Abencoados n ele charles haddon spurgeon

  • Published on
    18-Aug-2015

  • View
    18

  • Download
    1

Embed Size (px)

Transcript

<ol><li> 1. Espao Necessrio [Tive que fazer este cabealho para formar a margem superior do texto, mas quandons formos salvar a verso final em PDF, ento ns pintamos de branco, e concertamos ]Espao Necessrio </li><li> 2. Espao Necessrio [Tive que fazer este cabealho para formar a margem superior do texto, mas quandons formos salvar a verso final em PDF, ento ns pintamos de branco, e concertamos ]Espao NecessrioAlgumas citaes deste SermoOs homens sero abenoados nEle. Oh, senhores, se algum tivesse as lnguas dos homens e dos anjos, e se pudesse ao menos por uma nica vez usar essa lngua que no lcita ao homem proferir aquelas palavras que Paulo nos conta ter ouvido quando ele foi arrebatado ao terceiro cu, [2 Cor. 12:2-4] se pudssemos mesmo falar como nenhum outro homem jamais falou, no poderamos plenamente definir todas as glrias dAquele de quem este texto trata.O homem nasce para a tribulao, como as fascas se levantam para voar [J 5:7], e uma condio singular que nenhum homem possa ser abenoado at que venha a ser unido ao Senhor Jesus Cristo: os homens sero abenoados nEle.(...) quando ns repousarmos em nosso leito de morte e todas as demais coisas forem esquecidas na decadncia natural, ns ainda lembraremos deste querido Nome que est acima de todos os nomes, a contemplao da pessoa Bendita de nosso Senhor deve ento absorver todas as faculdades de nosso ser. Os homens sero abenoados nEle, o Senhor Jesus Cristo, o Filho de Deus, o Filho do Homem, o Salvador, o Redentor, o qual sobre todos, Deus bendito eternamente, aquele que tambm osso de nossos ossos e carne de nossa carne. O homem que vem a Cristo pela f, e realmente confia em Cristo, tem todo o passado corrigido. Todos os seus pecados, quaisquer que tenham sido, so perdoados no momento em que ele cr em Jesus Cristo, o Filho de Deus. Suas iniquidades so apagadas, e so como se nunca tivessem sido cometidas. Como a nuvem que passa, e no mais vista, assim as nuvens espessas dos nossos pecados so dispersas por Cristo, to logo cremos nEle. Nem jamais voltar a escurecer o nosso cu. Eu acredito que, muitas vezes, um filho de Deus, quando realiza sua unio com Cristo, sente-se to abenoado que ele no conhece nada mais que possa torn-lo mais abenoado do que j .Comigo mesmo, eu estou sempre insatisfeito, e sempre gemendo porque eu no consigo vencer o pecado completamente; mas com o meu Salvador eu estou sempre satisfeito, eu sou vencedor nEle, e me regozijo nEle, de fato, [sou] abenoado nEle.Eu falei, outro dia, com um amigo cristo, e disse a ele, Minha vida, s vezes, assemelha-se a de um homem que caminha sobre uma corda bamba. A caminhada da f muito misteriosa; um passo em falso, ou um deslize e onde deveramos estar? Meu </li><li> 3. Espao Necessrio [Tive que fazer este cabealho para formar a margem superior do texto, mas quandons formos salvar a verso final em PDF, ento ns pintamos de branco, e concertamos ]Espao Necessrioamigo respondeu, Sim, assim, sem dvida; mas nessa ocasio por baixo esto os braos eternos.H apenas um nico verdadeiro Mdico de almas. Este o Cristo de Deus que sozinho tem o blsamo que curar a doena do pecado.Nunca houve um homem, que veio a Cristo, que falhou em obter uma bno dEle. Nunca houve algum que acreditou em Jesus, e rendeu a si mesmo pelo gracioso poder do Prncipe do Amor, que no tenha obtido uma bno dEle. Eu nunca encontrei um cristo ainda que, em vida ou na morte, tenha dito, Eu tenho sido desapontado em Cristo. Ele me enganou. Eu busquei e esperei pela bem-aventurana, mas eu a tenho perdido. Nunca isto pode ser dito verdadeiramente. Os homens sero abenoados nEle. Se eles realmente vieram a Ele, eles no podem