#31 - GUIA CURITIBA APRESENTA - JANEIRO/2010

  • View
    229

  • Download
    3

Embed Size (px)

DESCRIPTION

JANEIRO 2010 CURITIBA APRESENTA - nº31 - janeiro de 2010 | Distribuição Gratuita Pág. 20

Text of #31 - GUIA CURITIBA APRESENTA - JANEIRO/2010

  • JANEIRO2010

    CU

    RIT

    IBA

    APR

    ESEN

    TA -

    n3

    1 -

    jane

    iro

    de 2

    010

    | D

    istr

    ibui

    o

    Gra

    tuit

    a

    Diferentes estilos se encontram na

    28 Oficina de Msica Pg. 20

  • n d i c e

    Na P late ia 05

    Espao do Le i tor 06

    Entrev ista Sangue b ras i l e i ro em ve ias i ta l i anas 08

    Imperd ve l por E lo i Zanet t i 10

    Teatro e C i rco Teatro em gestos 12

    L i teratura Aprendendo com a emoo 15

    Dana Cu r i t i ba tambm samba 18

    Msica Nas bat idas da pauta 20

    C inema pera para todos 44

    Artes V isuais Tambm: Novidades na arte curit ibana 48

    In fant i l Teatro para se divertir nas frias 64

    Outras reas 63

    D iv i r ta -se 64

    Endereos e Contatos 67

    Conselho Editorial - Paulino Viapiana, Eduardo Pimentel Slaviero, Jos Roberto Lana, Luci Daros, Thaisa Marques Teixeira Sade, Ulisses Iarochinski, Valria Teixeira. Jornalista Responsvel - Fernanda Brun MTB 8022. Colaboradores Alice Rodrigues, Ana Luzia Palka, Aparecido Casemiro de Oliveira, Bianca Sobieray, Carla Anete Berwig, Izabel Taschini, Jayne Sfair Suny, Lucas Ajuz, Luiz Cequinel, Marceline Quadros Achcar, Mayra Pedroso, Miguel n-gelo Gubert, Srgio Serena, Thasa Carolina Moreira, Vivian Siedel Schroeder. Foto Capa - Silvio Aurichio Contatos - Departamento de Imprensa (41) 3213-7513 - agendacultural@fcc.curitiba.pr.gov.br e Departamento Comercial - Juliana Ceccato Pires -(41) 3213-7590 - comercial@icac.org.br. Projeto Grfico - Aliens Design. Endereo - Rua Eng. Rebouas, 1732 Cep: 80230-040 Curitiba-PR. Esta uma publicao do Instituto Curitiba de Arte e Cultura. Todos os direitos reservados. www.fundacaoculturaldecuritiba.com.br

    * As programaes e valores esto sujeitos a alterao sem aviso prvio.

    Memorial PolonsEspao ideal para quem busca progra-mao ao ar livre, especialmente neste ms de vero, o Memorial Polons est localizado no Bosque do Papa, que pos-sui uma bela rea verde de 46 mil m. Inaugurado em dezembro de 1980, aps a visita do Papa Joo Paulo II a Curitiba, o local rene sete casas origi-nais da imigrao polonesa, que abri-gam um museu de mveis e utenslios pertencentes a antigos imigrantes, a capela de Nossa Senhora de Czesto-chowa, um quiosque para a venda de artesanato e produtos tpicos, locais para eventos e exposies, alm da sede administrativa da Guarda Munici-pal e da Fundao Cultural de Curitiba. O Memorial permite, ainda, o contato com a cultura polonesa por meio de fes-tas e comemoraes, realizadas periodi-camente naquele endereo.

    Programao:- Mobilirio PolonsData: Permanente I Horrio: 14h s 18h (2 feira) e 9h s 18h (3 feira a domingo) I Ingresso: Gratuito

    No suje a cidade, recicle.

    foto

    : Lui

    z Ce

    quin

    el

  • Na P

    late

    ia

    Foi a algum evento divulgado pelo Guia? Envie sua foto para agendacultural@fcc.curitiba.pr.gov.br e mostre que voc esteve na plateia.

