.

    III CONSIDERAES FINAIS: Expor sua percepo, de forma crtica, acerca da

    realizao do Estgio Supervisionado e das experincias vividas.

    IV REFERNCIAS BIBLIOGRFICAS: Listar as fontes consultadas para a

    elaborao de todas as etapas do estgio e do relatrio final (livros, artigos de revistas

    cientficas, PCNs, DCNs, jornais, sites de internet, etc).

    OBSERVAO IMPORTANTE: Os anexos devem ser includos aps os demais itens

    dos relatrios. Tratam-se do cronograma, Projeto Poltico Pedaggico da escola

    Regimento Escolar, as fichas de avaliao do estagirio(a), preenchidas pelo professor

    regente da escola fotografias, questionrios das entrevistas com professores, diretores,

    coordenadores, orientadores, pais, funcionrios, etc.

  • 30

    6) ESTGIO SUPERVISIONADO NA SUPERVISO EDUCACIONAL

    Etapas Pontuao(nota) Atividades Carga

    Horria

    1 10,0 Diagnstico da Escola e a

    caracterizao da Escola

    4 Horas

    2 10,0 Observao, coleta de dados,

    entrevistas, demais atividades,

    anlise de documentos.

    2 Horas

    3 10,0 Preenchimento do questionrio

    sobre a atuao da superviso

    ou coordenao educacional.

    10Horas

    4 10,0 Preenchimento do questionrio

    sobre a situao fsica da escola,

    Situao Pedaggica da escola,

    Situao administrativa da

    escola, Saber a situao da

    avaliao formativa do discente

    e da situao organizacional

    legal da escola, Participao em

    Conselho de Classe; Reunio

    Pedaggica, Reunio ou

    Associao de Pais e Mestres.

    10 Horas

    5 10,0 Observar se o Projeto

    Pedaggico de escola se est

    abordando temas transversais.

    4 Horas

    6 10,0 Elaborao de Relatrio Final do

    Estgio Supervisionado na

    Orientao Educacional

    10 Horas

    CARGA HORRIA TOTAL 40 Horas

    OBSERVAO: A PONTUAO (NOTA) FINAL DO ESTGIO

    SUPERVISIONADO NA SUPERVISO EDUCACIONAL SER OBTIDA

    DIVIDINDO-SE O TOTAL DE PONTOS DE 6(SEIS) ETAPAS POR 6(SEIS).

    Para a elaborao do relatrio final, sugerimos um roteiro que poder orientar voc na

    escrita de sua vivncia no campo de estgio. Basicamente, o seu relatrio ser composto

    de 4(quatro) partes assim intituladas e numeradas.

    I INTRODUO: Apresentar discusso acerca da importncia do estgio para a

    formao do professor na Superviso Educacional e especificar as partes que compem

    o relatrio.

  • 31

    II - DESENVOLVIMENTO:

    a) DIAGNSTICO E CARACTERIZAO DA ESCOLA.(Localizao da Cidade;

    Nome da Escola; Endereo, Documentos de Portaria de autorizao/reconhecimento;

    Turnos de funcionamento; Nveis de Ensino; Nmeros de Alunos; Caracterizao

    socioeconmica dos alunos; Apresentar o inventrio fsico da escola(salas de aula, Sala

    de Coordenao e Direo; Banheiros, Quadra, Auditrio, Laboratrio de Informtica,

    etc);Identificar o quantitativo de funcionrio e suas funes; Listar os recursos e

    equipamentos disponibilizados pela escola, etc).

    b) OBSERVAO, COLETA DE DADOS, ENTREVISTAS, DEMAIS

    ATIVIDADES, ANLISE DE DOCUMENTOS : Observao sistematizada da escola

    como um todo; Anlises individuais em relatrios; Elaborao e execuo de projetos

    de assessoramento ao professor pedagogo; Coleta de dados com o professor pedagogo

    da escola em sua funo de Orientao; Articulao entre teoria e prtica na

    cotidianidade da escola; Compromisso com uma tica de atuao profissional e com a

    organizao do trabalho escolar; Entrevista com orientador(a); a orientao educacional

    e a legislao.