ter perdido a bem-aventurana.O p que foi pregado na cruz nunca rejeitou um pecador at o momento. A mo que foi perfurada nunca afastou um penitente. Cristo todo convite, no h rejeio sobre ele. Ele constantemente convida a pecadores para virem at Ele, e este texto real para voc, quem quer que voc seja, Os homens sero abenoados nEle.Oh! diz algum, mas ns temos tantos sofrimentos e problemas. Ah, isso ns temos! Voc conhece um homem ou mulher que no tem algum? Eu gostaria que voc assinalasse todas as portas em Londres onde as pessoas vivam sem ter algum problema: isto no ir te custar muito para assinalar com giz. No h ningum sem problemas. Se um homem pudesse no ter problemas, ele estaria sem uma bno, pois neste mundo uma das bnos mais extraordinrias, uma das mais ricas, mais verdadeiras bnos que Deus pode enviar aos seus filhos, adversidade.Se ns servssemos um prncipe temporal com poder limitado, ns deveramos falar com respirao suspensa; mas o estandarte que brilha no alto, acima de nossas fileiras, a bandeira do Senhor Deus onipotente, e o brado que ser ouvido at o fim, este: Aleluia: pois o Senhor Deus onipotente reina. Eu pergunto a voc: No natural que Ele deva reinar? , Ele realmente onipotente, no esto todas as certezas como todas as probabilidades, em favor do Seu domnio universal? Deve Ele no reinar? Sim, diz o Esprito, Ele reinar para todo o sempre. </li><li> 4. Espao Necessrio [Tive que fazer este cabealho para formar a margem superior do texto, mas quandons formos salvar a verso final em PDF, ento ns pintamos de branco, e concertamos ]Espao NecessrioAbenoados nEle(Sermo N 2451)Destinado para ser lido no Dia do Senhor, na noite do Dia do Senhor, 7 de Fevereiro de 1886. No Tabernculo Metropolitano, Newington.Os homens sero abenoados nele. (Salmos 72:17)EU DESEJARIA poder falar em meu melhor a respeito do glorioso NELE que mencionado no texto; mas mal entrei em pleno funcionamento aps meu perodo de descanso. Um cuja voz tornou-se enferrujada, como uma chave inutilizada, e algum que, a princpio, no se sente vontade para falar aps um perodo de relativa quietude. Entretanto, no pense que o meu um assunto inferior; se existem defeitos em meu discurso, lembre-se que ser somente por conta deste pregador, que um indigente, e no do Grande Rei e Senhor de quem ele est falando. Os homens sero abenoados nEle. Oh, senhores, se algum tivesse as lnguas dos homens e dos anjos, e se pudesse ao menos por uma nica vez usar essa lngua que no lcita ao homem proferir aquelas palavras que Paulo nos conta ter ouvido quando ele foi arrebatado ao terceiro cu, [2 Cor. 12:2-4] se pudssemos mesmo falar como nenhum outro homem jamais falou, no poderamos plenamente definir todas as glrias dAquele de quem este texto trata.Os pensamentos de Davi, sem dvidas, eram em parte sobre Salomo quando ele escreveu os homens sero abenoados nele e o prprio nosso Senhor falou de Salomo em toda a sua glria; mas que coisa miservel a glria humana ante a muito maior! O Ele mencionado no texto, o mais alto e maior [do que] Salomo, a quem realmente referem-se estas palavras, tem uma glria real no de pompa terrena e brocatel de falso resplendor, nem de ouro e prolas e pedras preciosas, mas, sim, da mais excelente glria de carter e verdadeira beleza de santidade. NEle todas as excelncias divinas esto reunidas. Eu no espero poder express-Lo como Ele merece, eu no poderia contar-lhes todas as Suas virtudes e Suas glrias; mas, oh! Ele muito querido por muitos de ns. Seu nome est gravado nas tbuas de carne dos nossos coraes, e quando ns repousarmos em nosso leito de morte e todas as demais coisas forem esquecidas na decadncia natural, ns ainda lembraremos deste querido Nome que est acima de todos os nomes, a contemplao da pessoa Bendita de nosso Senhor deve ento