Por: Denise Lotito e Solange Marques. Frederic Michael Litto Presidente da Abed Frederic Michael Litto Presidente da Abed 10ª Senaed – 400 inscritos Alunos

  • View
    212

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Por: Denise Lotito e Solange Marques. Frederic Michael Litto Presidente da Abed Frederic Michael...

  • Por: Denise Lotito e Solange Marques

  • Frederic Michael LittoPresidente da Abed

    10 Senaed 400 inscritos

    Alunos de EaD no tm direito ao FIES

    Abed est criando um modelo de autoavaliao para as instituies que oferecem EaD

  • Carlos Vogt Universidade Virtual do Estado de SP - Univesp

    Criada em 2012Integrada ao sistema da UAB35 doutores, 5 titularesoferece cursos em parceria com outras instituies: Unesp, USP, Unicamp, CP Souza, Prefeitura de SP, Capes, UAB, Fundao Padre AnchietaGraduao, Ps-graduao e ExtensoPedagogia e Licenciatura turmas de 1.500 alunos 900 formadosCinciastica valores e cidadaniatica valores e sadeIngls e espanholFormao de mediadores e professores para a Defesa CivilLicenciatura em Biologia, Qumica, matemtica e engenharia de produo e computao

    15.530 vagas 7.276 formados

    Canal no You Tube - 2800 vdeos

    TV Cultura canal 2.2

    Revista pr-Univesp para alunos pr-universitrios e professores do Ensino Mdio com aulas e planos de aulas

  • Luiz Roberto Liza CuriPresidente da Comisso de Diretrizes para EaD do Conselho Nacional de Educao

    Marco legal da EaDEaD = 4% dos cursos superioresEaD cresceu 12% no ltimo censo, bem mais em relao aos 3,1% do presencial66% dos municpios no possuem educao superior46% da demanda de EaD nas licenciaturas

    Situao do Ensino Superior:Oferece cursos que no atendem demanda da sociedade (Contabilidade e Direito so os mais oferecidos)Apenas 5% dos estudantes de Engenharia presencial se formamAvaliao do ES: o que os alunos aprendem avaliado (se o curso ensina bem ou no) mas no avaliado como atuam os egressos e se eles tm emprego)

  • Guiomar Namo de Mello Presidente do Conselho Estadual de Educao SP

    Saber ler condio para ser aluno de EaD. Consolidar a EaD depende disso.Desrupo: EaD entra como um torpedo na educao seja online ou no, nos seguintes pontos:- Na alma da educao que a mediao da aprendizagem. preciso formar bons educadores a distncia para que possam mudar a relao pedaggica e metodolgica para aperfeioar a educao.- No planejamento, que essencial. Nesse ponto, a EaD pode ensinar a educao presencial.- Educar com base na autonomia do aluno

    preciso romper as barreiras disciplinares.Estamos entrando na era das plataformas educativas pensando tecnologia com qualidade.EaD tem esse poder desruptivo com educao de autoaprendizagem, em cima de um conjunto de competncia fundamentadas na Blended Learning. EaD com presencial e flexveis.

  • Janes Fidelis TomelinDiretor da Universidade Anhembi Morumbi SP

    A tecnologia desafia a metodologia que temos.Quem resiste ao EaD ingnuo ou desconhece a qualidade de formao que se consegue garantir nessa modalidade.Destaque para a aprendizagem colaborativa.Importncia da institucionalizao da EaD no sentido de promover uma assemelhao cultural com o presencial, quebrando essa barreira do presencial e a distncia.Tecnologia e metodologia so caminhos convergentes que permitem trilhar novas oportunidades e otimizar a criatividade pedaggica dos processos educativosConhecer e refletir novas tecnologias permite redimensionar metodologias a caminho da inovao na educao.

  • Modelos de mediaoConsuelo Aparecida Sietski Santos Unicorreios

    Universidade coorporativa com sede na UNBCorreios tm 125 mil empregados , 94% com Ensino MdioCursos de 10 horas /turma 50 alunosFormao dos tutores (funcionrios): 40hs presenciais + 40hs a distnciaInspira-se nos estudos de George Siemens 2003 Conectivismo

    EAD requerEAD no PlanejamentoEducao em massaModelo estruturadoConstruo de conhecimento individualInovao contnuaInvestimento

  • Modelos de mediaoConsuelo Aparecida Sietski Santos Unicorreios (continuao)

    Mediao: dialgica, colaborativa, interativa

    Tutor:Tutor pode ou no ser autor foco no motivacional Estimular para a socializao /compartilhamentooportunizar vrias ferramentas de discussoentender o ritmo de aprendizagem do alunofomentar a autonomiaconhecer as ferramentas tecnolgicas um educador (no necessariamente um professor)

    Equipe: gerente; analista; coordenador; DI; conteudista; web designer; designergrfico; revisor de texto; jornalista

  • Modelos de mediaoRebbeca Vilagran Reimao Mello Seoane - FGV Online

    Capacitao de tutores: 45hs (3 meses)25% conceitos pedaggicos20% sobre EaD55% sobre EaD na FGV online

    50% de aprovao

    Qualidades do tutor: Dinmico; viso crtica e global; capacidade para estimular a busca pelo conhecimento; habilidade com as tecnologias de comunicao e de avaliao

    Mdia de remunerao: R$ 3.000 por 2 meses de trabalho com uma turma de 40 alunos (muitos so mestres e at doutores)

    Tutores recebem por quantidade de alunoGerenciamento automtico de postagens e envio de tarefas - Moodle

  • Institucionalizao da EaD nas instituiesCarlos Fernando Araujo Junior Unicsul/Unicid

    necessrio que a instituio estabelea diretrizes e integre a EaD com seus processos, gesto, metodologia e avaliao atravs de mecanismos de isomorfismo (colocar na mesma forma) e homogeneizao de processos e estruturas.

