Um Estudo Panor¢mico das Ep­stolas Paulinas I

  • View
    704

  • Download
    14

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Um Estudo Panorâmico das Epístolas Paulinas I

Text of Um Estudo Panor¢mico das Ep­stolas Paulinas I

1

EPISTOLAS PAULINAS I Um estudo Panormico das Epistolas Pastorais e Epistolas da priso Lio 1 INTRODUO A LITERATURA EPISTOLAR

I.

LITERATURA EPISTOLAR DO NOVO TESTAMENTO A- O Novo Testamento tem 27 livros dos quais 21 so epistolas, constituindo 35% do texto do N.T. Destas 21 epistolas,13 so do Apostolo Paulo. B- Por que Paulo e os demais escritores Epistolares usaram esta forma de comunicao? (no era comum entre os judeus) C- A resposta pode ser dupla: 1. O cristianismo expandiu rapidamente a longas distncias e foi preciso um meio de comunicao a distncia para compartilhar a F. 2. A sensao de proximidade pessoal que as cartas traziam.

II.ABCD-

E-

LITERATURA EPISTOLAR NO CONTEXTO GRECO-ROMANO As cartas eram um meio de comunicao oficial para negcios militares e admnistrao governamental.(Ex: 2 Sm11:14-15;Ed 4:6-23) Com o desenvolvimento do Papel feito de papiro a escrita de cartas tornou-se mais comum. Mesmo assim era restrito o servio postal ao governo. Os ricos podiam despachar servos para entregar suas cartas. A maioria do povo porm dependia de amigos ou estranhos para levar sua correspondncia. As cartas no mundo Greco-Romano tinham 4 propsitos bsicos: 1. Prover informao necessria 2. Fazer pedidos a algum superior 3. Instruir um subordinado 4. Manter o relacionamento entre os correspondentes. Frequentemente o mensageiro que entregava a carta esclarecia o contedo da mesma (1Co 1:11;7:1). CARACTERSTICAS E ESTRUTURA DAS CARTAS Endereo Saudao Corpo Concluso O endereo e a saudao eram geralmente bastante curtos: A para B saudaes (cairein -Chairein). (Ex: At 15:23;Tg 1:1). Algumas epistolas do N.T no possuem nenhum tipo de introduo epistolar (Hebreus e 1Joo). A maioria das cartas do N.T expande o endereo e modifica a saudao simples numa orao por benos (Ex: Todas as Paulinas,1 e 2 pedro e 2 Joo). Esta mudana est atrelada ao propsito da carta e foi facilitada pela semelhana entre : saudaes (cairein - Chairein) e Graa (cariv - Charis). Na antiguidade as cartas traziam votos de sade fisca (Ex: 3 Joo). O N.T substitui este voto por aes de graa no inicio das cartas ou benos (Ex: Todas as Paulinas exceto Gl, 2Co, 1Tm, e Tito)

III.

A- A carta Greco-Romana tpica era constituida de:

BCDEF-

2

G- Em geral as cartas do N.T so mais longas que as demais cartas da antiguidades.Veja o esquema: Escritor Cartas escritas Ccero Sneca Paulo 776 cartas 124 cartas 13 cartas Cumprimento mdio e Nmero de palavras entre 22 e 2530 Entre 149 e 4134 Mdia de 1300 palavras Romanos tem 7114

IV.

EPISTOLA OU CARTA ?

A- Alguns estudiosos acreditam haver uma distino entre Cartae Epistola. B- Epistolas seriam peas de literatura pblica cuidadosamente redigidas ao passoque Cartas seriam comunicaes particulares sem maiores cuidados e preocupaes. C- Segundo tais estudioso as cartas de Paulo estariam classificadas nesta ultima categoria. Entretanto as cartas do mundo Greco-Romano variavam de obrasprimas da Retrica at simples e curtos pedidos de dinheiro. D- As cartas do N.T esto em algum ponto entre a extremidade literria (Hebreus e Romanos) e a extremidade comum (Filemom e 3 Joo).

V.

O USO DE AMANUENSES cartas eram ditadas a escribas formados.

