Num04 Full

  • View
    63

  • Download
    0

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Education

Text of Num04 Full

  • ISSN: 1517-7599

    PERFORMANCE MUSICAL 2001

    P 6s -G RADUA

  • Editorial

    o Programa de P6s-Gradua~ao da Escola de Musica da UFMG tern 0 prazer de apresentar 0 Volume 4 de PER MUSI - Revista de Performance Musical. Alem de tratar de assuntos especfficos como tecnicas e praticas de performance, decisoes de interpretacao, re-criacc3o musical, improvisa~ao , gestual e intera~ao com 0 publico, PER MUSI tambem abriga temas resultantes de interfaces da performance musical com Qutras areas (musicologia historiea,

    educa~ao musical, composi~ao, analise, tecnologia, medicina , filosofia ... ).

    No presente volume, tres interpretes/analistas exploram a interface da performance com a analise musical em obras significativas do repertorio brasileiro do seculo XX. Fernando Rocha discarre sabre a presenc;a de elementos indeterrninados, improvisat6rios e aleat6rios em uma

    pe~a para caixa clara de Carlos Stasi. Luciana Monteiro de Castro apresenta uma analise multifacetada e sugere criterios para a interpretacao de uma canyao de Helza Cameu . Partindo de uma hipotese surgida ap6s diversas experiencias interpretativas, Cristina Capparelli Gerling realiza uma investiga~ao detalhada sobre a presen~a do elemento octat6nico nas tres ultimas

    pe~as para piano de Bruno Kiefer. Explorando a interface da performance musical com a fisiologia , Sonia Ray aponta a presenCa de elementos provenientes das artes marciais nos exerclcios criados pel a contrabaixista Diana Gannett. A partir da perspectiva da educa9ao musical, Keith Swanwick reflete sobre a natureza do fazer musical, apontando importantes implicac6es para urn ensina de musica que venha a ser realmente musical.

    A diversidade de facetas da perfonnance musical abordadas neste volume confirma a vocacao de PER MUSI de servir como urn forum para a comunidade academica dedicada a pesquisa envolvendo a realiza~ao musical.

    Born proveito!

    ~~ Andre Cavazotti Editor-Chefe de PER MUSI (permusi@musica.ufmg.br)

  • PER MUS'- Revlsta de Performance Musical e um espaco democralico para a reflexao intelectual na area de musica, onde a diversidade e 0 debate sao bem-vindos. As ideias aqui expressas nao refletem a oplnlao da Comissao Editorial ou do Conselho Consultive.

    Editor-Chefe Prof. Or. Andre Cavazottl (UFMG)

    Comlsslo Edftorlal Prof. Or. Fausto Borem (UFMG)

    Profa. Maria In6z Lucas Machado (UFMG) Prof. Or. Mauricio Veloso Queiroz Pinto (UFMG)

    Profa. Ora. Sandra Loureiro de Freitas Reis (UFO?) Con$8lho Consultlvo do Volume 4:

    Prof. Or. Arthur Andres (UFMG) Profa. Ora. Cecilia Cavalieri Franva (UFMG)

    Prof. Or. Esdras Silva (UNICAMP) Prof. Or. Fausto Borem (UFMG)

    Prof. Or. Fernando lazzetta (USP) Profa. Ora. Ingrid Barancoskl (UNI-RIO)

    Profa. Ora. Martha Tupinamba de UlhOa (UNI-RIO) Profa. Ora. Regina Marcia Simao Santos (UNI-Rl0)

    Profa. Ora. Salomea Gandelman (UNI-RIO) Profa. Ora. Sandra Loureiro de Freitas Reis(UFOP)

    Profa. Ora. Vanda lima Bellard Freire (UFRJ) Universldade Federal de Minas Gerais

    Reitor Prof. Or. Francisco Cesar de Sa Barreto Vice-Reitora Profa. Ora. Ana Lucia Almeida Gazzola

    PrO-Reltorla d. P6s-Gr.aduaclo Prof. Or. Ronaldo AntOnio Neves Marques Barbosa

    PrO-Reitoria de Pesqulsa Prof. Or. Paulo Sergio Lacerda BelrAo

    Escola d. Muslca da UFMG Prof. Dr. Claudio Urgel Pires Cardoso, Dlretor

    Programa de Pos-Graduacio em Muslca da UFMG Prof. Dr. Lucas Bretas, Coordenador

    Secreta.ria de P6s-Graduaclo, Mestrado em Muslca Marll Sliva Coura

    Revlslo Profa. Maria In6z Lucas Machado

    Arta-Final Jussara Ubirajara I Romero Harlem (Centro Audiovisual - UFMG)

    PER MUSI: Revista de Performance Musical- v.4, 2001 Belo HoriZonte: Escola de Musica da UFMG, 2001 -

    V.: il.; 28x22 em. Semestral ISSN: 1517-7599

    Musica - Peri6dicos. 2. Performance Musical- Perl6dicos. 3. Interpretac;ao Musical - Peri6dicos

    I. Escola de Musica da UFMG

  • SUMARIO

    Uma investiga~ao analitico-interpretativa sobre a can~ao Crepusculo de outono de Helza Cameu ................................ 5 An analytical-interpretive investigation of the song Crepuscufo de outono by Helza Cameu

    Luciana Monteiro de Castro

    Partitura completa de Crepusculo de outono ............................... .. .... 23 Complete score of Crepuscufo de autono

    Helza Cameu

    Teaching music musically .... ....... ........ ................. .. ............ .. ...... ........... 29 Ensinando mOsica musicalmente

    Keith Swan wick

    Indetermina~ao na obra Cam;ao Simples de Tambor de Carlos Stasi ....................................... 37 Indeterminacy in Can!t8o Simples de Tambor by Carlos Stasi