    c) ACOMPANHAMENTO DO COTIDIANO DO PEDAGOGO(A) NA

    SUPERVISO EDUCACIONAL: A superviso educacional como mediador da escola;

    o convvio e a parceria com os estudantes; a superviso educacional como a ponte entre

    os professores; acompanhamento disciplinar; mobilizar a escola, famlia e o aluno, etc.

    d) PARTICIPAO EM CONSELHO DE CLASSE;REUNIO

    PEDAGGICA;.REUNIO DE ASSOCIAO DE PAIS E MESTRES;ANALISAR

    e) OBSERVAR SE O PROJETO PEDAGGICO DA ESCOLA EST ABORDANDO

    TEMAS TRANSVERSAIS : tica (Respeito Mtuo, Justia, Dilogo, Solidariedade),

    Orientao Sexual (Corpo: Matriz da sexualidade, relaes de gnero, prevenes das

    doenas sexualmente Transmissveis) , Meio Ambiente (Os ciclos da natureza,

    sociedade e meio ambiente, manejo e conservao ambiental) , Sade (autocuidado,

    vida coletiva), Pluralidade Cultural (Pluralidade Cultural e a Vida das Crianas no

    Brasil, constituio da pluralidade cultural no Brasil, o Ser Humano como agente social

    e produtor de cultura, Pluralidade Cultural e Cidadania) e Trabalho e Consumo

    (Relaes de Trabalho; Trabalho, Consumo, Meio Ambiente e Sade; Consumo, Meios

    de Comunicao de Massas, Publicidade e Vendas; Direitos Humanos, Cidadania).

  • 32

    Podemos tambm trabalhar temas locais como: Trabalho, Orientao para o Trnsito,

    etc.

    III - CONSIDERAES FINAIS: Expor sua percepo, de forma crtica, acerca da

    realizao do Estgio Supervisionado da Superviso Educacional e das experincias

    vividas.

    IV REFERNCIAS BIBLIOGRFICAS: Listar as fontes consultadas para a

    elaborao de todas as etapas do estgio e do relatrio final (livros, artigos de revistas

    cientficas, PCNs, DCNs, jornais, sites de internet, etc).

    OBSERVAO IMPORTANTE: Os anexos devem ser includos aps os demais itens

    dos relatrios. Tratam-se do cronograma, Projeto Poltico Pedaggico da escola

    Regimento Escolar, as fichas de avaliao do estagirio(a), preenchidas pelo professor

    regente da escola fotografias, questionrios das entrevistas com professores, diretores,

    coordenadores, orientadores, pais, funcionrios, etc.

  • 33

    11. MODELOS DE QUESTIONRIOS SOBRE A ATUAO DO

    SUPERVISOR/COORDENADOR EDUCACIONAL

    ESTAGIRIO(A):_______________________________________________________

    ESCOLA: ___________________________________________________________________

    PERODO DO CURSO:________________________________________________________

    1) Quais as funes que exerce na escola?

    _________________________________________________________________________

    _________________________________________________________________________

    _________________________________________________________________________

    _________________________________________________________________________

    _________________________________________________________________________

    2) Cite aspectos positivos e negativos em relao sua funo.

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________________________

    3) Defina aes a serem desenvolvidas na escola para um supervisor competente e

    comprometido com as transformaes sociais?

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________________________

    4) Qual a concepo de aprendizagem que fundamenta o trabalho na sua escola?

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________________________

    5) As condies fsicas de sua escola so adequadas para o exerccio pedaggico?

    Justifique.

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________________________

    6) A formao do corpo tcnico pedaggico interfere na qualidade do corpo docente? De

    que forma?

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________________________

    7) Quais so as maiores potencialidades de sua escola na dinmica do cotidiano escolar?

    Exemplifique.

  • 34

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________________________

    8) A sua escola possui Projeto Poltico Pedaggico? Como a superviso/coordenao

    planeja suas atividades para o atendimento do PPP?