absorver todas as faculdades de nosso ser. Os homens sero abenoados nEle, o Senhor Jesus Cristo, o Filho de Deus, o Filho do Homem, o Salvador, o Redentor, o qual </li><li> 5. Espao Necessrio [Tive que fazer este cabealho para formar a margem superior do texto, mas quandons formos salvar a verso final em PDF, ento ns pintamos de branco, e concertamos ]Espao Necessrio sobre todos, Deus bendito eternamente, aquele que tambm osso de nossos ossos e carne de nossa carne.Como eu falharia completamente em falar dEle como merece, eu no tentarei esta tarefa impossvel; mas tentarei falar dos homens sendo abenoados nEle. Essa uma nota um pouco mais baixa. Se no podemos chegar oitava mais alta, podemos atingir uma nota menor; ainda quando falamos da bno que vem dEle, vamos ainda pensar nEle de quem vem a bno; e lembremo-nos de que como toda a bno vem dEle; porque todas as bnos esto depositadas nEle; porque todo o bem concebvel habita na pessoa do Senhor Jesus Cristo, e todos ns recebemos tambm da sua plenitude, e graa por graa. [Joo 1:16] I - Minha primeira observao no que diz respeito ao texto, que ele faz meno a uma CONDIO SINGULAR: "os homens sero abenoados nEle." Esta uma condio singular de ser abenoado, pois, por natureza, os homens no so abenoados. Ns nascemos sob uma maldio. Nosso primeiro pai desviou a bno quando desobedeceu a ordem de Deus, e no alvorecer do dia da nossa raa, ele escureceu o nosso cu de uma vez por todas. A maldio ainda permanece sobre o homem, que do suor do seu rosto deve comer o po, e sobre a mulher, que em sofrimento dar luz. Quanta aflio reside na maldio que recai sobre ns em consequncia de nosso prprio pecado. "Quem feriu a todos estes? [So] esses os confortos e alegrias da vida? Muitas vezes, [os homens] foram assassinados pelas prprias mos humanas, atravs de seu prprio pecado ou atravs dos pecados daqueles que o cercam. A trilha da velha serpente est em todo o lugar. Voc no pode abrir o seus olhos sem descobrir que o homem no abenoado, mas muitas vezes permanece sob a maldio. Coloque esta verdade diante de voc, e leia o texto: "os homens sero abenoados nEle." Separados dEle, eles permanecem malditos; eles esfregam as suas mos, e desejam que nunca tivessem nascido, e algum suspiro e sofrimento quase sem cessar. O homem nasce para a tribulao, como as fascas se levantam para voar [J 5:7], e uma condio singular que nenhum homem possa ser abenoado at que venha a ser unido ao Senhor Jesus Cristo: os homens sero abenoados nEle. Muitas pessoas, que esqueceram tudo sobre a maldio, no obstante reconhecem que so infelizes. V acima e abaixo entre toda a raa humana, e quo poucos voc encontrar realmente felizes! Eu acredito que ningum realmente feliz at que esteja em Cristo; porm mesmo que eles estejam felizes, esta no a palavra usada em nosso texto. Este no diz, os homens sero felizes nEle. O texto nos fala de uma mais plena, profunda e rica palavra do que aquela: os homens sero abenoados nEle. Ser mais </li><li> 6. Espao Necessrio [Tive que fazer este cabealho para formar a margem superior do texto, mas quandons formos salvar a verso final em PDF, ento ns pintamos de branco, e concertamos ]Espao Necessriofeliz, pode ser algo deste tempo e deste mundo apenas; eu no quero dizer que a felicidade no possa ser verdadeira ou real, contudo, se comparado com tudo o que a palavra abenoado implica, a palavra feliz no tem eternidade, nem profundidade, nem plenitude, nem fora em si. De forma que, mesmo que os homens sejam felizes, eles no podem elevar-se plenitude da promessa de nosso texto. Mas, ai! A maioria dos homens so infelizes suspirando e lamentando por isto, nunca abenoados, mas apenas esperando virem a ser. O texto, portanto, vem com seu doce anel prateado, anunciando que os homens deixaro de ser