    > Amanda Andrade durante o V Mega Bazar Ldica, que aconteceu nos dias 11, 12 e 13 de dezembro, na Casa Vermelha.

    > Luis Fernando Frandoloso (4 lugar), Eduardo Baggio (cineasta e membro da banca julgadora), Ricardo Trento (produ-tor executivo da Mostra Caixola) durante a premiao da Mostra Caixola.

    > O artista Valrio Cicqueira durante a abertura da exposio CMYK, realizada na galeria ACASA.

    > Pe. Jos Aparecido, Fernanda Richa e Famlia no Natal do Asilo So Vicente de Paulo, dia 4 de dezembro.

    foto

    s: S

    ilvio

    Aur

    ichi

    o

    > Teresinha de Souza no Natal HSBC

    Em janeiro Curitiba Msica!Em uma tarde de dezembro na pera de Arame, a equipe do Guia, com ajuda da produtora Patricia Sabatowich, reuniu msicos dos mais variados esti-los para uma foto especial: a capa desta edio.

    Juntar no mesmo palco Heavy Metal, MPB e Msica Clssica, mais interessante do que parece, porm no uma misso to fcil. Quem encarou esse de-safio foi o experiente fotgrafo Silvio Aurichio.

    Confira outras imagens deste ensaio na Exposio Virtual no site: www.flickr.com/fundacaoculturaldecuritiba.

    Nas fotos: Aldo Villani, Beline Cidral, Beth Fadel, Carlos Simas, Cristine Marquardt, Fernanda Cas-tro Alves, George Khoury, Ivan Wolkoff, Jefferson Pires, Julio Csar, Soares Coelho, Julio Bomio, Letizia Etcheverry, Levy Carvalho de Castro, Lindsay Funchal, Mariele Loyola, Margareth Alves Makiolke, Maurcio Taborda, Neyde Thomas, Patricia Botelho, Priscilla Pinheiro, Srgio Albach, Vadeco.

    Edit

    oria

    l

    foto

    s: d

    ivul

    ga

    o

    04

    Curit

    iba

    Apre

    sent

    a /

    Jane

    iro 2

    010

    05

    Curit

    iba

    Apre

    sent

    a /

    Jane

    iro 2

    010

  • Qual a sua simpatia para o Ano

    Novo? Alguma j deu certo?

    No sou muito de simpatias, mas algumas coisas jamais esquecemos de fazer, como meia-noite comer doze bagos de uva, em cada um fazer um pedido para o ano e jogar de cos-tas as cascas. No costumo usar branco mas sim cores. Acho que devemos usar a cor que naquele momento sentimos uma maior identi-ficao. S no preto. Para mim, o que real-mente importante na hora da virada orar. Pedir proteo e luz para o ano que se inicia. Sem Deus em nossos coraes nada pos-svel. Se tivermos sade, boa vontade e inicia-tiva, tudo acontece. E nada como um momento mgico destes para nos aproximarmos Dele.

    Dionia Mendes

    Pulo sete ondas, jogo flores brancas para Ie-manj, como rom, uso roupa branca... e ainda assim tudo acaba em pizza!

    Galeria Subsolo

    A minha simpatia para o Ano Novo comer 12 uvas (1 para cada ms) e fazer um pedido a cada uma delas.

    Alexandre HermannGerente Shopping Curitiba

    Grupo Livrarias Curitiba

    Usar uma pea dourada e outra rosa - prosperi-dade, amor - e branco - paz e harmonia.

    Soraya Francisca Dinkhuysen OliveiraDiretora da CONSAI

    Corporao Nacional da Sade Integrada

    No exatemente uma simpatia, mas de uns anos pra c, dou uma geral em casa pra orga-nizar e jogar fora o que no me serve mais: papis, roupas, objetos... Coisas que no so teis (e nem belas), a fim de liberar espao e energia pro novo.

