Tribunal .Dirio Oficial de Contas / Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais Belo Horizonte,

  • View
    216

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Tribunal .Dirio Oficial de Contas / Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais Belo Horizonte,

Conselheiros: Sebastio Helvecio Ramos de Castro (Presidente), Cludio Couto Terro (Vice-Presidente), Mauri Torres (Corregedor), Wanderley Geraldo de Avila, Adriene Barbosa de

Faria Andrade, Jos Alves Viana e Gilberto P into Monteiro Diniz. Conselheiros Substitutos: Licurgo Joseph Mouro de Oliveira e Hamilton Antonio Coelho. Ministrio Pblico junto

ao TCE: Daniel de Carvalho Guimares (Procurador-Geral), Elke Andrade Soares de Moura Silva (Subprocuradora-Geral), Maria Cecilia Mendes Borges, Glaydson Santo Soprani

Massaria, Sara Meinberg Schmidt de Andrade Duarte, Marcilio Barenco Correa de Mello e Cristina Andrade Melo.

SUMRIO Tribunal Pleno......................................................... 1

Secretaria do Tribunal Pleno..................................... 1 Coordenadoria de Ps-Deliberao ........................... 5

Presidncia.............................................................. 6

Diretoria Geral do Tribunal de Contas....................... 6

Secretaria-Geral da Presidncia ................................ 7

Coordenadoria de Protocolo e Triagem ..................... 7 Coordenadoria de Taquigrafia e Acrdo .................. 7

Primeira Cmara.................................................... 13

Secretaria da 1 Cmara ......................................... 13

Segunda Cmara.................................................... 14

Secretaria da 2 Cmara ......................................... 14

Diretoria de Administrao .................................... 35

Coordenadoria de Licitao ................................... 35

Escola de Contas e Capacitao Professor Pedro Aleixo................................................................... 35 Ministrio Pblico junto ao Tribunal de Contas ....... 35

Tribunal Pleno

Secretaria do Tribunal Pleno

ATA DA 23 SESSO ORDINRIA DO

TRIBUNAL PLENO REALIZADA EM 02 DE

SETEMBRO DE 2015.

Em 02 de setembro de 2015, no Palcio Ruy Barbosa, sede prpria do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais, s 14 horas, foi aberta a 23 Sesso Ordinria do Tribunal Pleno, presidida pelo Exmo. Sr. Conselheiro Presidente Sebastio Helvecio. Presentes os Exmos. Srs. Conselheiros Mauri Torres, Jos Alves Viana e Gilberto Diniz, o Exmo. Sr. Procurador-Geral do Ministrio Pblico junto ao Tribunal, Dr. Daniel de Carvalho Guimares, e o Secretrio Alexandre Pires de Lima. Ausente, com justificativa, o Exmo. Sr. Conselheiro Wanderley vila. Foi convocado o Exmo. Sr. Conselheiro Substituto Hamilton Coelho para substitu-lo. Ausentes tambm, com justificativa, a Exma. Sra. Conselheira Adriene Andrade e o Exmo. Sr. Conselheiro em substituio Licurgo Mouro. Inicialmente, foi submetida ao Plenrio a ata da sesso

anterior, tendo sido aprovada por unanimidade. Dando sequncia aos trabalhos, teve incio a apreciao dos processos.

PAUTA ADIADA

CONSELHEIRO JOS ALVES VIANA

RETORNO DE VISTA - Relator: Conselheiro

Gilberto Diniz

911788, Consulta, Prefeitura Municipal de Delta, 2014.

Consulente(s): Lauzita Rezende da Costa

DECISO: O Tribunal respondeu consulta nos termos do voto do Conselheiro Relator, com as observaes do Conselheiro Jos Alves Viana, conforme Notas Taquigrficas. Vencidos, em parte, os Conselheiros Cludio Terro e Mauri Torres.

CONSELHEIRO GILBERTO DINIZ

872213, Edital de Licitao, Prefeitura Municipal de Belo Horizonte, 2012.

Parte(s): Murilo Campos Valadares - CPF: 21698422687, Mrcio Arajo de Lacerda - CPF: 13173472691, Jos Lauro Nogueira Terror - CPF: 50660594749, Flavia Paulino Pereira.

Apensos(s): 873223, Agravo.

Procurador(es): Marco Antnio de Rezende Teixeira OAB/MG 36223, Sebastio Esprito Santo de Castro OAB/MG 75112, Nvia Maria Barbosa OAB/MG 51160, Gustavo Alexandre Magalhes OAB/MG 88124, Rsvel Beltrame OAB/MG 65805, Daniel Martins e Avelar - OAB /MG 132704, Yara de Melo Miranda Gonzaga - OAB /MG 128510, Luciano de Araujo Ferraz - OAB /MG 64572.