A- O custo alto do Papiro e o baixo indice de alfabetizao indicavam que muitas B- O uso desses escribas (Amanuenses) por autores do N.T claramente indicado(Rm 16:22)

C- Quando um amanuense escrevia a carta era comum o autor acrescentar umasaudao final de prprio punho (2Ts 3:17 e Gl 6:11) D- Isto nos explica a razo das diferenas de estilo de escrita e a qualidade do grego entre algumas epistolas. Paulo e os demais escritores teriam usado amanuenses diferentes (2Tm 4:11)

VI. A TEOLOGIA DAS ESPISTOLAS PAULINAS 1. A Justia de Deus 2. 3.(17 vezes refere-se a justia de Deus nas Paulinas) Ex: Rm 1:17;2Co 5:21 Cristo a Justia de Deus (Rm 3:22;1Co 1:30;Fp 3:9) A F Meio de alcanar a Graa (Ef 2:8-10) Meio de obter a Justificao (Rm 5:1) A unidade da F (Ef 4:5,13) Identificao espiritual com Cristo (1Co 11:1;2Co 13:5;Cl 2:6;3:1) O conflito entre: Carne X Espirito, Graa X Lei, Velho X Novo Homem Carne X Espirito (Gl 5:17) Graa X Lei (Rm 3:21-31;Ef 2:8-10;Gl 5:4-5) Velho X Novo Homem (Ef 4:22-24) Israel e a Igreja (Rm 11;Gl 4:21-31) tica crist Relaes familiares corretas (Ef 5:22-6:3;Cl 3:18-25) Relaes trabalhistas corretas (Ef 6:5-9;Cl 3:22-25) Relao governo-cidado correta (Rm 13:1-7)

4. 5.

6. 7.

3

IV.

Classificao das epistolas Paulinas

Perodo do ministrio de Paulo Primeira Viagem Missionria Segunda viagem Missionria 1

Ordem de escrita

Carta escrita para:

De: Antioquia da Siria Voltando a Galcia Corinto

Idade aprox. de Paulo

Galcia (1)Tessalnica (2)Tessalnica1

49

2 3 4

51 52

Corinto (1)

Efso Macednia (na volta) Corinto (na volta)

56 56 57

Terceira Viagem Missionria

5 6 7 8

Corinto(2) Roma Efso2

Colossos Roma provvel 61 - 62

Primeira priso

9 10

Filemom em Colossos Filipos Tito em Creta Timteo em Efso (carta 1) Timteo em Efso (carta 2)

Periodo aps sua libertao Segunda priso e Martirio

11 12

63-66

13

Roma

67

1

Antes da carta 1aos Corintios houve uma carta anterior (1Co 5:9) que est perdida a ns. Foi escrita provalmente quando Paulo regressava palestina e dai a Efso e na volta de Efso a teria escrito.2

Paulo escreveu uma carta aos laodicenses que est tambm perdida a ns e que foi lida aos Colossenses. (Cl 4:16). Alguns acreditam ser na verdade a Epistola aos Efsios.

4

EPISTOLAS PAULINAS I Um estudo Panormico das Epistolas Pastorais e Epistolas da priso Lio 2 INTRODUO AS EPISTOLAS DA PRISO

I.

A PRISO DE PAULO (At 21:17-28:31) A- Por qu?a- Paulo foi acusado pelos judeus de ser contra as 3 coisas mais sagradas aosjudeus (At 21:27-36) 1. O povo de Israel 2. A Lei 3. O Templo b- Paulo foi suspeito de ter perturbado a Pax Romana que era algo terrvel aos Romanos.(At 19:39-41).

B- Onde? a- Paulo foi aprisionado em Roma,mas antes de chegar em Roma ele fica preso por2 anos em Cesaria (At 24:27).

b- As cartas da priso foram escritas de Roma e no de Cesaria com algunsafirmam.

c- Eis algumas evidncias:1. H referncias a casa de Csar (Fp 4:22) 2. H referncias a guarda pretoriana (Fp 1:13) 3. A liberdade que Paulo tinha para pregar est em harmonia com o relato de Lucas (At 28:31;Ef 6:19-20)

C- Quando? A- Paulo ficou pelo menos 2 anos preso em Roma (At 28:30)

II.