    __________________________________________________________________________

    _________________________________________________________________________

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________________________

    9) Na ausncia do PPP que planejamento norteia o ano letivo e a prtica pedaggica

    destinada implementao do ensino?

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________________________

    10) Comente algumas aes do Projeto Poltico Pedaggico que so transformadas em ao

    durante o ano letivo.

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________________________

  • 35

    12. MODELOS DE QUESTIONRIO DE OBSERVAO DO CAMPO DE

    ESTGIO

    A) SITUAO FSICA DA ESCOLA

    1. Identificao (endereo completo, telefone, fax)

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

    2. Situao fsica (condies do piso, teto, paredes, portas e janelas, instalaes eltricas,

    hidrulicas, sanitrias, arejamentos, tipo e ano de construo, localizao, instalaes).

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

    3. Condies materiais (mveis, equipamentos e utenslios para uso administrativo, do docente e

    corpo discente).

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

    4. Dependncias da escola (localizao, condies, qualidade, uso).

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

    5. Quadro de pessoal (Administrao, Pedaggico e Apoio)

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

    6. Recursos Audiovisuais (condies, quantidades, tipos, uso).

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

  • 36

    7. Dependncias administrativas (localizao, condies, quantidades, uso).

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

    B SITUAO PEDAGGICA DA ESCOLA

    1. Currculo escolar (cursos, graus, turnos, sries, quantidade de turmas e alunos, grade

    curricular, jornada escolar, proposta poltico-pedaggica).

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

    2. Planejamento escolar (quem realiza, como realizado, em que tempo, tipos).

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

    3. Calendrio escolar (existncia, dias letivos, quem elabora, eventos comemorados).

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

    4. Reunies pedaggicas (como, com quem, periodicidade, funes).

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

    5. Pais e Mestres (relao entre a escola e a famlia, atividades dentro da escola e da famlia).

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

    6. Atividades desenvolvidas na escola.

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

    ___________________________________________________________________________

  • 37

    C SITUAO ADMINISTRATIVA DA ESCOLA

    1. Quem faz parte da Administrao Direta da Escola? ( ) Diretor ( ) Vice diretor

    2. A comunidade participa da Administrao da Escola? ( ) Sim ( ) No

    3. Quais os critrios utilizados na escolha dos dirigentes da Escola? ( ) Direta ( ) Indireta

    4. Quem participa do Plano Anual da Escola? ( ) Professor ( ) Aluno ( ) Representante de

    Associao de Bairro

    5. Que outros organismos existem dentro da Escola e como atuam? ( ) Grmio ( ) Conselho

    Escolar ( ) Associao de Pais

    6. A Escola tem Biblioteca ( ) Sim ( ) No

    7. Como funciona o servio da Biblioteca? ( ) Bom ( ) Regular ( ) Precariamente

    8. Como se da o relacionamento: Administrao X Corpo Docente X Corpo Discente?

    ( ) Bom ( ) Regular ( ) Ruim

    9. Quais critrios para escolha do livro didtico?

    ( ) Fatores socioeconmico dos alunos ( ) Qualidade do material ( ) Pelos efeitos de

    propaganda ( ) Determinado pelo MEC

    10. O livro didtico utilizado: ( ) Pelo professor ( ) Pelo aluno

    11. Com relao a qualificao do corpo docente, podemos distribuir a quantidade total dos

    professores da seguinte maneira:

    _____ Ensino Mdio Incompleto

    _____ Ensino Mdio Completo

    _____ Curso Superior Incompleto

    _____ Curso Superior Completo

    _____ Ps Graduao Completo

    _____ Ps Graduao Incompleto

    D AVALIAO FORMATIVA DA ESCOLA

    1. Quais os aspectos relevados na avaliao do aluno? ( ) Quantitativo ( ) Qualitativo

    2. Quais as modalidades de avaliao utilizada pelo professor?

    ( ) Diagnstica ( ) Formativa ( ) Somativa

    3. Qual a periodicidade das avaliaes somativas? ( ) Semanal ( ) Mensal ( ) Bimestral

    4. Qual a escala de notas em cada avaliao?

    ___________________________________________________________________________

  • 38

    5.Qual a nota mnima para aprovao do aluno?

