Click here to load reader

Seminário: Trombose venosa profunda - TVP

  • View
    5.890

  • Download
    0

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Slide Seminário TVP

Text of Seminário: Trombose venosa profunda - TVP

  • 1. Consiste na formao decogulos sanguneosnointerior das veias profundas.Normalmente compromete asveias da pelve, das coxas oudas panturrilhas, mas tambmpode acometer o brao, opeito ou outras partes doorganismo.

2. Tem papel significativo nodesenvolvimentodatrombose venosa profundaso: estase do sangue (estasevenosa), leso da paredevascular ecoagulaosangunea alterada. 3. Avalia-se o quadro apresentado pelo pacientee procura-se identificar os fatores e ascondies de risco. Os pacientes com uma histria de veiasvaricosas, hipercoagulao,doenaneoplsica, doena cardiovascular ou cirurgiaou leso importante recente esto em riscoelevado. 4. SINAISSINTOMAS Inchao Dores Varizes Dificuldades de locomoo Palidez Cianose 5. Exames de sangue so realizadosperiodicamente durante o tratamento, a fimde monitorar o nvel de anticoagulao dacirculao. Duplex-scan D-dmero Venografia: 6. Objetivo: Evitar que o trombo cresa e sefragmente (com risco de embolismopulmonar) e a ocorrncia de trombolismorecorrente. 7. Retarda o tempo da coagulao, mas nodissolve o trombo. Heparina no fracionada Heparina de Baixo Peso Molecular Terapia Tromboltica Anticoagulantes Orais 8. Trombectomia A angioplastia por balo e aplicao de stentesto sendo usadas nas veias ilacas dospacientes com doenas venosas. 9. Progresso na corrente sangunea detrombos, fragmentosdeplacasateromatosas, clulas tumorais, gases ououtros corpos estranhos, desprendidos ouintroduzidos num local qualquer do sistemacardio-circulatrio,podendocausarobstruo total ou parcial de uma artria, emponto distante de sede de origem. 10. Os mbolos nas artriasoriginam-semaiscomumente de trombosque se desenvolveram noscompartimentos cardacosem conseqncias dafibrilao atrial, infarto domiocrdio,endocarditeinfecciosa ou insuficinciacardaca crnica. 11. Um mbolo arterial geralmente diagnosticado com base na natureza sbitado incio dos sintomas e em uma fonteaparente para o mbolo. Diante de umquadro clnico e de uma histria compatvel,solicita-se os exames complementares. 12. Os sintomas dependem muito da localizao da artria atingida,bem como da amplitude da regio isqumica.Sintomas mais frequentes: Palidez Poiquilotermia(resfriamento) Ausncia de Pulsos Cianose Paresia ou Plegia Dor Parestesia 13. Os exames mais frequentemente solicitadosincluem os exames de imagem: Eco-doppler colorido Angiografias 14. O tratamento pode ser clnico ou cirrgico. Consiste na remoo cirrgica dos cogulosatravs de um cateter balo at o local onde aartria est afetada. fundamental que o tratamento sejaindividualizado. O paciente dever ser tratado no hospital. 15. Proporcionar posicionamento adequado; Promover o retorno venoso na parte afetada; Promover o conforto; Proporcionar cuidado associado com asintervenes clnicas e cirrgicas, conformeapropriado; Educar o cliente e a famlia.