infelizes, e que sero mais do que apenas ser felizes, eles viro a ser "abenoados nEle. Eu lamento dizer que h uma terceira categoria de pessoas que embora se elevaram do nvel da maldio, [e] no so absolutamente infelizes, mas, ainda assim, esto em um estado de dvida e hesitao. Ns no podemos dizer que realmente eles so amaldioados, pois ns esperamos que alguma parte da bno haja cado sobre eles; ns no podemos cham-los de infelizes, no entanto, ns sabemos que eles no so eminentemente felizes. Eles esperam ser salvos, ou eles acreditam que sero salvos no fim; mas eles no esto seguros de que as bnos da salvao j os pertencem. Nosso texto no diz que, em Cristo, esta condio de neblina luminosa, se assim posso cham- la, esta condio de dvida e incerteza tudo o que existe para ser atingido. No, mas diz, homens sero abenoados nEle; e nenhum homem pode chamar a si mesmo verdadeiramente abenoado at que saiba que ele abenoado, at que tenha certeza disto, at que tenha passado pelo perodo de questionamento duvidoso, at que ele tenha sado do lamacento e pantanoso pas da hesitao e dvida, e esteja sobre a terra firme da plena confiana, ento ele pode dizer, Eu sou filho de Deus; O amor do Pai est, inalteravelmente, posto sobre mim; eu tenho parte e poro no pacto da graa. Eu sou salvo. Agora, sobre esta condio abenoada que o texto direciona nossos pensamentos; ele promete que os homens sero libertos da maldio, que eles sero elevados da condio natural de infelicidade, que eles sero resgatados de seus questionamentos esperan- osos, e devem realmente vir a ser abenoados. Deus declar-los- abenoados. Ele estabelecer sobre eles o grande selo da aprovao divina, os chamar abenoados, e com este selo neles, viro fluindo em seus coraes a doura de intenso deleite que dever proporcionar-lhes experimentalmente uma bno para seu prprio prazer consciente. Deixe-me falar sobre o que Cristo faz com um homem que est realmente nEle, e depois voc ver como ele abenoado. </li><li> 7. Espao Necessrio [Tive que fazer este cabealho para formar a margem superior do texto, mas quandons formos salvar a verso final em PDF, ento ns pintamos de branco, e concertamos ]Espao NecessrioO homem que vem a Cristo pela f, e realmente confia em Cristo, tem todo o passado corrigido. Todos os seus pecados, quaisquer que tenham sido, so perdoados no momento em que ele cr em Jesus Cristo, o Filho de Deus. Suas iniquidades so apagadas, e so como se nunca tivessem sido cometidas. Como a nuvem que passa, e no mais vista, assim as nuvens espessas dos nossos pecados so dispersas por Cristo, to logo cremos nEle. Nem jamais voltar a escurecer o nosso cu. O perdo que Deus d no temporrio, mas eterno. Uma vez perdoado, voc perdoado para sempre; o ato do perdo divino e esquecimento permanecem firmes para todo o sempre. No o homem realmente abenoado, quando liberto de seus pecados? Davi disse, Bem-aventurado aquele cuja transgresso perdoada, e cujo pecado coberto. Bem- aventurado o homem a quem o SENHOR no imputa maldade, e em cujo esprito no h engano [Salmos 32:1-2]. Esta a bem-aventurana que Cristo d queles que esto nEle, tal como para o passado que na sua totalidade, com toda a sua escurido, com todo os seus agravantes de pecado, Ele os tomou sobre si mesmo, e suportou o castigo devido por causa deles, e Ele os purificou, e diz ao homem que cr nEle: "Os teus pecados, que so muitos, esto todos perdoados; v em paz." Essa uma parte da bem-aventurana daqueles que esto em Cristo, o passado totalmente perdoado. Ao mesmo tempo, os homens que esto em Cristo recebem favor presente. To logo realmente cremos em Jesus, nada haver que roube de sobre o nosso corao um prazeroso senso de descanso, segundo o gracioso convite e promessa dEle, Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei....</li></ol>