    ___________________________________________________________________________

    6.Quais os tipos de testes utilizados pela escola? ( ) Objetivos ( ) Discursivos 7. Existe alguma

    modalidade de recuperao na escola? ( ) Sim ( ) No

    Especificar:_________________________________________________________________

    E ORGANIZAO DISCIPLINAR DA ESCOLA

    1. A escola possui Regimento Interno? ( ) Sim ( ) No

    2. Que aspectos so contemplados? ( ) Direitos e deveres do professor ( ) Direitos e deveres dos

    alunos ( ) Outros

  • 39

    Campus I Estao Ferroviria de Ityrapuan - Telefax: (35) 3829-3600 Campus II Rua Joaquim Gomes Guerra, 590 Bairro Kennedy Telefax: (35) 3829-3900

    Caixa Postal, 144 - LAVRAS (MG) - 37200-000 - Internet: www.fadminas.org.br

    CURSO DE PEDAGOGIA

    13. FICHA 01 ACORDO DE COOPERAO DE COMPROMISSO DE ESTGIO AC/TCE

    INSTITUIO DE ENSINO

    Razo Social: _________________________________________________________________________

    Endereo: _______________________________________________ Bairro: ____________________

    Cidade/UF: _______________________ Fone: _______________ CNPJ: _____________________

    Representante: __________________________________________ Cargo: ____________________

    UNIDADE CONCEDENTE

    Nome: _______________________________________________________________________________

    Endereo: ______________________________________________ Bairro: ____________________

    Cidade/UF: _______________________ Fone: ______________ CPF: ______________________

    Representante: __________________________________________ Cargo: ____________________

    Atividade: ______________________________________________

    Formao:

    ___________________

    Resolvera celebrar em si ACORDO DE COOPERAO AC, convencionando as clusulas e

    condies seguintes:

    CLUSULA 1 - O ACORDO DE COOPERAO AC, tem por objetivo formalizar as

    condies bsicas para a realizao de ESTGIO DE ESTUDANTES da INSTITUIO DE

    ENSINO junto a UNIDADE CONCEDENTE UC, o qual deve ser de interesse curricular e

    pedaggico til, entendido o ESTGIO como uma ESTRATGIA COMPLEMENTAR DA

    FORMAO PROFISSIONAL que integra o PROCESSO ENSINO-APRENDIZAGEM.

    http://www.fadminas.org.br/

  • 40

    CLUSULA 2- Em decorrncia do presente Acordo, celebra-se um TERMO DE

    COMPROMISSO DE ESTGIO- TCE entre o ESTUDANTE e a UNIDADE CONCEDENTE

    UC, com a intervenincia da INSTITUIO DE ENSINO IE, nos termos dos 1 do Art. 6

    do Decreto 87.497/82, o qual constitura COMPROVANTE DA INEXISTNCIA DE

    VNCULO EMPREGATCIO.

    CLUSULA 3 - As condies bsicas para a realizao de ESTGIO DE ESTUDANTE esto

    explicitadas no TERMO DE COMPROMISSO abaixo:

    CLUSULA 4 - A UNIDADE CONCEDENTE UC com a intervenincia da INSTITUIO

    DE ENSINO, e de outro lado, o ESTAGIRIO (A).

    ESTAGIRIO (A)

    Nome: _______________________________________________________________________________

    Endereo: ______________________________________________ Bairro: ____________________

    Cidade/UF: _______________________ Fone: ______________ CPF: ______________________

    Curso: ___________________________ Perodo: ___________ Matrcula: _________________

    Celebra entre sim este TERMO DE COMPROMISSO DE ESTGIO TCE, convencionando

    as clusulas e condies seguintes:

    CLUSULA 5 - O TERMO DE COMPROMISSO DE ESTGIO TCE, que decorre do

    ACORDO DE COOPERAO (CLUSULAS 1, 2 e 3) tem por finalidade particularizar a

    relao jurdica especial existente entre o ESTAGIRIO e a UNIDADE CONCEDENTE UC,

    caracterizada a NO VINCULAO EMPREGATCIA.

