comunicaçao alternativa suplementar

  • View
    224

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of comunicaçao alternativa suplementar

  • 8/3/2019 comunicaao alternativa suplementar

    1/34

    Comunicao Alternativaou Suplementar

    Prof. Walkiria Gonalves Reganhan

  • 8/3/2019 comunicaao alternativa suplementar

    2/34

    Comunicao Uma situao de comunicao

    envolve:

    1. Uma pessoa que recebe ainformao;

    2. Uma pessoa que transmite ainformao;

  • 8/3/2019 comunicaao alternativa suplementar

    3/34

    L

    inguagem Conceito abstrato;

    A essncia da linguagem

    no est em

    sercomunicativa ; a sua marca a no fixidezde sentido: a mesma forma pode tersignificados diferentes e muitas vezesopostos. Essa flexibilidade, o sentido que serenova o que no existe na comunicaode outra espcies;

  • 8/3/2019 comunicaao alternativa suplementar

    4/34

    A anedota e o jogo de palavras, apoesia, o humor s existem se h

    linguagem, possibilidade de criarnovos sentidos.

  • 8/3/2019 comunicaao alternativa suplementar

    5/34

    Comunicao suplementar ou

    ampliada Enfatiza formas alternativas decomunicao visando dois objetivos

    prom

    over e suplem

    entar a fala, egarantir uma forma de comunicaopara o indivduo que no comeou a

    falar.

  • 8/3/2019 comunicaao alternativa suplementar

    6/34

    Fatores a Serem Consideradosna Escolha das Formas de

    Comunicao Resduo visual uso funcional da

    viso;

    Resduo auditivo uso funcional daaudio;

  • 8/3/2019 comunicaao alternativa suplementar

    7/34

    Ateno ttil;

    Habilidades cognitivas;

    Problemas motores e/ou musculares;

    Isolamento;

  • 8/3/2019 comunicaao alternativa suplementar

    8/34

    Fatores a Serem Consideradosna Escolha das Formas de

    Comunicao Hiperatividade;

    Estilo de aprendizagem

    do aluno;

    Necessidades e preferncias doaluno/famlia/escola;

    Disponibilidade da escola quanto aosrecursos de comunicao.

  • 8/3/2019 comunicaao alternativa suplementar

    9/34

  • 8/3/2019 comunicaao alternativa suplementar

    10/34

    FATORES A SEREM CONSIDERADOSNA ESCOLHA DAS FORMAS DE

    COMUNICAO

    HABILIDADE DO PROFISSIONAL

    NOS VRIOS MODOS DE

    COMUNICAO

    DISPONIBILIDADE DA ESCOLA

    QUANTO AOS RECURSOS DE

    COMUNICAO

    FILOSOFIA ESCOLAR

  • 8/3/2019 comunicaao alternativa suplementar

    11/34

    O processo de desenvolvimento

    de ajudas tcnicas

  • 8/3/2019 comunicaao alternativa suplementar

    12/34

    Formas de Comunicao Pr-

    SimblicasMovimentoscorporais eexpressesfaciais

    Pistas decontexto

    Pistas demovimento

    Pistastteis

    Objetosdereferncia

    SorrisoChoroEmpurrar

    CheirosSonsSinais

    visuais

    Ajudar alevar acolher a

    boca

    Tocar op paracalar

    sapato

    Objetosreais econcre

    tos

  • 8/3/2019 comunicaao alternativa suplementar

    13/34

    Formas de Comunicao Pr-

    Simblicas para SimblicasObjetos dereferncia -sistema decalendrio

    Pictogramas

    SmbolosPictogrficos,ideogrfi

    cos earbitrrios

    Gestos Sinaisisoladosde libras

    Libras,librasttil eBraille

    Fala eEscrita

    ObjetoObjeto nocartoParte doobjeto nocartoContornoDesenho

    PicsymsPICPCS

    RebusBliss

    Naturais eoscriados

    peloaluno

  • 8/3/2019 comunicaao alternativa suplementar

    14/34

    Movimentos Corporais Movimentos corporais podem vir

    associados a outras formas

    com

    unicativasm

    ais elaboradas;

    Movimentos corporais nointencionais=forma mais primitiva de

    comunicao;

  • 8/3/2019 comunicaao alternativa suplementar

    15/34

    No devemos reforar as formas decomunicao por movimentos corporais.

    Devemos traduz-la, para que este aluno sesinta compreendido e motiv-lo a procuraroutras formas de comunicao.

    Exemplos: empurrar, bater, balanar acabea, bater os ps comportamentosestereotipados, choro, riso, vocalizaesaleatrias...

  • 8/3/2019 comunicaao alternativa suplementar

    16/34

  • 8/3/2019 comunicaao alternativa suplementar

    17/34

  • 8/3/2019 comunicaao alternativa suplementar

    18/34

    Objetos de Referncia Objeto real: O prprio objeto usado

    durante a atividade utilizado comoforma comunicativa. a maneira mais

    direta do aluno evocar suas imagensmentais sobre o objeto e compreenderque estamos nos referindo a ele;

    Exemplos: sabonete(para comunicar ahora de lavar as mos) e a colher(paraperguntar se ele quer comer).