    Nena Inoue

    Tenho o costume de perceber os movimentos da natureza: o canto dos pssaros, o vento, as guas do rio ou do mar, sabendo que fluem na-turalmente sem preocupao com o calendrio. Sentir o primeiro dia do ano com amor e natu-ralidade uma grande e certeira simpatia. Vale tambm curtir o riso das crianas e o brilho dos olhos das pessoas. D muita sorte!

    Ftima Ortiz

    Eu fao uma lista com trs projetos e coloco datas! Quando voc se determina, as coisas sempre do certo!

    Marlise GrothAssessora de Imprensa EDM LOGOS

    Sempre de branco, passo com folhas de louro na carteira e tambm costumo consultar o orculo do Tarot. Sempre d muito certo, mas preciso fazer por onde.

    Paulo Afonso Castro

    Eu tomo muito champagne, para o ano ser far-

    Espa

    o d

    o Le

    itor

    Para a prxima edio: Qual foi a melhor histria de seus outros carnavais?Envie sua mensagem, crticas e sugestes para agendacultural@fcc.curitiba.pr.gov.br ou via twitter (twitter.com/ctbaapresenta)

    to e feliz! Alm disso, no ltimo banho do ano um banho de sal grosso com manjerico, alecrim e alfazema para limpar as energias e abrir os caminhos na virada de ano!

    Christian Fontanelli

    A minha simpatia ser me do meu filho e da minha nora, filha de meus pais, irm dos meus irmos, tia dos meus sobrinhos e amiga dos meus amigos. Sempre funciona.

    Consuelo Cornelsen

    A minha simpatia (que sempre deu muito certo) agradecer honestamente a Deus pelo ano que est acabando e pedir que nos ilumine a todos para as melhores ideias e decises no ano que comea. Isso no falha, garanto. Mas precisa sair l do fundo do seu corao.

    Dante BorbaStudio dB

    Estar em boa companhia a melhor simpatia para comear um novo ano. Queremos que as aes das primeiras horas do ano que comea, se repitam durante o ano todo. Famlia, amigos e as pessoas que nos querem bem.

    Guilherme SellJornalista

    Na hora do Reveillon eu vou para um canto e fico quieto. Este ano no fiz isso e foi o melhor ano, hehe.

    Fernando Klug

    Carne de porco na ceia, uvas, roupa branca e muita f em Deus.

    Deputada Rosane Ferreira

    A minha simpatia para o Ano Novo sorrisos e alegria - sempre d certo. Contagia todo mun-do.

    Maines Olivetti

    Pensar no que foi bom para melhorar e reco-nhecer o que foi ruim para consertar.

    Vadeco

    Eu costumo dar sete voltas em volta de uma mala de viagem para viajar muito no ano vin-douro. Costuma dar certo!

    Karin GaeskiCaixa Cultural

    06

    Curit

    iba

    Apre

    sent

    a /

    Jane

    iro 2

    010

    07

    Curit

    iba

    Apre

    sent

    a /

    Jane

    iro 2

    010

  • (...) quando a msica tem qualidade no h diferena entre o popular e o erudito.

    foto

    s: d

    ivul

    ga

    o

    Voc toca com msicos de vrios pases. Como esse contato com diferentes nacionalidades contribuiu para a formao da sua personalidade musical?Olha, antes de chegar ao Brasil eu nem dava im-portncia a esse assunto de nacionalidade. Acho que como a Europa pequena, a gente se acos-tuma a atravessar uma fronteira a cada dia. Ento a famlia da msica europeia muito misturada. Desde que conheci o Brasil e a msica brasi-leira, descobri aquele termo maravilhoso: MPB. Na Europa no existe uma MPI, uma msica popular italiana. Existe a msica mais ou menos europeia, mas ningum coloc