CRONOLOGIA DA CARREIRA MISSIONRIA DE PAULO EVENTO DATA PROVVEL34-35 d.C (ou antes) 35 -37d.C 37d.C 37- 45 d.C 45,46 ou 47 d.C 46 - 47 ou 47- 48 d.C 48 ou 49 d.C 48-51 ou 49-51 d.C 52-57 d.C 57-59 d.C 59-60 d.C 60-62 d.C 62-64 d.C 64-65 d.C ou 66-67 d.C

Converso Ministrio em Damasco e Arbia 1o Visita a Jerusalm Ministrio em Tarso e na Cilcia Visita de socorro aos famintos 1o Viagem Missionria Concilio em Jerusalm 2a Viagem Missionria 3a Viagem Missionria Priso em Cesaria Viagem a Roma Priso em Roma Ministrio no Oriente Morte

5

III.

O CONTEXTO DAS EPSTOLAS DA PRISO

A- Paulo estava preso em Roma e l encontra o escravo fugitivo Onsimo. B- Paulo prega a Onsimo e este converte-se (Fm 10) C- Paulo escreve a carta a Filemom pedindo-lhe que aceite Onsimo agora como irmo (Fm 16). D- Neste mesmo tempo aparece Epafras que precisava da ajuda de Paulo E- Algumas falsas doutrinas esto sendo ensinadas em Colossos. F- Paulo escreve a carta aos Colossenses para refutar estas heresias. G- Epafras permanece em Roma junto com Paulo (Cl 4:12-13) H- Onsimo e Tiquico levam as cartas de Paulo aos seus destinatrios Efso(Ef 6:21), Colossos (Cl 4:7-9) e a Filemom .

IV.

UMA VISTA GERAL NAS EPISTOLAS DA PRISO A- As Epstolas Gmeas Efsios Colossensesa- H cerca de 40 coincidncias de pensamento e de linguagem nas 2 cartas. Dos 95 versculos de Colossenses 2/3 do contedo de Efsios esto em Paralelo direto ou indireto. b- Embora h grandes semelhanas os contextos de cada comunidade diferente.(Ex: Efsios no apresenta evidncias de controvrsia ( bem genrica) ao passo que h em Colossenses (Cl 2:16-23) c- A estrutura de ambas as cartas bastante semelhante:

ESTRUTURA DE EFSIOS - COLOSSENSES COMPARADASSEO DOUTRINRIA Efsios 1:1-4:16 Colossenses 1:1-3:4 CONCLUSO COM APLICAO PRTICA Efsios 6:10 -18 Colossenses 4:5 RELAO DE CRISTO COM A IGREJA Efsios 1:1-23 Colossenses 1:1-29 A COMISSO DE PAULO Efsios 3:1-13 Colossenses 1:23-29 SUMRIO DA DOUTRINA NO FIM DE CADA SEO DOUTRINRIA Efsios 4:1-16 Colossenses 3:1-4 NAS SEES PRTICAS ADVERTNCIAS CONTRA CERTOS PECADOS Efsios 4:17-5:21 Colossenses 3:5-17 DESCRIO DAS RELAES HUMANAS DENTRO DO EVANGELHO Efsios 5:22- 6:9 Colossenses 3:18- 4:1

6

B- As Epstolas enviadas juntas Colossenses Filemom a- As Epstolas de Colossenses e Filemom foram escritas no mesmo tempo e enviadas juntas por Tiquico e Onsimo (Cl 4:7-9) b- Eis algumas evidncias: 1. As pessoas enviando saudaes nas 2 cartas so as mesmas exceto por Jesus o justo (Cl 4:11) 2. Paulo e Timteo assinam a autoria em ambas as cartas (Cl 1:1 e Fm 1) 3. Arquipo lembrado e saudado em ambas as cartas (Cl 4:17 e Fm 2) C- A Epstola posterior- Filipenses a- Ao que parece a Epistola aos Filipenses foi a ultimas da priso a ser escrita. b- Algumas evidncias so sugeridas: 1. As cadeias de Paulo j esto largamente conhecidas (Fp 1:13-14) 2. Tempo suficiente para a igreja em Filipos enviar Epafrodito a Paulo 3. Epafrodito adoece, se recupera e volta para casa (Fp 4:26) 4. Nesta altura Lucas j parece no estar com Paulo (ver saudaes)

7

EPISTOLAS PAULINAS I Um estudo Panormico das Epistolas Pastorais e Epistolas da priso Lio 3 A EPISTOLA AOS EFSIOS As insondveis riquezas de Cristo I. A