    CLUSULA 6 - Ficam compromissadas entre as partes as seguintes condies bsicas para a

    realizao de ESTGIO.

  • 41

    a) Este TERMO DE COMPROMISSO DE ESTGIO TCE, ter o perodo de vigncia

    de ___/____/_____a ____/____/______, podendo ser renunciado a qualquer tempo,

    unilateralmente, mediante comunicao escrita ou ser prorrogado excepcionalmente

    atravs de Termo Aditivo.

    b) O CONTRATO DE SEGURO contra acidentes pessoais em favor do ESTAGIRIO(A)

    foi feito pela FADMINAS conforme aplice n____________ da Seguradora

    __________________________, com validade de ___/___/_____ a ___/___/____ .

    c) As atividades de ESTGIO a serem cumpridas pelo ESTAGIRIO (A) sero

    desenvolvidas no horrio (Noturno, Matutino ou Vespertino)_______________

    momento em que o estagirio dever cumprir durante a vigncia deste TCE, com uma

    carga horria de __________horas; com concentrao nas seguintes etapas:

    ( ) Estgio Supervisionado na Educao Infantil

    ( ) Estgio Supervisionado na Educao Jovens e Adultos (EJA)

    ( ) Estgio Supervisionado na Educao Especial na APAE e CEDET (Cento de

    Desenvolvimento de Talentos)

    ( ) Estgio Supervisionado no Ensino Fundamental e Mdio (regular)

    ( ) Estgio Supervisionado de Orientao Escolar

    ( ) Estgio Supervisionado de Superviso Escolar

    d) As atividades principais a serem desenvolvidas, pelo ESTAGIRIO (A), em carter

    subsidirio e complementar, sero compatveis com o contexto bsico da profisso

    qual o curso se refere;

    e) As atividades descritas podero ser ampliadas, reduzidas, alternadas ou substitudas

    para atender os objetivos do Processo de Ensino e Aprendizagem a critrio da

    Instituio de Ensino- IE.

    CLUSULA 7 - No desenvolvimento do ESTGIO ora compromissado, caber UNIDADE

    CONCEDENTE:

    a) Propiciar ao ESTAGIRIO (A) atividades de aprendizagem social, profissional e

    cultural, compatveis com o curso;

    b) Propiciar INSTITUIO DE ENSINO IE, subsdios que possibilitem o

    acompanhamento, a superviso e avaliao do ESTGIO.

  • 42

    CLUSULA 8 - No desenvolvimento do ESTGIO ora compromissado, caber ao

    ESTAGIRIO (A):

    a) Cumprir, com todo o empenho e interesse, toda programao estabelecida para seu

    estgio;

    b) Observar e obedecer s normas internas da UNIDADE CONCEDENTE;

    c) Ao trmino do estgio, elaborar e entregar ao Professor Orientador, relatrio sobre seu

    estgio, na forma, prazo e padres estabelecidos.

    CLUSULA 9 - Constituem motivos para a INTERRUPO AUTOMTICA DA

    VIGNCIA do presente TERMO DE COMPROMISSO DE ESTGIO:

    I Solicitao do estagirio;

    II A concluso ou abandono do curso e o trancamento de matrcula, ou reprovao por faltas;

    III O no cumprimento do convencionado neste TERMO DE COMPROMISSO DE

    ESTGIO TCE, bem como, no ACORDO DE COOPERAO AC, do qual decorre.

    E por estarem de inteiro e comum acordo com as condies de dizeres do ACORDO DE

    COOPERAO e do decorrente TERMO DE COMPROMISSO DE ESTGIO- TCE- as

    partes assinam-nos em 03 (trs) vias de igual teor.

