Click here to load reader

CIRURGIA VASCULAR - unesc. · PDF file profunda e trombose em artéria ... Sinais clínicos de trombose venosa profunda, tosse, ... é observado fluxo reverso na veia jugular interna

  • View
    212

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of CIRURGIA VASCULAR - unesc. · PDF file profunda e trombose em artéria ... Sinais...

CIRURGIA VASCULAR

Questo 01

Mulher jovem, com quadros intermitentes de vertigem e mal-estar, apresenta diferena de presso nos membros

superiores. Qual o exame decisivo para o diagnstico?

a) Eco dopler de cartida. b) Angiografia do arco artico, com estudo dos troncos supra-articos. c) Eco dopler transcraniano. d) Tomografia de trax. e) Ultrassonografia de cartida.

Questo 02 Em pacientes com isquemia crnica de membros inferiores, a angiografia tem como principal objetivo:

a) Diagnstico anatmico da leso. b) Diagnstico etiolgico da leso. c) Programao cirrgica. d) Complementao propedutica do caso. e) Deciso teraputica: clnico x cirrgico.

Questo 03 Uma senhora de 77 anos de idade vai pela primeira vez a um cirurgio vascular. Ela hipertensa, diabtica,

tabagista e foi submetida a angioplastia coronariana h sete anos. Relata que tem de parar de deambular, em

decorrncia de dor em queimao na panturrilha esquerda, a cada 80 m, aproximadamente. Nega queixa

semelhante no membro colateral. Ao exame fsico, apresenta ausncia de pulsos poplteo e distais em membro

inferior esquerdo e ausncia de pulsos femoral e distais no membro inferior direito. No h leses trficas. Em

relao conduta, nesse caso, correto afirmar:

a) Esta paciente deve ser internada e submetida a uma arteriografia, e, se confirmar ocluso aortoilaca direita, preciso submet-la a um enxerto aortobifemoral.

b) Essa paciente deve ser submetida a um enxerto femorofemoral cruzado, uma vez que apresenta pulso femoral no membro inferior esquerdo e ausncia no direito.

c) Essa paciente deve ser submetida a aquecimento passivo do membro e anticoagulao plena. d) Essa paciente deve ser internada e submetida a uma arteriografia, e, se essa confirmar ocluso da artria

femoral esquerda, submet-la a um enxerto femoropoplteo.

e) Deve ser inicialmente institudo tratamento clnico com estmulo deambulao, antiagregao plaquetria e interrupo do tabagismo.

Questo 04 Qual a primeira e a segunda causa mais comuns, respectivamente, de claudicao intermitente em um paciente

jovem de 25 anos de idade, sem comorbidades ou histria de etilismo ou tabagismo?

a) Sndrome do aprisionamento da artria popltea e doena cstica da artria popltea. b) Sndrome do aprisionamento da artria popltea e tromboangiite obliterante. c) Doena cstica da artria popltea e sndrome do aprisionamento da artria popltea. d) Tromboangiite obliterante e aneurisma de artria popltea. e) Doena cstica da artria popltea e tromboangiite obliterante.

Questo 05 Em relao doena arterial obstrutiva perifrica, qual das alternativas a seguir est incorreta?

a) Atualmente, nas cirurgias diretas de revascularizao infrainguinal, os melhores resultados so obtidos com a utilizao de enxertos autgenos.

b) Estenose isolada na origem da artria subclvia, em pacientes previamente submetidos a pontes mamrias, pode acarretar sintomas de angina miocrdica durante a realizao de exerccios em membro superior, a

chamada sndrome do roubo da mamria.

c) Nas revascularizaes diretas infrainguinais, a complicao ps-operatria precoce mais frequente a trombose de enxerto.

d) Estenose isolada na origem da artria vertebral pode acarretar sintomas vertebrobasilares durante a realizao de exerccios em membro superior, a chamada sndrome do roubo da subclvia.

e) Perante a utilizao de enxertos sintticos para revascularizaes infrainguinais, as taxas de perviedade ficam reduzidas significativamente quando a ponte ultrapassa a articulao do joelho.

Questo 06 Em relao fisiopatologia da aterosclerose, qual das afirmativas a seguir incorreta?

a) As leses aterosclerticas iniciais ocorrem especialmente em locais em que o fluxo laminar sanguneo est alterado.

b) O xido ntrico, produzido pelo endotlio, apresenta efeito vasodilatador e antitrombtico. c) As clulas espumosas so formadas por macrfagos que captam lipoprotena de baixa densidade (ldl)

oxidada.

d) A endotelina e a angiotensina II tm ao sinrgica ao xido ntrico, protegendo o vaso da formao de placas de aterosclerose.

e) As lipoprotenas de baixa densidade oxidadas apresentam efeito quimiottico para moncitos e linfcitos t.

Questo 07 Uma senhora de 72 anos de idade, diabtica e tagabista, relata que no consegue deambular em sua casa, de sua

cama para o banheiro, em decorrncia de dor em queimao na panturrilha direita, que a faz parar no caminho.

Apresenta ausncia de pulsos poplteo e distais bilateralmente. Considerando a classificao de Fontaine para

os estgios clnicos da aterosclerose obliterante perifrica (aop), em qual categoria essa paciente se classifica?

a) IIA. b) IIIA. c) IIIB. d) IV. e) IIB.