DECISO: Aprovado, unanimidade, o voto do Conselheiro Relator, nos seguintes termos:

Ante todo o exposto, que consubstancia a anlise dos apontamentos da Unidade Tcnica relacionados ao edital da Licitao SCO n 021/2012 RDC, promovida pela Prefeitura Municipal de Belo Horizonte, visando contratao integrada para implantao da Estao de Integrao BRT Pampulha, julgo:

Nmero 1199 Belo Horizonte, tera-feira, 8 de setembro de 2015

Dirio Oficial de Contas / Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais Belo Horizonte, tera-feira, 8 de setembro de 2015

doc.tce.mg.gov.br Pgina 2 de 42

a) sanada a irregularidade relativa vinculao da liberao de pagamento prvia comprovao de aquisio do Caderno de Encargos da SUDECAP, conforme previso contida na alnea d do item 16.2.4 do edital, porquanto foi excluda tal restrio do pargrafo quinto da clusula sexta do contrato celebrado entre o Municpio de Belo Horizonte e o Consrcio CONATA-MARINS-MAB-BELTRO;

b) irregular o subitem 3.3.1 do edital, relativamente ao estabelecimento de pontuao em razo da experincia do licitante, mas deixo de fixar responsabilidades e, consequentemente, de sancionar os agentes pblicos responsveis pela elaborao do edital e pela homologao do certame, tendo em vista que essa clusula no teve efeito prtico na classificao dos licitantes, uma vez que foi afastada pelo Tribunal de Justia.

Ademais, deixo de manifestar-me sobre a questo relacionada previso de limite mnimo para classificao das propostas, consoante estipulado no item 4 do Anexo XII, por entend-la superada pela deciso do Tribunal de Justia;

c) justificada pela Prefeitura de Belo Horizonte a adoo da contratao integrada prevista no inciso V do art. 8 da Lei Federal 12.462, de 2011, como tambm que os anteprojetos foram suficientes para caracterizar o objeto licitado e possibilitar a sua precificao;

d) que a adoo dos custos SINAPI, diante da documentao constante dos autos, no foi irregular, mesmo entendendo que poderiam ter sido adotados custos locais, como aqueles constantes na tabela da SUDECAP, porquanto a obra objeto da licitao em exame no foi custeada com recursos federais, sem prejuzo do reexame dessa matria, em virtude de novos elementos que possam advir da auditoria que determinarei ao final;

e) prejudicada a anlise dos apontamentos relativos comparao entre as planilhas do BRT So Gabriel e do BRT Pampulha, por falta de elementos suficientes nos autos que permitissem o cotejo desses documentos, tais como plantas e o detalhamento de sondagens, terraplenagens necessrias, instalaes eltricas, lgica, telefonia, hidrossanitrio, preveno e combate a incndios (PCI), sistemas de proteo contra descargas atmosfricas (SPDA), estruturas metlicas, coberturas.

Recomendo ao atual gestor que se abstenha de fixar, nos certames futuros, critrio de pontuao tcnica que possa violar o princpio da isonomia ou restringir a ampla participao no certame, conforme explicitado na alnea b da fundamentao deste voto, e que, em contrataes integradas futuras, no envolvendo

recursos da Unio, sejam verificadas as tabelas SINAPI e SUDECAP para levantamento dos custos de obras, devendo ser adotado o menor custo, desde que isso no comprometa a qualidade pretendida.

Determino, ainda, a realizao de auditoria, objetivando verificar os aspectos suscitados na informao tcnica e no parecer do Ministrio Pblico junto ao Tribunal, especialmente, aqueles relacionados ao correto cumprimento do objeto, pela contratada, em conformidade com as clusulas pactuadas e os projetos elaborados, a efetividade do acompanhamento e fiscalizao realizados pela Administrao, a observncia do prazo de vigncia contratual e as aes efetivadas pela Prefeitura no caso de descumprimento da avena e a compatibilidade dos pagamentos efetuados com os valores contratados e os servios executados. Comunique-se Diretoria Tcnica competente, para adoo das medidas cabveis.

Por fim, o Conselheiro Relator solicitou ao Presidente que a auditoria nessas obras seja realizada com a mxima urgncia possvel, para que o decorrer do tempo no prejudique a ao do Tribunal.

O Conselheiro Presidente determinou a incluso dessa auditoria, em carter prioritrio, para se poder complementar as informaes do Relator.

951587, Recurso Ordinrio, 2015.

Recorrente(s): William Lcio Goddard Borges - CPF: 52975150687.

Processo(s) referente(s): 884803, Edital de Concurso Pblico, Prefeitura Municipal de Sabar, 2012; 886102, Denncia.

Procurador(es): Flvio Carvalho Queiroz Tom OAB/MG 109526 e outro.

DECISO: Pelo provimento do recurso, para cancelar a multa imposta ao Sr. William Lcio Goddard Borges, nos termos do voto do Conselheiro Relator.

951666, Recurso Ordinrio, 2015.

Recorrente(s): Ido Lcio de Ftima Teixeira - CPF: 25015052634.

Processo(s) referente(s): 932801, Assunto Administrativo Cmaras, Cmara Municipal de Dom Joaquim, 2014.

DECISO: Pelo provimento do recurso, para anular a multa cominada ao Sr. Ido Lcio de Ftima Teixeira, nos termos do voto do Conselheiro Relator.

951799, Recurso Ordinrio, 2015.

Dirio Oficial de Contas / Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais Belo Horizonte, tera-feira, 8 de setembro de 2015

doc.tce.mg.gov.br Pgina 3 de 42

Recorrente(s): Evandro Donizetti da Cunha - CPF: 53458826653.

Processo(s) referente(s): 747391, Inspeo Ordinria, Cmara Municipal de Formiga, 2007.

Procurador(es): Abraho Elias Neto OAB/MG 55164 e outros.

ADIADA A APRECIAO DOS AUTOS.

PAUTA DA SESSO DO DIA 02 DE SETEMBRO

DE 2015

CONSELHEIRO WANDERLEY VILA

8488