    Lavras, MG, ______de ____________de 20______

    ESTAGIRIO (A)

    UNIDADE CONCEDENTE

    (assinatura sobre carimbo)

    Prof. Dr. Antnio Edimir F. Fernandes

    Coordenador do Estgio

    Curso de Pedagogia

    INSTITUIO DE ENSINO

    (assinatura sobre carimbo)

  • 43

    Campus I Estao Ferroviria de Ityrapuan - Telefax: (35) 3829-3600 Campus II Rua Joaquim Gomes Guerra, 590 Bairro Kennedy Telefax: (35) 3829-3900

    Caixa Postal, 144 - LAVRAS (MG) - 37200-000 - Internet: www.fadminas.org.br

    CURSO DE PEDAGOGIA

    14. FICHA 02 APRESENTAO DO(A) ESTAGIRIO(A) Do: Coordenador do Curso de Pedagogia

    Diretor (a):_____________________________________________________________

    Escola: ________________________________________________________________

    Referncia: Estgio Supervisionado

    Curso: _________________________________________________________________

    Aluno (a):____________________________________________________R.A:_______

    Senhor (a) Diretor (a),

    Temos a satisfao de apresentar a V.S. o (a) aluno(a) acima qualificado(a), cursando o

    _____Perodo do Curso de ______________________ da FADMINAS Faculdade Adventista

    de Minas Gerais, que deseja cumprir a vivncia didtico-pedaggica da disciplina Estgio

    Supervisionado nesta conceituada Instituio de Ensino.

    Conforme consta na grade curricular da disciplina Estgio Supervisionado, com incio

    em ____/____/_________e trmino em _____/_____/_________, com carga horrio total de

    _________(_________________) horas semestral.

    Certos da ateno de V. S na colaborao para melhor formao de nossos acadmicos,

    antecipadamente agradecemos desejando voto da mais alta estima e distinta considerao e nos

    colocando disposio para eventuais esclarecimentos.

    Atenciosamente,

    Lavras, MG, ______de ____________de 20______

    _____________________________________________

    Prof. Dr. Antnio Edimir Frota Fernandes

    Coordenador do Estgio do Curso de Pedagogia

    http://www.fadminas.org.br/

  • 44

    Campus I Estao Ferroviria de Ityrapuan - Telefax: (35) 3829-3600 Campus II Rua Joaquim Gomes Guerra, 590 Bairro Kennedy Telefax: (35) 3829-3900

    Caixa Postal, 144 - LAVRAS (MG) - 37200-000 - Internet: www.fadminas.org.br

    CURSO DE PEDAGOGIA

    15. FICHA 03 VISITA DO ESTAGIRIO ESCOLA/INSTITUIO DE ENSINO

    NOME: ________________________________________________________________

    ESCOLA: _______________________________________________________________

    DATA ASSUNTO CARGA

    HORRIA

    ASSINATURA DIO

    RESPONSVEL

    http://www.fadminas.org.br/

  • 45

    Campus I Estao Ferroviria de Ityrapuan - Telefax: (35) 3829-3600 Campus II Rua Joaquim Gomes Guerra, 590 Bairro Kennedy Telefax: (35) 3829-3900

    Caixa Postal, 144 - LAVRAS (MG) - 37200-000 - Internet: www.fadminas.org.br

    CURSO DE PEDAGOGIA

    16. FICHA 04 LEVANTAMENTO DE DADOS DA ESCOLA

    IDENTIFICAO:

    ESCOLA: _______________________________________________________________

    ENDEREO:____________________________________________________________

    Turnos de funcionamento ( ) Matutino ( ) Vespertino ( ) Noturno

    Nveis de Ensino: ( ) Pr-escolar ( )Ensino fundamental 1 ciclo

    ( ) ensino fundamental 2 ciclo ( ) Ensino mdio

    01) Alunado:

    N de alunos N de turmas

    Educao Infantil _____________ ___________

    Fundamental I (1 ao 5) _____________ ___________

    Fundamental - II (6 ao 9) _____________ ___________

    Ensino mdio 1 ano _____________ ___________

    2 ano _____________ ___________

    3 ano _____________ ___________

    02) Recursos Humanos:

    Corpo Administrativo _______________________________________________

    Equipe Pedaggica _______________________________________________

    Corpo Docente _______________________________________________

    Servios gerais _______________________________________________

    http://www.fadminas.org.br/

  • 46

    03) Colegiado: ( ) sim ( ) No

    Participa da:

    ( ) Aprovao de contas ( ) Administrao escolar

    ( ) Designao e avaliao dos professores ( ) Administrao financeira

    ( ) Elaborao do Projeto Pedaggico

    04) Em termos de organizao Escolar, qual a forma utilizada?

    ( ) Sries ( ) Perodos Semestrais

    ( ) Ciclos ( ) Alternncia Regular

    ( ) Grupos no seriados ( ) Acelerao de estudos

    05) Em termos de instituies escolares dos alunos:

    ( ) Grmio estudantil ( ) Clube de Leitura

    ( ) Clube de sade ( ) APM

    06) Em termos de sistema de avaliao dos alunos:

    ( ) Notas ( ) Crditos

    ( ) Conceitos ( ) Observao

    ( ) Outras:__________________________________________________________

    07) Em termos de recuperao:

    ( ) mensal ( ) bimestral

    ( ) final ( ) paralela

    ( ) Outras:__________________________________________________________

    08) Aspectos Didtico-pedaggico:

    Calendrio escolar

    Incio___________________________Trmino_____________________________

  • 47

    Campus I Estao Ferroviria de Ityrapuan - Telefax: (35) 3829-3600 Campus II Rua Joaquim Gomes Guerra, 590 Bairro Kennedy Telefax: (35) 3829-3900

    Caixa Postal, 144 - LAVRAS (MG) - 37200-000 - Internet: www.fadminas.org.br

    CURSO DE PEDAGOGIA

    17. FICHA 05 LEVANTAMENTO DE DADOS SOBRE A ESCOLA

    01) Qual (is) o (os) espao (s) fsicos que a escola oferece para realizao de atividades?

    ________________________________________________________________

    ________________________________________________________________

    ________________________________________________________________

    02) A escola dispe de profissional formado em Pedagogia, Histria e Geografia?

    ________________________________________________________________

    ________________________________________________________________

    ________________________________________________________________

    03) Qual (is) matria (is) didtico (s) a escola tem disponvel?

    ________________________________________________________________

    ________________________________________________________________

    ________________________________________________________________

    04) Quais os objetivos da escola em relao aos alunos e nveis de ensino?

    ________________________________________________________________

    ________________________________________________________________

    ________________________________________________________________

    05) A disciplina do currculo escolar est atingindo os objetivos proposto pela LDB?

    ________________________________________________________________

    ________________________________________________________________

    ________________________________________________________________

    06) Projeto Pedaggico e andamento:

    ( ) sim ( ) no

    07) Aspecto (s) priorizado (s) no projeto pedaggico:

    http://www.fadminas.org.br/

  • 48

    ________________________________________________________________

    ________________________________________________________________

    ________________________________________________________________

    08) A escola promove:

    ( ) Ciclos de estudo

    ( ) Reciclagens de seus professores

    ( ) Seminrios de atualizao

    ( ) Visitas e/ou excurses educativas

    ( ) outras: _______________________________________________________

    09) O que Escola para voc?

    ________________________________________________________________

    ________________________________________________________________

    ________________________________________________________________

    ________________________________________________________________

    ________________________________________________________________

    ________________________________________________________________

    ________________________________________________________________

    ________________________________________________________________

    ________________________________________________________________

  • 49

    Campus I Estao Ferroviria de Ityrapuan - Telefax: (35) 3829-3600 Campus II Rua Joaquim Gomes Guerra, 590 Bairro Kennedy Telefax: (35) 3829-3900

    Caixa Postal, 144 - LAVRAS (MG) - 37200-000 - Internet: www.fadminas.or