    Fernando Rocha

    Terra Selvagem, Lamentos da Terra e Alternancias: o componente octatonico nas ultimas tres pe~as para piano de Bruno Kiefer .. .................................................... ............. 52 The octatonic component in Bruno Kiefer's last piano pieces

    Cristina Capparelli Gerling

    Os Phases Warm-up Exercises de Diana Gannett: apresenta~ao e extensao as cordas orquestrais ............................... . 72 Diana Gannett's Phases Warm-up Exercises: presentation and extension to string instruments

    Sonia Ray

    gilHighlight

  • Uma investiga~ao analitico-interpretativa sobre a can~ao Crepusculo de outono de Helza Cameu

    Luciana Monteiro de Castro (UEMG) e-mail: lumontecastro@zipmail.com.br

    ... Quem e Helza Camllu? Antes de mais nada, nao e urna amadora. [ ... J Apesar disSQ, sua obra continua quase que desconhecida e e bern passlvel que ate urn ou outro dos seus companheiros e amigos sa aproximasse do concerto de sexta-feira' com certas duvidas e reeeies. Por que a compositora tera preferido manter-se ~o lange do campo de batalha de todo musico? Por duvidar. ela tambem? Por urn pouco de altivez diante do volga sciocco2 que deveria julga-Ia? Renzo MassaranP

    Resumo: Analise integrada da can-;ao CrepliscuJo de Qutono Op. 25 n.2 (1943) para canto e piano da compositora Helza Cameu (1903-1995), abordando aspectos harmOnicas. formais, poeticos e a relacao texto-musica. Constata a utilizacao da Sene de Fibonacci e emprego de elementos da linguagem impressionista na sua estruturayao. Aborda tambem aspectos da vida da compositora e faz referlmcias ell sua obra e III importancia de seu resgate. Palavras-chave: Helza Camau, cancao brasileira, interpretacao, analise musical.

    An analytical-interpretive .investigation of the song Crepusculo de outono by Helza Cameu Abstract: An integrated analysis of the song Crepusculo de outono (Autumn twilight) Op.25 n.2 (1943) by Brazilian composer Helza Cam~u (1903-1995) for voice and piano, including harmonic formal and poetic aspects as well as text painting. It also explains how Fibonacci'series and impressionist elements are used in the structure of the song. Finally, it presents aspects of the composer's life and the importance of divulging her work. Keywords: Helza Cam~u, Brazilian song, interp,retation .

    Introdu9ao

    " ,

    Helza Cameu nasceu em 1903 no Rio de Janeiro e faleceu na mesma cidade em 1995. Aluna de piano de Alberto Nepomuceno no Instituto Nacional de Musica, passou a cia sse de Joiio Nunes com a enfermidade do primeiro, concluindo 0 curso com medalha de ouro. Afastada dos palcos pelas pressoes paternas e pelo pr6prio temperamento, passou a dedicar-se a composic;ao, estudando contraponto com Francisco Braga eAssis Republicano, harmonia com Agnelo Fran~a, alem de canto, violino e violoncelo. Conclui 0 curso de composi~iio no Conservat6rio Brasileiro de Musica sob a orientac;ao de Lorenzo Fernandez, que muito a

    1 Refere-se a data de urn dos concertos com obras de Helza Cameu realizado em 1965. 2 Jutgamento de um publico tolo. 3 Critico musical e compositor italiano, residente no Rio de Janeiro, cujo artigo foi escrito para 0 Jamal do

    Commercia, em 1965.

    5

  • CASTRO, LlfCiana Monteiro de. Urna investigao;lio anatitico-interpretallve sobre a cano;lio ... Ptlr Musi. Belo Horizoote. yA , 2001 . p. 5-22

    incentivou. A convite deste, foi uma das fundadoras da Academia Brasileira de Musica, sendo uma das tres mulheres entre os 46 membras. Junto a Villa-Lobos, trabalhou no ensino do Canto Orfeonico. De personalidade forte, acabou por abandonar 0 projeto, dissentindo de suas diretrizes, sem perder a amizade e a admira~ao que obtivera de Villa-Lobos.

    Helza Cameu trabalhou na Radio MEC de 1955 a 1973 como redatora de programas musicais. Foi membra da Sociedade Internacional de Musica Contemporanea e, no Museu do Indio e Museu Nacional trabalhou na anc:illise e cataloga~ao de grava~6es recolhidas entre tribos indigenas. A partir de suas extensas pesquisas sobre 0 tema, elaborau 0 livra IntroduqBo ao estudo da mus;ca ;nd;gena brasileira, uma das primeiras referencias do assunto no pais.

    A vasta pradu~ao musical de Helza Cameu e, entretanto, a mais surpreendente vertente de seu trabalho. Suas composi~6es abrangem cerca de 90 pe~as para canto e piano (e canto e orquestra) e mais de 30 harmoniza~oes de cantos populares, numera consideravel para 0 panorama nacional. Compos 40 pec;as para piano, 12 peltas para violino, peltas para viola, violoncelo, contrabaixo, orgao, f1auta, fagote, clarineta e cora, alem de suites para cordas, quinteto de sopros, uma cantata e 4 'quadras' sinfonicos, obras que a situam como uma das primeiras compositoras de musica sinf6nica no Brasil. Seu Quarteto de Cordas Op. 12 recebeu em 1936 0 2" premio em concurso instituldo pelo Departamento Municipal de Cultura de Sao Paulo, dirigido por Mario de Andrade; em 1944, em concurso promovido pela Orquestra Sinfonica Brasileira, seu quadro sinfonico Suplicio de Felipe dos Santos recebeu 0 1" premio, cabendo 0 20 premio a