  • 8/3/2019 comunicaao alternativa suplementar

    19/34

    Objeto concreto: Um objeto utilizadocomo forma comunicativa, porm no o mesmo objeto utilizado durante aatividade.;

    Exemplos: bola (para comunicar a

    atividade de Educao Fsica) e opincel (para comunicar pintar).

  • 8/3/2019 comunicaao alternativa suplementar

    20/34

    Sistema de Calendrio

    Objetivos Facilitar a comunicao;

    Organizar/estruturar as atividades,rotina do aluno e o tempo/espao;

    Propiciar escolhas;

    Interao social.

  • 8/3/2019 comunicaao alternativa suplementar

    21/34

    Sistema de Calendrio

    Benefcios Associa a forma utilizada com a

    atividade que o aluno est realizandonaquele momento;

    Transi o das formas concretas paraformas abstratas;

    Ajuda na memoriza o;

  • 8/3/2019 comunicaao alternativa suplementar

    22/34

  • 8/3/2019 comunicaao alternativa suplementar

    23/34

    Sistema de Calendrio

    Benefcios O calendrio refora a comunicao mediante

    a associao de um smbolo com uma atividadeque ir acontecer;

    O calendrio proporciona escolhas deatividades;

    O calendrio e a rotina podem contribuir paraoportunidade de rejeio, solicitao,perguntas, comentrios etc.;

  • 8/3/2019 comunicaao alternativa suplementar

    24/34

    Facilita o comentrio sobre as coisas antes elogo aps os acontecimentos;

    Apia temas e eventos fora do contexto;

    O sistema de calendrio apia a ampliao detemas de discusso dando nfase ainformaes novas ou adicionais;

    O calendrio permite introduzir facilmentenovos temas de discusso para que a seleodo estudante no seja limitada;

  • 8/3/2019 comunicaao alternativa suplementar

    25/34

    Parte do Objeto Uma parte do objeto real ou uma

    parte do objeto concreto utilizado

    durante as situaes com

    unicativas;

    Exemplos: a tampa do tubo da pastade dente, o rtulo do sabonete.

  • 8/3/2019 comunicaao alternativa suplementar

    26/34

    Objeto no Carto Antecipar e compreender a conversao a

    partir de uma percepo diferente de suaexperincia;

    Nesta fase a bidimensionalidade ainda no completa;

    Exemplos:tubo da pasta de dente nocarto, colher no carto e o pincel nocarto.

  • 8/3/2019 comunicaao alternativa suplementar

    27/34

    Parte do Objeto no Carto

    ainda mais difcil para o alunoassociar a parte do objeto imagemm

    ental da situao;

    Exemplos: a tampa da pasta de dentecolada no carto e o rtulo dosabonete colado no carto.

  • 8/3/2019 comunicaao alternativa suplementar

    28/34

    Representaes Grficas Contorno do objeto: Utilizamos o contorno de

    objetos com aqueles alunos que esto iniciandoa percepo das representaes grficas;

  • 8/3/2019 comunicaao alternativa suplementar

    29/34

    Representaes Grficas Desenhos: O desenho no o contorno do prprioobjeto apenas um desenho do objeto.

    necessrio que o aluno j tenha desenvolvido umacerta capacidade de estabelecer a relaorepresentativa entre o desenho e aquilo que estsendo conversado.

    Fotos: Verificar se o aluno j capaz de compreender

    a relao entre a foto e om

    om

    ento vivenciado porele;

  • 8/3/2019 comunicaao alternativa suplementar

    30/34

    Picture Communication Symbols -

    PC

    S um sistema grfico visual composto de

    desenhos que mantm uma estreita relaode forma bidimensional com seu

    correspondente referente.

  • 8/3/2019 comunicaao alternativa suplementar

    31/34

    Gestos So prprios de uma situao/atividadeespecfica;

    No so convencionados como os sinais; Exemplo:o gesto de abrir uma janela imita

    o movimento de abertura para aquela janela, caso mude a janela o movimento

    tambm mudar, pois o aluno ainda nopossui uma generalizao da palavraabrir.

  • 8/3/2019 comunicaao alternativa suplementar

    32/34

    Sinais Isolados deL

    ibras Incio da utilizao de Libras;

    No existe uma preocupao com aordem correta de combinao entreos sinais;

    Na maioria das vezes os sinais sorepresentados um a um.

  • 8/3/2019 comunicaao alternativa suplementar

    33/34

    Libras/Libras Ttil/Braille/Fala/Escrita

    Podem ser utilizados por alunos maissimblicos;

    Alunos que j antecipam fatos comfacilidade, memorizam situaes de suarotina, conseguem imitar, fazem escolhas,fazem uso funcional dos objetos e realizambrincadeiras simblicas;

    Capacidade de interao, troca com o outroe troca de turnos na conversao.

  • 8/3/2019 comunicaao alternativa suplementar

    34/34

    Braille Braille um sistema de leitura com o tato para cegosinventado pelo francs Louis Braille.

    O sistema Braille um alfabeto convencional cujoscaracteres se indicam por pontos em relevo, odeficiente visual distingue por meio do tato.

    A partir dos seis pontos salientes, possvel fazer 63combinaes que podem representar letras simples e

    acentuadas, pontuaes, algarismos, sinais algbricose notas musicais.