Questo 08 Na isquemia arterial crnica, a dor em repouso uma manifestao de:

a) Tendinite. b) Miosite. c) Neurite. d) Osteomielite. e) Vasculite.

Questo 09 As leses vasculares no trax por trauma fechado so mais comuns em:

a) Paciente com hemotrax. b) Pacientes com penumotrax. c) Paciente com fratura de primeira costela, escpula e esterno. d) Pacientes com trax instvel. e) Paciente com contuso pulmonar.

Questo 10 As leses vasculares mais comuns, causadas por desacelerao, so:

a) Pseudoaneurisma de vertebrais. b) Leso trombtica de artria femoral. c) Leso de artria popltea por luxao posterior de joelho. d) Leso traumtica de artria braquial. e) Ruptura traumtica da aorta e trombose/disseco traumtica de cartida.

Questo 11 Na leso traumtica de artria popltea com necessidade de revascularizao, qual o substituto arterial ideal?

a) Ptfe. b) Veia safena magna. c) Dacron. d) Stent expansvel por balo. e) Veia de cordo umbilical.

Questo 12 Qual das artrias apresenta o pior prognstico de evoluo para gangrena no trauma?

a) Artria popltea distal. b) Artria femoral profunda. c) Artria ulnar. d) Artria tibial anterior. e) Artria fibular.

Questo 13 Paciente de 24 anos deu entrada ao pronto-socorro vtima de perfurao por arma de fogo em membro inferior

esquerdo na face medial distal de coxa. Ao exame, paciente grave, hipotenso, com volumoso hematoma em

coxa, sem pulso poplteo e distal, e com membro plido e frio. Qual a melhor conduta vascular?

a) Solicitar doppler eletivo para avaliao de leso vascular. b) Realizao de arteriografia. c) Heparinizao sistmica e aquecimento de membro. d) Indicar explorao vascular com controle de sangramento e revascularizao do membro. e) Conduta expectante.

Questo 14 Paciente feminina, 32 anos, vtima de acidente motociclstico, d entrada ao hospital transferida de outro

servio, com relato de que h 24 horas teve trauma no membro inferior direito com luxao posterior de joelho.

Foi avaliada pela ortopedia do servio de origem, que realizou a fixao da instabilidade articular do joelho e

encaminhou paciente para avaliao vascular. Ao exame, paciente com membro inferior direito com cianose

no fixa em p, palidez e frialdade em perna e apenas pulso femoral palpvel, sem pulsos poplteo e distais.

Realizado doppler no servio de origem que relatou fluxo trifsico em artrias femoral comum, superficial e

profunda e trombose em artria popltea, com fluxo monofsico em artrias de perna. Qual a melhor conduta

vascular nesse caso?

a) Tratamento endovascular com trombolise qumica. b) Realizao de angioplastia de artria popltea trombosada. c) Aquecimento passivo do membro. d) Aguardar delimitao do nvel de isquemia. e) Indicar cirurgia de revascularizao de membro, com bypass com veia safena e fasciotomia em perna.

Questo 15 Sobre a heparina, pode-se afirmar, exceto:

a) A heparina metabolizada no fgado e tem sua eliminao renal. b) Existem indivduos com resistncia natural a ao da heparina. c) A heparina de baixo peso molecular tem seu efeito revertido completamente pela protamina. d) A heparina no atravessa a barreira placentria e no est associada a malformaes fetais. e) O uso de heparina pode induzir plaquetopenia.

Questo 16 Em 1985, Wilhelm Konrad Roentgen descobriu os raio-x, utilizando o tubo de crookes. Compreender seu

funcionamento fundamental para entender como se formam os raios-x. Em relao ao tubo de crookes,

correto afirmar, exceto:

a) composto de um tubo de vidro lacrado de tal maneira que se forma vcuo em seu interior. b) No seu interior o feixe de eltrons migra da placa negativa (catodo) em direo placa positiva (anodo). c) A diferena de potencial gerado entre anodo e catodo medida em quilovolts (kv). d) A quantidade de corrente gerada pelo feixe de eltrons medida em miliamperes (ma). e) A placa do anodo geralmente formada por material de baixo nmero atmico, para suportar baixas

temperaturas.

Questo 17 So indicaes de interveno endovascular para tratamento de embolia pulmonar, exceto:

a) Gradiente arterioalveolar de oxignio de 60 mmhg. b) Ecocardiografia com presso de artria pulmonar de 15 mmhg. c) ndice de miller de 0,8. d) ndice de choque (frequncia cardaca/presso arterial sistlica) de 1,5. e) Queda de 50 mmhg na presso arterial mdia.

Questo 18 A embolia pulmonar considerada macia quando ocorre a obstruo de no mnimo 50% do leito vascular

pulmonar. Assinale a alternativa em que os sinais e sintomas clnicos so mais comumente encontrados em

pacientes com tromboembolia pulmonar macia:

a) Taquipneia, dispneia, dor torcica pleuritica. b) Sinais clnicos de trombose venosa profunda, tosse, taquicardia. c) Taquipneia, b2 hiperfonetica e tosse. d) Sinais clnicos de tvp, dispneia e tosse. e) Roncos pulmonares, sinais clnicos de tvp, dispneia e tosse.

Questo 19