    Desafios:- Cultura- Avaliaes externas de cursos e programas- Avaliaes institucional internas- Credenciamento/recredenciamento institucional- Exame Nacional de Desempenho (Enade)- Marco regulatrio- Atualizao tecnolgica e inovao

    EaD tem que ser vista como parte integrada da instituio e no apenas uma parte dela.

  • Institucionalizao da EaD nas instituiesLcia Ins Kronemberger de Andrade - Unigranrio

    Resumo do processo- Capacitao aos professores novos quanto a EaD- Implantao do Blended Learning- Implantao, acompanhamento e avaliao dos cursos- Consolidao e crescimento

    O protagonista o aluno atravs de uma aprendizagem significativa e autoconhecimento.

    Houve redefinio de papis dos docentes e tutores como tambm a transformao do individual para o coletivo.

    Modelagem Pedaggica:- Unicidade presencial e EaD- Aprendizagem significativa- Currculo baseado no desenvolvimento de competncias pessoais e profissionais- Metodologias ativas : estudo de caso/projetos e problematizao- Matriz curricular que integra as demais disciplinas (presencial e EaD)

  • Institucionalizao da EaD nas instituiesWilliam Ramalho Universidade Empresarial Sabesp/Senac

    Educao com apoio da tecnologia no mais a distncia ou presencial, hbrida.Movimento natural que veio para ficarDemanda por competncia (coorporativo) modelo de Gesto de Pessoas a partir das competncias institucionais e liderana = performance humana e empresarialCapital humano com fora de competitividadeCompetncias X Desempenho atravs de avaliaes = carreira, alocao de pessoas e outros

    Indicao pelos gerentes para ampliao de conhecimentos e competncias (por ordem de escolha):1 EaD2 Vdeo3 Presencial4 Eventos/Seminrios

    36% dos cursos na Sabesp so EaD.

  • Immersive learning e gamification learningSol Pinheiro Klapztein UFRJ

    Jogos e Gamificao como ferramentas de auxlio educaoEstudo acadmico dos jogos Ludologia

    Caractersticas do jogo:- Proporciona prazer e interesse- Participao voluntria- possvel sempre errar, comear de novo ou tentar novos caminhos- Tem um fim em si mesmo

    Gamificao: uso dos conceitos de jogos e de game design em contexto externo aos jogos.

    Game Design: criao de regras e estruturas de jogos

  • Immersive learning e gamification learningSol Pinheiro Klapztein UFRJ (continuao)

    Principais conceitos de Gamificao:- Participao voluntria e engajada- Desafios compatveis com habilidades do usurio- Metas claras e estimulantes para que influenciem engajamento- Sistema estimula respostas rpidas e claras- Elementos de incerteza ou surpresa podem potencializar o prazer do usurio- Mecanismos de jogo (pontos, status e outros) como agentes motivadores- Fatores sociais (competio, cooperao, comunicao, coletividade)- Meta final o prazer aliado a aprendizagem

    Metodologias:Quest to learn: www.q2l.org

  • Immersive learning e gamification learningRogrio Favero PlayLearnFaz jogos para educao corporativa

    Jogo no apenas para gerao Y que no gosta de receber material sem interagir.Feedback da utilizao de jogos maior que pelo e-learning.Com a mesma base de jogo ainda h possibilidade de troca de visual e outras interaes para reutilizaoMaior a satisfao do usurioTanto entretenimento quanto aprendizagem se complementam

    Baseado em Cases reais:O aluno o personagem e interage com personagens, documentosNecessrio manter uma sequencia lgicaPromove imerso maior importante entender qual o jogo que o pblico joga mais efetivo estratgias mistas onde o e-learning + jogo so utilizados para prtica da aprendizagem

    Realidade Virtual: exemplo de utilizao: operador de guindaste operando um guindaste pelo culos Rift

  • Immersive learning e gamification learningEliane Schlemmer Unisinos - UFRGS

    Professora titular e Pesquisadora sobre immersive learning

    Jogos so ferramentas icnicas e especiais, que mesclam prazer e interesse, onde o usurio aprende se divertindo.

    Games: Jogo educacional / jogo comercial para processo de ensino aprendizagem / plataformas para construo de games

    Gamificao: usa mecanismos de games para aprendizagem. Concentra vrias teorias de aprendizagem, a partir de uma nica proposta metodolgica.

    Pesquisa em educao digital Second Life Ilha Unisinos

    Princpios bsicos da Cibercultura Andr Lemos - Software livre de realidade virtual- Open simulator- Open wonderland

    Eleonora Jorge Ricardo Uniteclivro: Educao a distncia professores autores em tempos de Cibercultura

  • Educao a Distncia professores autores em tempos de Cibercultura Eleonora Jorge Ricardo AnitecLanando o livro com o nome da palestra: criar textos didticos de qualidade que consigam atrair ereter alunos, e o principal, prom